quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Culturas Populares é tema da VII Semana de Arte e Cultura do Litoral Norte e Agreste Baiano

Arte & Cultura  💃

A principal novidade da Semana de Arte e Cultura do Litoral Norte e Agreste Baiano neste ano são as ações descentralizadas, a exemplo das oficinas nos Pontos de Cultura de Pedrão e Esplanada, e as atividades que ocorrerão em escolas, associações de bairros, terreiros, dentre outros espaços que dialogam com a proposta da Semana de Arte. Há ainda dois grandes destaques em 2018 que são a Virada Cultural, no dia 1 de dezembro, que abrigará dezenas de artistas do território em mais oito horas de ação, e o Festival da Cultura Popular, no domingo (2), marcando o encerramento do projeto.

Da Redação
foto - divulgação/Ganhadeiras de Itapuan 
A sétima edição da “Semana de Arte e Cultura do Litoral Norte e Agreste Baiano” está chegando a Alagoinhas e mais 20 municípios do território. A abertura oficial do evento será dia 26, às 19h, com a inauguração das exposições Caldo do Sisal (por Toni Carvalho), Cobra Verde (por Adriano Machado), Jorgepô: 40 Anos de Arte (por Jorgepô) e Luiz Ramos Convida (por Luiz Ramos), no foyer do Centro de Cultura de Alagoinhas, sede oficial do evento. Às 19h30, o público também confere gratuitamente a apresentação da Orquestra Santo Antônio. A semana continua com diversas ações até 2 de dezembro.
“Sabe-se que a cultura é dinâmica e que esse dinamismo provoca grandes revoluções. É com o intuito de catalisar essas revoluções que objetivamos compilar uma mostra de trabalhos para conhecer e explorar nosso território”, declara Tárcio Mota, coordenador do Centro de Cultura de Alagoinhas, sobre a sétima edição. O centro é um dos 17 equipamentos culturais administrados pela Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA).
A Diretora de Espaços Culturais da SecultBA, Maria Marighella, avalia que “todos os nossos Espaços Culturais são espaços de invenção e imaginação nos territórios em que estão inseridos, e têm compromisso com as trocas de saberes, respeito às diferenças, além de serem responsáveis com o desenvolvimento daquele ambiente”, enfatiza.
A principal novidade da Semana de Arte e Cultura do Litoral Norte e Agreste Baiano neste ano são as ações descentralizadas, a exemplo das oficinas nos Pontos de Cultura de Pedrão e Esplanada, e as atividades que ocorrerão em escolas, associações de bairros, terreiros, dentre outros espaços que dialogam com a proposta da Semana de Arte. Há ainda dois grandes destaques em 2018 que são a Virada Cultural, no dia 1 de dezembro, que abrigará dezenas de artistas do território em mais oito horas de ação, e o Festival da Cultura Popular, no domingo (2), marcando o encerramento do projeto.
Neste ano, o tema da programação é Cultura Popular: o Ser, o Saber e o Fazer do Povo, diz respeito às tradições culturais populares do agreste e litoral norte da Bahia. “Estamos tratando de um tema que se relaciona bastante com a realidade cultural do nosso território de identidade”, explica Mota, que acredita que não há como imaginar o Centro de Cultura de Alagoinhas apenas como um espaço cultural pertencente apenas à cidade de Alagoinhas. Isso inclui o imaginário e hábitos da cultura regional e urbana, que “são formas de manifestação intrinsecamente relacionadas ao anônimo, ao coletivo, ao espontâneo, à tradição e à oralidade do nosso povo”, pontua o coordenador.
A Semana de Arte e Cultura do Litoral Norte e Agreste Baiano é um dos projetos estratégicos coordenados pelo Centro de Cultura de Alagoinhas. A primeira edição do projeto, Semana de Arte de Alagoinhas e Região, aconteceu em maio de 2010. Naquele ano houve uma programação centrada em atrações apresentadas por grupos de Alagoinhas, Pojuca e Salvador.
Em 2011, a proposta se consolidou, abrangendo um número maior de municípios do território, bem como manifestações e linguagens artístico-culturais distintas. Com isso, o evento passou a ser denominado como Semana de Arte e Cultura do Litoral Norte e Agreste Baiano. O evento tem se apresentado como um grande reduto potencializador da criação de referencial para artistas do Território, tanto no que tange mostra de trabalho como formação e amadurecimento artístico.
Com informações da Secom  BA 21/11/2018

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Marcha da consciência negra pede democracia, direitos e fim do racismo

Direitos Humanos  👐

Outras bandeiras levantadas na manifestação diziam respeito à intolerância religiosa, à violência contra a população negra e à questão quilombola. "Atacar os orixás é atacar o povo preto"; "Se você for preto, o próximo pode ser você", e "A destruição dos quilombos é projeto de um Brasil racista" eram alguns dos dizeres estampados.

Bruno Bocchini
Repórter da Agência Brasil

Ravena Rosa - Ag.Brasil
A 15ª Marcha da Consciência Negra foi realizada hoje (20) na capital paulista reivindicando o fim do racismo, mais direitos e democracia. Na faixa carregada pelos manifestantes à frente do ato, estava estampada os rostos de lideranças negras assassinadas, entre elas a vereadora Marielle Franco (PSOL), morta em um ataque a tiros junto com seu motorista, Anderson Gomes, em março, no Rio de Janeiro.
Outras bandeiras levantadas na manifestação diziam respeito à intolerância religiosa, à violência contra a população negra e à questão quilombola. "Atacar os orixás é atacar o povo preto"; "Se você for preto, o próximo pode ser você", e "A destruição dos quilombos é projeto de um Brasil racista" eram alguns dos dizeres estampados.
"A mensagem que nós estamos colocando é principalmente o não ao racismo. Esse país tem um projeto de genocídio da população negra, e que não é de hoje. Vem desde a abolição da escravatura. Mas nós estamos firmes e, da nossa parte, vai ter muita luta", disse Milton Barbosa, coordenador do Movimento Negro Unificado (MNU), uma das entidades que organizou o ato.
A marcha partiu do Museu de Arte de São Paulo (Masp) e se deslocou no sentido do centro pela Rua da Consolação. Entre os manifestantes, estavam membros de entidades como o Congresso Nacional Afro Brasileiro, o Círculo Palmarino, o coletivo Emancipa, o Sindicato dos Bancários de São Paulo, e o Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp).
Fonte - Agência Brasil  20/11/2018

CBTU decide manter VLT em João Pessoa e anuncia melhorias no Sistema

Transportes sobre trilhos  🚄

Não haverá mais a transferência de qualquer VLT de João Pessoa para a realização de uma operação experimental no Distrito Federal. A informação foi comunicada pelo superintendente da CBTU João Pessoa, Paulo Barreto. Uma decisão, aprovada pelo Conad da CBTU, autorizava a cessão temporária de duas composições de VLTs da CBTU, uma de João Pessoa (PB) e outra de Natal (RN) para  uma operação experimental entre Valparaíso de Goiás (GO) e Brasília (DF).

CBTU
foto - ilustração/arquivo
O presidente da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), José Marques de Lima, oficializou, na tarde da última segunda feira, 19, que a não haverá transferência de qualquer VLT de João Pessoa para a realização de uma operação experimental no Distrito Federal. A informação foi comunicada pelo superintendente da CBTU João Pessoa, Paulo Barreto, após atuar, inclusive com o apoio da classe política, com bastante afinco pela permanência do equipamento no Estado.
A decisão, aprovada pelo Conselho de Administração da Companhia (Conad), autorizava a cessão temporária de duas composições de VLTs da CBTU, uma de João Pessoa (PB) e outra de Natal (RN) para a realização de uma operação experimental entre Valparaíso de Goiás (GO) e Brasília (DF).
De acordo com Paulo Barreto, ao tomar conhecimento da decisão do Conad, a Superintendência de João Pessoa manteve contato com a presidência Companhia enfatizando os prejuízos que a retirada de um dos VLTs da operação local poderia causar aos usuários. “Externamos a nossa preocupação com o caso, reiterando a necessidade de manter o VLT operando plenamente na Paraíba”, afirmou.
“Diante das informações contidas no laudo técnico da Presidência da CBTU, chegou-se à conclusão de que não seria possível a retirada do VLT de João Pessoa, em razão dos investimentos que estão sendo realizados com a construção de três novos pontos de cruzamentos ferroviários, o que demandará a necessidade de mais composições circulando, além das cinco já existentes, suprindo a demanda dos usuários”, acrescentou Barreto.
Mais uma vez, se afirma o compromisso da CBTU com a população paraibana, buscando, de maneira permanente, a qualidade na prestação dos serviços de transporte ferroviário de passageiros e a satisfação dos nossos usuários.
Com informações da CBTU  20/11/2018

Prefeito de Sorocaba apresenta projeto do VLT na Espanha e recebe prêmio

Transportes sobre trilhos  🚄

A informação é do site da Prefeitura da cidade, que afirma que a premiação ocorreu nesta quarta-feira, dia 14 de novembro de 2018, durante o Congresso Mundial de Cidades Inteligentes, realizado na Espanha.

Diário do Transporte
foto - ilustração/arquivo
O VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos), de Sorocaba, interior de São Paulo, está entre os cinco melhores projetos de mobilidade urbana do mundo.
A informação é do site da Prefeitura da cidade, que afirma que a premiação ocorreu nesta quarta-feira, dia 14 de novembro de 2018, durante o Congresso Mundial de Cidades Inteligentes, realizado na Espanha.
O prefeito José Crespo apresentou o projeto no evento, seguido de um vídeo que foi apresentado para prefeitos e participantes de todo mundo.
Segundo o comunicado da prefeitura, a implantação do metrô de superfície (VLT) em Sorocaba prossegue em ritmo acelerado.
“O VLT circulará dentro da cidade desde a região próxima de George Oeterer, na divisa com Iperó, até o bairro de Brigadeiro Tobias. Nesse percurso haverá vários e modernos pontos de embarque e desembarque de passageiros, inclusive utilizando a antiga Estação Ferroviária no centro e um ponto de embarque e desembarque no Alto da Boa Vista, que concentra os serviços administrativos da cidade, com o ponto final na estação desativada de Brigadeiro Tobias”, informa a nota da prefeitura de Sorocaba.
O modal atingirá a velocidade de 70 km/h, com capacidade de transportar de 250 a 350 passageiros, conforme o modelo a ser escolhido.
“Funcionará à energia elétrica, ou seja, não vai gerar poluição ambiental e nem sonora, já que será um veículo silencioso. Poderá ter até sete vagões, todos interligados, equipados com ar condicionado, sinal de internet sem fio, tomadas para carregar de celular e sistema de segurança com vigilância interna por câmera de vídeo e completa comunicação com as estações e centros de controles. As plataformas de embarque ou desembarque terão 45 metros ou 35 metros”, conclui a nota.
A prefeitura afirma, por fim, que há duas semanas foi firmado um acordo de cooperação com a empresa Rumo, que opera a malha ferroviária que passa por Sorocaba, o que significou mais um passo dado para a implementação do projeto de VLT.
O prefeito José Crespo viajou à Espanha para cumprir agenda organizada e financiada pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que compreendeu principalmente a participação no Congresso Mundial de Cidades Inteligentes.
Os representantes municipais foram recepcionados pela prefeita de Barcelona, Ada Colau Ballano.
Fonte - Abifer  20/11/2018

Governo do Ceará discute a utilização do biogás no transporte público em seminário

Sustentabilidade  🚌

O seminário reuniu especialistas suecos e brasileiros da cadeia de valor do biogás para compartilharem conhecimento e discutir as melhores formas de se implementar a cadeia sustentável na Capital. O encontro teve em sua programação workshops, painéis e palestras, além da apresentação de um ônibus movido a biometano

Seinfra CE
Divulgação/Seinfra CE
A discussão sobre como implementar uma logística sustentável para os transportes urbanos em Fortaleza marcou a abertura da 7ª edição das Semanas Inovação Suécia-Brasil, nesta segunda-feira (19), no auditório da Companhia de Gás do Ceará (Cegás). Foi realizado na ocasião o seminário “Biogás: uma cadeia sustentável para o transporte público”.
Estiveram presentes à mesa a vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, o Secretário Adjunto de Energia, Mineração e Telecomunicações da Secretaria da Infraestrutura – Seinfra, Adão Linhares, o diretor-presidente da Cegás, Hugo Figueiredo, o vice-ministro da Indústria e Tecnologia da Suécia, Niklas Johansson, o embaixador da Suécia no Brasil, Per-Arne Hjelmborn, o diretor de Assuntos Governamentais da Scania, Gustavo Bonini. Participaram do momento autoridades políticas locais e profissionais do segmento de Gás e Energia.
Para Izolda Cela, o plano de usar o biogás no transporte público representa uma inovação na preservação do meio ambiente e deve colocar o Ceará como um exemplo para todo o Brasil.
“Isso é uma das coisas mais promissoras que os compromissos de um governo podem assumir. Trata-se exatamente de transformar aquilo que hoje representa problema seríssimo, poluição, conflitos entre desenvolvimento e sustentabilidade. É redefinir essa cadeia que hoje é viciosa para um circuito virtuoso em que o lixo, por exemplo, o esgoto, os resíduos da agricultura, simplesmente se transforme em energia, que vai ser utilizada no transporte público, que por sua vez vai deixar de ser uma das áreas poluentes e que comprometem o bem-estar das pessoas”, disse.
O seminário reuniu especialistas suecos e brasileiros da cadeia de valor do biogás para compartilharem conhecimento e discutir as melhores formas de se implementar a cadeia sustentável na Capital. O encontro teve em sua programação workshops, painéis e palestras, além da apresentação de um ônibus da Scania movido a biometano.
O IVL (Instituto de Pesquisa Ambiental da Suécia) participou do evento com apresentação acerca da experiência do país nórdico na implementação de uma cadeia de biogás no transporte público. Representando o Estado, o diretor-presidente da Cegás, Hugo Figueiredo, e representantes da Sania falaram dos avanços no uso dessa inovação no Brasil.

Fortaleza
O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, destacou o exemplo positivo da Suécia que, em pouco mais de 20 anos, utilizou o lixo como fonte fundamental de combustível e energia no país, sendo referência para o mundo em políticas de sustentabilidade. Segundo ele, através de planejamento pactuado entre Governo do Ceará, Prefeitura e parcerias privadas, será possível implementar e ter resultados positivos para benefício da sociedade cearense.

“Além da questão da inovação em si, tem um ganho concreto para a sustentabilidade. Hoje nas cidades do Brasil as duas principais fontes de emissão de carbono na atmosfera são, nesta ordem, transporte público e lixo. Em fazer do lixo combustível para o transporte público, está se ligando as duas principais fontes de emissão de carbono. É algo possível de se fazer aqui. A ideia é que tenhamos pelo menos uma linha de transporte em teste na cidade. Se for mostrada a eficiência, poderemos replicar a experiência”, explicou.

Brasil-Suécia
O embaixador da Suécia no Brasil, Per-Arne Hjelmborn, enfatizou a importância do seminário para incentivar a pesquisa científica e o investimento público na energia sustentável.
“No mundo em que estamos vivendo, tanto no Brasil como na Suécia, temos passado por transformações cada vez mais rápidas e questionado velhos padrões. Com a introdução de novas tecnologias, novos modos de produção, novos produtos e indústrias completamente redefinidas. Neste contexto, o biogás possui um grande potencial. A Suécia possui hoje um dos transportes públicos mais limpos do mundo. O vasto conhecimento científico da Suécia e os incentivos do governo para isso fez com que 90% da rede de gás veicular seja composta por biogás. A substituição foi feita de forma gradativa e com benefícios a todos os setores. É possível fazer essa mudança”, afirmou.
O seminário é parte de uma extensa programação que tem por objetivo promover a Suécia como aliada de longo prazo do Brasil nas áreas de ciência, tecnologia e inovação. Entre os dias 19 e 30 de novembro, a Embaixada da Suécia, em parceria com entidades, instituições e empresas brasileiras, vai articular encontros de profissionais e universitários para discutirem esses temas.

Cegás
Antes da abertura do Seminário, os representantes do Governo do Ceará, da Prefeitura de Fortaleza, Cegás e a comitiva sueca participaram da inauguração do novo prédio da Cegás, como também do Espaço Cegás de Cultura.

Reunião
Após o evento, a vice-governadora Izolda Cela participou de reunião para aprofundar os possíveis acordos de cooperação entre Suécia e o Estado do Ceará nas áreas de Tecnologia, Comércio, Turismo e Educação, além de reforçar ações junto a Prefeitura na área de Mobilidade Urbana.
Fonte - Seinfra CE  19/11/2018

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

VLT de Natal não irá mais para Brasilia,e sistema receberá novos investimentos

Transportes sobre trilhos  🚄

Além da permanência do VLT, o ministério das cidades fará a liberação de R$ 15 milhões, que serão utilizados na ampliação de 3.4 km de via e construção de duas novas estações: Cajupiranga e Boa Esperança, no município de Parnamirim,e também receberá novos VLTs.

CBTU
foto - ilustração/arquivo
A Superintendência de Trens Urbanos de Natal vem prestar novos esclarecimentos a respeito das notícias que têm sido veiculadas sobre a transferência de uma das composições de Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) de Natal para o Distrito Federal.
Deputado Federal Fábio Faria, que detém a indicação da superintendência, apoiado pela bancada federal do RN, promoveu intensos diálogos durante toda a semana junto ao Diretor-Presidente da CBTU, José Marques, e ao Ministro das Cidades, Alexandre Baldy, que resultaram em um novo estudo e parecer técnico sobre o caso, o qual resultou na desistência da retirada da composição de VLT do sistema de Natal, uma vez que tal ação iria prejudicar consideravelmente a operação ferroviária e o atendimento à população no RN.
Além da permanência do VLT, conseguiu-se junto ao ministério das cidades a liberação de R$ 15 milhões, que serão utilizados na ampliação de 3.4 km de via e construção de duas novas estações: Cajupiranga e Boa Esperança, no município de Parnamirim, assim como a confirmação de que a Superintendência de Natal receberá novos VLTs.
Com informações da CBTU  19/11/2018

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Ônibus autônomos da Navya são testados em Rennes na França

Mobilidade/Tecnologia  🚌

Os dois ônibus autônomos da Navya estão operando em uma linha de 1,3 km em uma via, onde transitam outros veículos e pedestres.O teste começou em 15 de novembro e deverá prosseguir até junho do próximo ano.

Da Redação
foto - ilustração/Navya Group Twiter
Dois ônibus autônomos(sem motorista) começaram a ser testados na França no campus Beaulieu da Université de Rennes 1 com início em 15 de novembro e deverá prosseguir até junho do próximo ano.
Os dois ônibus driverless(autônomos) da Navya estão operando em uma linha de 1,3 km em uma via, onde transitam outros veículos e pedestres.O serviço gratuito é operado durante a semana pela Keolis, que opera o serviço de transporte público na rede STAR da cidade.
Os dois ônibus fornecidos pela Navya,operam cada um com um funcionário da STAR a bordo durante o período de testes.
Pregopontocom  16/11/2018

Vídeo

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Fila de embarque de veículos no Ferry-Boat sentido Salvador/Itaparica tem espera de até 1h30

Travessia marítima  🚢

Usuários do sistema Ferry-Boat que fazem a travessia marítima entre Salvador e a ilha de Itaparica com veículos,enfrentam fila de espera de até 1h30 no sentido São Joaquim/Bom Despacho,Já o embarque de passageiros esta acontecendo de maneira imediata.

Da Redação
foto - ilustração/arquivo
O sistema Ferry-Boat,que realiza a travessia marítima entre Salvador e a ilha de Itaparica,tem movimentação de veículos na manhã desta quarta-feira(14) em direção a ilha,com tempo de espera para embarque de até de 1h30 no terminal de São Joaquim em Salvador.Para os passageiros que utilizam as barcas,o embarque é realizado de maneira imediata.
O serviço de Hora Marcada do Ferry-Boat,exclusivo para veículos, oferece no período do feriado da Proclamação da República mais 600 vagas extras para atender uma demanda estimada em 18.000(mil) veículos que deverão realizar a travessia durante o período do feriado.
O serviço vai operar de maneira contínua de quarta (14) para quinta(15),na travessia sentido São Joaquim/Bom Despacho(ilha), e no retorno de domingo(18) para segunda(19), sentido Bom Despacho/São Joaquim(Salvador)
O sistema vai contar com uma frota de seis(06) embarcações em operação durante o período: Dorival Caymmi,Zumbi dos Palmares,Rio Paraguaçu,Pinheiro,Ivete Sangalo e Maria Bethânia. 
Pregopontocom 14/11/2018

Trens e VLTs de Natal e João Pessoa param no dia 15 data da Proclamação da República

Transportes sobre trilhos  🚄

Os trens urbanos de Natal e VLTs de João Pessoa ficarão fora de operação durante o feriado de 15 de Novembro dia da proclamação da República,e voltarão a operar normalmente na sexta feira 16.

Da Redação
foto - ilustração/arquivo
De acordo com informações da CBTU os VLTs de João Pessoa e os trens urbanos de Natal sofrerão alteração de funcionamento durante o feriado de 15 de novembro.Os Veículos Leves sobre Trilhos (VLTs) urbanos de João Pessoa PB, não irão funcionar nesta quinta feira, dia 15 de novembro, feriado da Proclamação da República. Os Vlts voltam a circular normalmente nesta sexta, 16 de novembro, a partir das 04h30 até às 19h45.

Em Natal no RN, na quinta-feira (15) feriado da Proclamação da República, o Sistema de Trens Urbanos também não funcionará. Os trens voltarão a circular  novamente na sexta-feira (16) a partir das 05h20min na Linha Norte, no percurso Ceará-Mirim/Natal e 05h40min na Linha Sul, no percurso Parnamirim/Natal.
Com informações da CBTU  14/11/2018

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Chega em Dubai o 1º dos 50 trens autônomos Metropolis da Alstom para a Rota 2020

Transportes sobre trilhos 🚇

O projeto denominado Rota 2020 que levará o metrô  até o local da Expo 2020,deverá começar operar nas linhas Verde e Vermelha jé em 2020, com trens Metropolis da Alstom sem condutores no total de 50 composições.

Da Redação
foto divulgação/Alstom
A RTA, autoridade de transportes de Dubai, recebeu o primeiro dos 50 trens  Metropolis driverless (sem condutores) encomendados a Alstom, que irão operar nas linhas Vermelha e Verde da cidade O projeto, também conhecido como Rota 2020,levará o metrô até o local da Expo 2020.
A composição com cinco carros saiu do porto alemão de Bremerhaven após ser concluída a sua  montagem na fábrica da Alstom em Katowice, na Polônia. O trem com capacidade para 700 passageiros tem cerca de 85 metros de comprimento
O projeto Rota 2020 que levará o metrô até o local da Expo 2020, custará cerca de € 2.6 bilhões,está sendo realizado pelo consórcio ExpoLink liderado pela Alstom,com participação da Alciona e Gülermak,com inicio de operação prevista para 2020.
Pregopontocom 12/11/2018




Maranhão institui Escolas com Liberdade e sem Censura no estado

Educação/Ensino  📕 📖

O decreto faz oposição ao projeto que será votado pelos deputados federais, defendido pelo presidente eleito Jair Bolsonaro. O texto assegura que todos os professores, estudantes e funcionários são livres para expressar os próprios pensamentos e opiniões na rede estadual do Maranhão.

Mariana Tokarnia
Repórter da Agência Brasil

foto - ilustração/Pregopontocom
São Luis Ma
Na véspera da votação do projeto Escola sem Partido na Câmara dos Deputados, o governador reeleito do Maranhão, Flávio Dino, editou decreto instituindo Escolas com Liberdade e sem Censura no estado. O decreto faz oposição ao projeto que será votado pelos deputados federais, defendido pelo presidente eleito Jair Bolsonaro.
O texto assegura que todos os professores, estudantes e funcionários são livres para expressar os próprios pensamentos e opiniões na rede estadual do Maranhão.
O decreto estipula ainda que a Secretaria Estadual de Educação deve promover campanha de divulgação nas escolas sobre as garantias constitucionais e previstas em lei de “liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber”.
O governador maranhense usou o Twitter para divulgar a edição do decreto. “Falar em Escola Sem Partido tem servido para encobrir propósitos autoritários incompatíveis com a nossa Constituição e com uma educação digna”.
Pelo decreto fica proibido no ambiente escolar cercear opiniões por meio de violência ou ameaças; calúnia, difamação, injúrias e outros atos infracionais; e qualquer pressão ou coação que represente violação aos princípios constitucionais de liberdade no ambiente escolar.
Por fim, o texto estabelece que professores, estudantes ou funcionários somente poderão gravar vídeos ou áudios durante as aulas e demais atividades de ensino com a autorização de quem será filmado ou gravado.

Escola sem Partido
Já projetos de lei com conteúdos semelhantes ao do Escola sem Partido tramitam tanto na Câmara dos Deputados quanto no Senado. Para amanhã (13), está agendada a votação do projeto na Câmara. A proposta é incluir entre os princípios do ensino o respeito às convicções do aluno, de seus pais ou responsáveis, dando precedência aos valores de ordem familiar sobre a educação escolar nos aspectos relacionados à educação moral, sexual e religiosa.
O projeto estabelece que as escolas tenham cartazes com deveres do professor, entre os quais está a proibição de usar sua posição para cooptar alunos para qualquer corrente política, ideológica ou partidária. Além disso, o professor não poderá incitar os alunos a participar de manifestações e deverá indicar as principais teorias sobre questões políticas, socioculturais e econômicas.
O Escola sem Partido é polêmico. Os defensores dizem que professores e autores de materiais didáticos vêm se utilizando de suas aulas e de suas obras para tentar obter a adesão dos estudantes a determinadas correntes políticas e ideológicas.
Já os críticos dizem que as leis atuais já impedem qualquer tipo de abuso por parte dos professores e que um projeto como o Escola sem Partido vai gerar insegurança nas salas de aulas e perseguição aos docentes.
Após as eleições, a deputada estadual eleita pelo PSL, mesmo partido de Bolsonaro, Ana Caroline Campagnolo, fez uma publicação nas redes sociais incentivando que estudantes gravassem as aulas e denunciassem, por meio de um canal criado por ela, professores que fizessem manifestações contrárias ao presidente eleito. A Justiça determinou que ela retirasse a publicação das redes.
Fonte - Agência Brasil  12/11/2018

Maceió registra aumento de usuários em outubro no sistema de transportes sobre trilhos

Transportes sobre trilhos  🚄

CBTU Maceió registra aumento de usuários transportados em outubro.Dados da GIOPE revelam um recorde histórico em outubro, último. Foram transportados 249.382 usuários no trecho entre as estações Jaraguá e Lourenço de Albuquerque.

Da Redação
foto - ilustração/arquivo
Os reflexos das intervenções técnicas em grade horária, manutenção dos VLTs e pontualidade das viagens já estão sendo revelados em número de passageiros transportados pela CBTU de Maceió.
Dados da GIOPE revelam um recorde histórico em outubro, último. Foram transportados 249.382 usuários no trecho entre as estações Jaraguá e Lourenço de Albuquerque. Isto só comprova o nível de satisfação e confiabilidade que a Companhia conquistou ao longo dos últimos anos.
A linha de trens de Maceió foi recentemente ampliada com a inauguração da nova estação de Jaraguá, em 20 de outubro de 2017,área onde fica localizado o porto da Cidade.
No bairro também estão a sede da Prefeitura,do Museu de Arte Brasileira,da Associação Comercial de Maceió e do Centro de Convenções,que foi construído recentemente para receber eventos de grande porte realizados na capital alagoana.
Com informações da CBTU Maceió  12/11/2018

sábado, 10 de novembro de 2018

Governo do Estado lança edital para expansão da linha 1 do Metrô de Salvador até Cajazeiras

Transportes sobre trilhos  🚇

De acordo com a publicação, a partir da próxima terça-feira (13), o edital para participação da seleção estará disponível no site da CTB e na sede do órgão, no bairro da Calçada. A previsão é que o vencedor da licitação seja conhecido no dia 14 de dezembro, em sessão pública realizada na CTB. O Tramo 3 será implantado pelo lado esquerdo da Rodovia BR-324, no sentido Salvador - Feira de Santana, tendo início no KM-622, em Pirajá, e final no KM-616, próximo ao viaduto de Águas Claras.

Da Redação
foto - ilustração/arquivo
Estação pirajá
Neste sábado (10), o Governo do Estado, por meio da Companhia de Transportes da Bahia (CTB), publicou no Diário Oficial do Estado (DOE) o aviso de licitação para a extensão da Linha 1 do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas até a região de Cajazeiras/Águas Claras, através do denominado Tramo 3.
De acordo com a publicação, a partir da próxima terça-feira (13), o edital para participação da seleção estará disponível no site da CTB e na sede do órgão, no bairro da Calçada. A previsão é que o vencedor da licitação seja conhecido no dia 14 de dezembro, em sessão pública realizada na CTB.
O trecho a ser licitado parte de Pirajá, tem cerca de 5 quilômetros e prevê a construção de duas estações metroviárias, sendo uma Estação Campinas, localizada nas imediações de Campinas de Pirajá e da Brasilgás, e a outra Estação Águas Claras/Cajazeiras. O Tramo 3 será implantado pelo lado esquerdo da Rodovia BR-324, no sentido Salvador - Feira de Santana, tendo início no KM-622, em Pirajá, e final no KM-616, próximo ao viaduto de Águas Claras.
A extensão da Linha 1 faz parte do planejamento global e estratégico para a Região Metropolitana de Salvador (RMS) e se alinha a outros importantes projetos de mobilidade em andamento do Governo do Estado, como a Avenida 29 de Março, em implantação, e o novo complexo de integração intermodal a ser implantado entre a BR 324 e a Via Regional, com a nova Estação Rodoviária Intermunicipal.
Composto por duas linhas, com extensão de quase 33 quilômetros, o Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas transporta diariamente 350 mil passageiros. Com as extensões do Tramo 3 da Linha 1 e o Tramo 2 da Linha 2, do Aeroporto até Lauro de Freitas, o sistema chegará a 42 quilômetros.
Com informações da Secom BA 10/11/2018

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Primeiro ônibus autônomo para climas variados será implantado até 2020 na Finlândia

Mobilidade/Tecnologia  🚌

A MUJI e Sensible 4 criaram juntos o Gacha, primeiro ônibus autônomo para todos os climas,que deverá ser implantado em 2020.O objetivo da colaboração é desenvolver frotas de ônibus autônomos para uso constante e fornecer serviços reais de transporte para o público em 2021.

Intelligent Transport - 07/11/2018
intelligenttransport
O Sensible 4 forneceu a tecnologia de condução autônoma,garantindo que o veículo tenha desempenho superior de posicionamento, navegação e detecção de obstáculos para permitir a condução autônoma em condições climáticas variáveis e a MUJI forneceu o design e os recursos do veículo que melhoram a experiência do usuário.
O clima cria um papel crítico na abertura do mercado de ônibus autônomos. Atualmente, chuva forte, neblina ou neve estão impedindo a maioria dos veículos autônomos de operar, uma vez que as tecnologias existentes são em grande parte testadas e desenvolvidas em condições de clima quente. No entanto o Sensible 4 concentrou-se em testes tecnológicos e validações nas condições árticas da Lapônia, dando à empresa uma vantagem única sobre outras tecnologias de condução autônoma.
intelligenttransport
O ônibus Gacha será mostrado ao público em sua estréia em março de 2019 em Helsinque, e após seu lançamento, operará em três cidades finlandesas no tráfego real.
O software Sensible 4 pode ser integrado a qualquer plataforma de veículo autônoma, desde carros pequenos até ônibus de tamanho normal. Atualmente, o Sensible 4 oferece passeios gratuitos para todos, como parte de um piloto no sul da Finlândia, em Espoo.
O design da MUJI inclui uma forma amigável sem frente ou verso, uma carreira de Ledes feito a partir da combinação dos faróis e tela de comunicação, e assentos que seguem a forma aparente do ônibus.
O ônibus Gacha tem capacidade para 10 passageiros sentados com seis pessoas em pé e pode desenvolver uma velocidade máxima de 40 km / h. Com carga elétrica, o carregamento rápido oferece uma autonomia de mais de 100 km. O pacote de sensores inclui quatro Lidars, oito radares, visão de câmera de 360 ​​graus, GPS de alta precisão, unidade de inércia e controle sobre 4GLTE / 5G.
Fonte - Intelligent Transport  09/11/2018

Abertura oficial do Novembro Negro reúne Bando de Teatro Olodum e Lazzo no TCA

Arte & Cultura/Novembro Negro  💃

A Semana da Igualdade Racial Mestre Moa do Katendê também faz parte da programação do calendário da Sepromi, e foi aberta na terça-feira (6), no Hotel Sol Victória Marina, reunindo militantes do movimento negro, gestores públicos e lideranças dos segmentos tradicionais de diversos territórios para debaterem e levantar proposições acerca das políticas afirmativas na Bahia.

Da Redação
foto -  Camila Souza/GOVBA

As atividades que integram o Novembro Negro da Bahia, calendário pioneiro de mobilizações do movimento negro, foram apresentadas no Teatro Castro Alves durante a abertura oficial do Novembro Negro, na noite desta quinta-feira (8), que contou com a apresentação do Bando de Teatro Olodum e do cantor Lazzo Matumbi. Ao longo do mês acontecem caminhadas, seminários, rodas de diálogo, campanhas, homenagens a heróis e heroínas da luta do povo negro, a exemplo do líder quilombola Zumbi dos Palmares, além de projetos apoiados pelo edital da Década Internacional Afrodescendente, lançado pela Secretaria de Promoção da Igualdade (Sepromi)
A Semana da Igualdade Racial Mestre Moa do Katendê também faz parte da programação do calendário da Sepromi, e foi aberta na terça-feira (6), no Hotel Sol Victória Marina, reunindo militantes do movimento negro, gestores públicos e lideranças dos segmentos tradicionais de diversos territórios para debaterem e levantar proposições acerca das políticas afirmativas na Bahia.
A secretária da Promoção da Igualdade Racial, Fabya Reis, falou sobre a série de eventos que estão sendo realizados durante o mês de novembro. “Nós estamos hoje com essa grande abertura, uma aula-espetáculo, temos o convidado Lazzo Matumbi, que nos presenteia com sua arte. Durante o mês temos um conjunto de ações da Década Internacional Afrodescendente, além da nossa parceria com o movimento negro da Bahia, que no próximo dia 20 vai realizar um conjunto de caminhadas, atos políticos e processos de formação. É um mês em que teremos feira de inclusão produtiva, capacitações e oficinas para refletir os 130 anos da abolição da escravatura e celebrar a memória de resistência dos heróis de Búzios que neste ano completa 220 anos”.
Ator do Bando de Teatro Olodum, Jorge Washington disse que estar no palco do TCA é um privilégio para qualquer ator. “E o Olodum é um ícone mundial da resistência. A banda, o grupo cultural, é uma arte de transformação e de reflexão. Nesse espetáculo a gente está afirmando que a nossa história é recheada de lutas, não é uma história de baixar a cabeça. E hoje estamos celebrando a memória de Zumbi dos Palmares”.
Para Jorge Washigton, o Novembro Negro é um trabalho educativo. “O Brasil é um País muito ingrato, nossa história não é contada nos livros didáticos, quem tem feito isso por mais de 40 anos de forma brilhante é o movimento negro, que tem mostrado e reafirmado essas datas. O 20 de Novembro hoje só é conhecido por causa da luta do Movimento Negro. Hoje temos o Mês da Consciência Negra, estamos na Década Internacional da Afrodescendência, instituída pela ONU, são momentos que marcam nossa trajetória”.
O fotógrafo Josafá Araújo foi assistir ao espetáculo. “O Novembro Negro se tornou um marco para a população negra. E demarcar hoje, no TCA, com um espetáculo do Bando e um show do Lazzo é pontuar mesmo na cidade que a nossa demanda precisa estar marcada na história. A Bahia sempre tem a régua e o compasso no processo de construção das políticas públicas a partir da base, das comunidades de terreiro, nos bairros mais populares”.

Sobre o dia 20 de novembro
O dia 20 de novembro foi instituído como o ‘Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra’ em alusão ao líder negro Zumbi dos Palmares, falecido neste mesmo dia, em 1695. A medida tem como base legal a Lei Federal 12.519/11, em atendimento à demanda histórica do movimento negro no Brasil, que elegeu a figura de Zumbi como um símbolo da luta e resistência dos negros escravizados no país. Zumbi liderou o Quilombo dos Palmares (União dos Palmares, Alagoas), comunidade formada por escravos fugitivos das fazendas no Brasil colonial. O quilombo também foi palco da luta pela liberdade de culto religioso e prática da cultura africana;
A programação com palestras continua nesta sexta-feira no Hotel Sol Victória. Quem quiser saber mais sobre esses eventos, datas horários e locais, pode acompanhar no site da Sepromi.

09.11.2018 – Sexta-feira
08h – 10h Oficina de Sistematização de Documento Conclusivo Lucy Góes/Gabriele Vieira (Sepromi) e Relatores(as);
10h – 11h Atividade Cultural Leitura do Documento Conclusivo Assinatura dos Termos de Colaboração para Regularização Fundiária das Comunidades de Fundo e Fecho de Pastos Matildes Charles (Cantora) Dra. Fabya Reis Secretária de Promoção da Igualdade Racial Dra.Renata Rossi Coordenadora de Desenvolvimento Agrário;
11h- 12h Cerimônia de Encerramento Dra Fabya Reis – Secretária de Promoção da Igualdade Racial e Autoridades presentes.
Com informações da Secom BA  09/11/2018