segunda-feira, 16 de maio de 2016

Em greve, metroviários do Recife mantêm circulação do metrô em horário de pico

Transportes sobre trilhos

De acordo com o diretor de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Metroviárias e Conexos do Estado de Pernambuco (Sindmetro-PE), Levi Arruda, o metrô vai funcionar entre 5h e 9h e das 16h às 20h, considerados horários de pico. “Os funcionários estão, na prática, trabalhando em horário reduzido, para garantir a manutenção dos serviços que signifique pelo menos 30% do sistema”, justificou.

Sumaia Villela
Correspondente da Agência Brasil

foto - ilustração
Metroviários da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) estão em greve nacional a partir de hoje (16). A empresa opera sistemas de transporte de passageiros (metrô, trem ou VLT) nas regiões metropolitanas de Belo Horizonte, Recife, Maceió, João Pessoa e Natal. A mobilização varia em cada estado e na capital pernambucana, que tem a maior base da CBTU no país, com 2 mil funcionários, o serviço será mantido nos horários de maior movimento.
De acordo com o diretor de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Metroviárias e Conexos do Estado de Pernambuco (Sindmetro-PE), Levi Arruda, o metrô vai funcionar entre 5h e 9h e das 16h às 20h, considerados horários de pico. “Os funcionários estão, na prática, trabalhando em horário reduzido, para garantir a manutenção dos serviços que signifique pelo menos 30% do sistema”, justificou.
Na manhã de hoje, sindicalistas e a direção da companhia estão reunidos para continuar as negociações. A principal pauta é salarial. A greve foi aprovada em assembleia dos trabalhadores diante do impasse nas negociações com a direção da CBTU. A companhia ofereceu 5,5% de aumento, mas os trabalhadores pedem a reposição inflacionária de 10,25%. Pedem também outras reivindicações, como a manutenção do Vale Cultura e a denúncia das condições atuais da empresa. “Tivemos um corte de 38% no orçamento da CBTU no Recife”, citou o dirigente sindical.
Sindicalistas de Pernambuco foram a Brasília participar de reunião com o presidente da CBTU, Marco Fireman, que ocorre nesta manhã. O encontro foi solicitado pela direção da companhia, para retomar o diálogo com os trabalhadores. O movimento grevista também tenta marcar uma reunião com o ministro das Cidades, Bruno Araújo (PSDB), ainda para esta segunda-feira.
Às 18h haverá uma assembleia da categoria no Recife para definir se a greve será mantida.
Fonte - Agência Brasil  16/05/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"