sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Operadoras de sistemas de metrô conhecem experiência do Metrô de Salvador

Transportes sobre trilhos

Após uma palestra, os profissionais visitaram as instalações do Centro de Controle Operacional e o pátio de manutenção localizados na Estação Pirajá. O projeto e a qualidade dos equipamentos deixaram impressão bastante positiva aos visitantes.

Da Redação
foto - Alberto Coutinho/GOVBA
Técnicos de 15 operadoras de sistemas de metrô de todo o país estiveram em Salvador para conhecer a estrutura da capital baiana, nesta sexta feira (7). A visita faz parte da 42º reunião do Grupo Permanente de Auto Ajuda na Área de Manutenção Metroferroviária (GPAA), que tem como objetivo trocar conhecimentos e experiências para aprimorar o funcionamento dos programas de transporte de todo o país.
O diretor da companhia de transporte da Bahia, Eduardo Copello, comenta a experiência. “As empresas trazem para o encontro tanto as dificuldades que enfrentaram quanto as soluções, e isso é compartilhado aqui, fazendo com que uma organização aprenda com a outra. Para a Bahia é especialmente importante por conta do investimento feito no metrô e no futuro VLT do subúrbio. Esse intercâmbio de informações nós dá uma noção dos problemas e de como superá-los”, afirma.

foto - Alberto Coutinho/GOVBA
Após uma palestra, os profissionais visitaram as instalações do Centro de Controle Operacional e o pátio de manutenção localizados na Estação Pirajá. O projeto e a qualidade dos equipamentos deixaram impressão bastante positiva aos visitantes. O gestor de contratos do Metrô do Recife, Jurandir Campos, avalia. “A Bahia está de parabéns, a implantação do metrô aqui está sendo maravilhosa. Investir num complexo de mobilidade urbana moderno é importante pra fazer com que a cidade cresça não apenas em um aspecto social e econômico, mas como ambientalmente”.
Para Décio Bin, coordenador de manutenção em via permanente na Cia do Metropolitano de São Paulo, a experiência do sistema baiano vai levar novas ideias para outros estados. “O crescimento e a quantidade de obras que nós vimos é fenomenal, principalmente a tecnologia que está sendo aplicada aqui. O material colocado é de primeira linha. Nosso objetivo é implantar o mesmo equipamento nas linhas já existentes do metrô de São Paulo. Estou levando daqui novas técnicas com o objetivo de acompanhar a evolução que a modernidade traz”, comenta.
Essa foi a primeira vez que Salvador sediou uma reunião da GPAA. José Kako, gestor de Manutenção da CCR Metrô Bahia, acredita que eventos como este são importantes para o desenvolvimento tecnológico em todas as cidades. “Essa troca de conhecimentos é muito importante. Os problemas de uma empresa no presente muitas vezes são os mesmos enfrentados por outras no passado. Essa troca potencializa a solução de problemas, traz novos conceitos e abre canais de comunicação”
Com informações da Secom Ba.  07/10/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"