terça-feira, 10 de novembro de 2015

Governo da Bahia convoca mais de 5 mil professores aprovados em processo seletivo

Educação

A ação tem o objetivo de cumprir a segunda meta do programa Educar para Transformar – Um Pacto pela Educação, que busca garantir que todas as crianças e jovens tenham desempenho adequado às suas séries e sucesso na trajetória escolar, com professores nas salas de aula.

Da Redação
Adicionar legenda
O Governo da Bahia publicou no Diário Oficial desta terça-feira (10) uma nova relação de professores convocados no processo seletivo simplificado pelo Regime Especial de Direito Administrativo (Reda). Até agora, a Secretaria da Educação do Estado já convocou 5.375 professores que fizeram a seleção, em junho deste ano, para o preenchimento de 6.145 vagas destinadas à Educação Básica, Educação Profissional e Educação Indígena, na capital e interior.
A ação tem o objetivo de cumprir a segunda meta do programa Educar para Transformar – Um Pacto pela Educação, que busca garantir que todas as crianças e jovens tenham desempenho adequado às suas séries e sucesso na trajetória escolar, com professores nas salas de aula.
De acordo com a superintendente de Recursos Humanos da Secretaria da Educação do Estado, Ana Catapano, esse processo seletivo veio fortalecer a educação pública, pois trouxe vantagens tanto para o professor, quanto para o estudante. Ela destacou algumas vantagens que os professores convocados terão, pois irão fazer parte do sistema integrado de recursos humanos do Estado. Uma destas vantagens é o pagamento previsto em tabela publicada pela Secretaria da Fazenda (Sefaz-BA).
“Além disso, os novos docentes poderão optar pelo plano de saúde do Estado da Bahia, o Planserv, e terão direito a 13º salário e férias após um ano de trabalho. Os alunos terão um ensino de melhor qualidade, pois os professores passaram por uma seleção para ingressar no Estado e isso leva a uma melhor qualidade no ensino”, destaca Ana Catapano.

Prazo
A superintendente também lembra que as convocações poderão ocorrer até a validade do processo seletivo, que é de um ano, prorrogável para mais um ano. Ela ressalta ainda que alguns professores convocados não assumiram e isso leva a novas convocações, que poderão ocorrer até a validade do processo seletivo.
“A cada convocação, o professor tem um prazo de dez dias para assumir. Sempre quando a gente convoca e o professor não assume, é feita uma nova convocação para chegar ao número de vagas que foram disponibilizadas”, conclui. Do total de 6.145 vagas para esta seleção, 4.616 são para a Educação Básica, 1.282 para a Educação Profissional e 247 para a Educação Indígena - 30% das vagas foram reservadas aos candidatos negros e 5% às pessoas com deficiência.
Com informações da Secom Ba.  10/11/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"