quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Alstom e SNCF vão desenvolver juntas a nova geração de TGV francês

Transportes sobre trilhos

O novo trem,futura composição de alta velocidade da França,devera entrar em serviço em 2022,e vai oferecer um verdadeiro avanço em termos de competitividade de acordo com os parceiros do projeto,reduzindo custos e oferecendo aos passageiros uma nova experiência "em conforto e serviços de bordo".  

Da Redação
Railway Gazette
A SNCF  operadora de TGVs na França em conjunto com a Alstom vão trabalhar para desenvolver uma nova geração de trens de alta velocidade.
O novo trem,futura composição de alta velocidade da França,devera entrar em serviço em 2022,e vai oferecer um verdadeiro avanço em termos de competitividade de acordo com os parceiros do projeto,reduzindo custos e oferecendo aos passageiros uma nova experiência "em conforto e serviços de bordo".
O projeto visa a reduzir os custos de aquisição e operação em pelo menos 20%,com "taxa de reciclagem de material"superior a 90% e o consumo de energia reduzido em pelo menos 25%.A nova geração de TGV devera oferecer um aumento de 20% na sua capacidade,com base em um interior mais modular com melhorias em conectividade e serviços de bordo aos passageiros .
O trabalho para definir a especificação deverá ser concluída até o final de 2017.O projeto detalhado,a produção de um protótipo e aprovação deverá levar cerca de quatro anos,com a produção e as entregas em série,com o novo design,previstas para entrar em operação comercial em meados de 2022 .
A SNCF está disponibilizando cerca de 250 funcionários para apoiar o projeto,incluindo o seu centro de engenharia em Le Mans.A Alstom informou que os resultados deste programa irão complementar a sua gama Avelia de trens de alta velocidade," desenvolvimento do "TGV do futuro" com programa co-financiado pelo governo francês.
Com informações da Railway Gazette  07/09/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"