quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Neojiba comemora 10 anos com quatro concertos especiais

Arte & Cultura  🎻

O ponto alto da comemoração será o megaconcerto do dia 21 (sábado), na Concha Acústica, às 18h, quando todas as gerações do Neojiba estarão reunidas para uma grande homenagem musical ao trabalho realizado nesses 10 anos.

Da Redação
foto - Lenon Reis
Uma grande festa musical na Concha Acústica, duas apresentações sinfônicas na Sala Principal do Teatro Castro Alves (TCA) e um concerto de câmera liderado pelo violinista alemão Markus Däunert. É com essa programação que os Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (Neojiba) comemoram seu 10º aniversário, entre os dias 14 e 21 deste mês, em Salvador. Cerca de 1.200 crianças, adolescentes e jovens do programa participam dos eventos, que reúnem integrantes dos 12 Núcleos do Neojiba e da Orquestra Infantil da Bahia, formação especialmente criada para a ocasião.
O ponto alto da comemoração será o megaconcerto do dia 21 (sábado), na Concha Acústica, às 18h, quando todas as gerações do Neojiba estarão reunidas para uma grande homenagem musical ao trabalho realizado nesses 10 anos. A Orquestra Juvenil da Bahia, a Orquestra Castro Alves (OCA) e o Coro Juvenil do Neojiba – formações do Núcleo de Gestão e Formação Profissional – se juntam ao Coro Sinfônico do Neojiba e a integrantes dos 11 Núcleos de Prática Musical, sediados em Salvador, Simões Filho (RMS), Feira de Santana (centro norte), Trancoso, em Porto Seguro (extremo sul) e Vitória da Conquista (sudoeste).
O espetáculo terá intervenções cênicas dirigidas por Andrezão Simões e contará com a participação de vários maestros do programa. “Durante todo o ano de 2017 estamos celebrando os 10 anos do Neojiba, comemorados oficialmente no dia 20 de outubro, data histórica da primeira apresentação pública da Orquestra Juvenil da Bahia. Uma década de trabalho ininterrupto e de resultados excepcionais de uma política pública bem-sucedida é sem dúvida um marco a ser celebrado. Para isso, preparamos uma série de ações que ocorrem desde outubro de 2016 em todo o estado e que culminam, agora, com esses concertos para o público baiano, que poderá assistir ao vivo e pela TVE alguns dos principais frutos dessa linda trajetória”, afirma a diretora do Neojiba, Beth Ponte.
A programação começa com um concerto no Museu de Arte Sacra, dia 14, às 17h. Ricardo Castro, diretor fundador do Neojiba, o violinista alemão Markus Däunert e jovens músicos apresentam obras de Shostakovich, Mahler, Dvořák e Mozart. Däunert é professor da Escola Superior de Música, em Frankfurt, na Alemanha, foi spalla da Orquestra de Câmera Mahler durante 10 anos, sob a regência de Cláudio Abbado, e tem colaborado frequentemente com o Neojiba desde 2010.
No dia 20, data oficial do aniversário, a programação segue com sessão dupla na Sala Principal do TCA. Às 15h, a Orquestra Infantil da Bahia faz sua estreia, com entrada gratuita, com obras como ‘Prelúdio para Te Deum’, de Charpentier; ‘Abertura Guilherme Tell’, de Rossini; ‘Batuque’, de Fernandez; ‘Dança Húngara’, de Brahms; e ‘Danzon nº 2’, de Marquez. A Orquestra Infantil da Bahia conta com o patrocínio da Cielo e Cateno, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.
“Remontar essas obras com crianças de toda a Bahia é um marco. Essas crianças representam a expansão do Programa e o trabalho desenvolvido por toda a equipe na capital e no interior do estado”, afirma o coordenador do projeto da Orquestra Infantil da Bahia, Marcos Rangel. Esta iniciativa é inédita e reúne em Salvador cerca de 100 crianças, entre 9 e 15 anos, de 17 cidades do estado.
Na segunda sessão do dia 20, no TCA, às 19h, com um programa sinfônico dirigido por vários maestros, se apresentam três orquestras sinfônicas - a Juvenil da Bahia, a Infantil da Bahia e a Castro Alves (OCA) -, além de três coros - o Infantil, o Juvenil e o Sinfônico do Neojiba. Os ingressos custam R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia). No repertório, obras emblemáticas da história do projeto, como a ‘Sinfonia nº 5’, de Beethoven; ‘Carmina Burana’, de Orff; 'Marcha Eslava', de Tchaikovsky; 'Pássaro de Fogo', de Stravinsky; e 'Bachianas Brasileiras nº 4', de Vila-Lobos.

Programa
Criado em 2007 como um dos programas prioritários do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), o Neojiba tem o objetivo de promover na Bahia o desenvolvimento e a integração social prioritariamente de crianças, adolescentes e jovens em situações de vulnerabilidade, por meio do ensino e prática musical coletivos. Beneficia cerca de 4.600 crianças, adolescentes e jovens em todo o estado.
Com informações da Secom Ba.  04/10/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"