terça-feira, 21 de março de 2017

Bahia terá maior duto de distribuição de gás natural do Nordeste

Infraestrutura  ⛽

O Gás Sudoeste é o principal projeto do Plano Plurianual de Investimentos 2017-2021 da Bahiagás. Com extensão total de 306 quilômetros e investimentos da ordem de R$ 505 milhões, o duto de distribuição passará por 13 municípios e será o maior do Nordeste e o segundo maior do Brasil. Objetiva o provimento de gás natural aos setores industrial, comercial e automotivo, com destaque para as grandes mineradoras instaladas na região

Da Redação
foto - divulgação/Secom
A Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás), em prosseguimento ao seu Plano de Investimentos e ao Plano de Interiorização do Fornecimento de Gás Natural, publicou na edição desta terça-feira (21) do Diário Oficial do Estado o Edital de Concorrência 0002/2017 destinado à contratação de empresa ou consórcio especializado para a execução dos serviços de construção e montagem do 1º trecho do Gás Sudoeste - Duto de Distribuição de Gás Natural do Sudoeste.
Essa primeira etapa da obra, com aproximadamente 73 quilômetros de extensão, em dutos com diâmetro de 10 polegadas e montagem de três estações de Distribuição de Gás Natural, tem prazo estimado de conclusão de 18 meses e custo total orçado em 67,7 milhões. A intervenção parte da divisa entre as cidades de Ipiaú e Itagibá, passando pelos municípios de Aiquara e Itagi, chegando até Jequié. Nestas localidades, o energético atenderá aos segmentos industrial e comercial, com foco no ramo de alimentos e bebidas.
O Gás Sudoeste é o principal projeto do Plano Plurianual de Investimentos 2017-2021 da Bahiagás. Com extensão total de 306 quilômetros e investimentos da ordem de R$ 505 milhões, o duto de distribuição passará por 13 municípios e será o maior do Nordeste e o segundo maior do Brasil. Objetiva o provimento de gás natural aos setores industrial, comercial e automotivo, com destaque para as grandes mineradoras instaladas na região.
O diretor-presidente da Bahiagás, Luiz Gavazza, defende a importância dos investimentos para o alcance dos objetivos da Companhia. “O plano é ir cada vez mais longe. Levar os benefícios e vantagens competitivas do gás natural para um número cada vez maior de clientes e continuar atendendo com qualidade aos diversos segmentos de mercado, com segurança, rentabilidade e responsabilidade socioambiental”, afirma Gavazza. Para ele, estes propósitos contribuem com a ampliação das zonas de desenvolvimento do estado.

Desenvolvimento
A Bahiagás está expandindo a sua área de atuação, inovando e se modernizando cada vez mais, em cumprimento ao seu maior compromisso, que é o de levar o desenvolvimento para todo o conjunto de regiões do estado. A Companhia fornece um energético versátil, que pode ser usado para cocção, aquecimento de água e climatização, além de ser seguro, prático e mais vantajoso do ponto de vista econômico e ambiental.
De acordo com o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, a ideia é ampliar cada vez mais a interiorização da matriz energética de gás na Bahia. “O novo gasoduto vai suprir o fornecimento da região sudoeste, na primeira etapa, chegando até Jequié e no futuro será estendido até Brumado, no oeste baiano”.
A Bahiagás, concessionária estadual dos serviços de distribuição de gás natural canalizado, é uma empresa de economia mista, controlada pelo Governo do Estado e vinculada à Secretaria de Infraestrutura (Seinfra). Tem como acionistas o Estado da Bahia, a Gaspetro, subsidiária da Petrobras, e Mitsui Gás e Energia do Brasil.
Com  informações  da Secom  21/03/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"