segunda-feira, 17 de julho de 2017

"Fingir" e fingimentos: indignação com corrupção, Saúde, festa em "Palácio"...

Ponto de Vista  🔍

Ricardo Barros, Ministro da Saúde, conclamou: "Vamos parar de fingir que pagamos o médico e o médico tem que parar de fingir que trabalha".Isso no país em que a chegada de médicos cubanos provocou escândalo e gritaria. De médicos, associações, e manifestantes.Passados três anos os médicos cubanos continuam no Brasil. E... fez-se o silêncio de associações, médicos e manifestantes.Talvez porque os médicos cubanos já tenham atendido mais de 60 milhões de pessoas. Sinal de que 60 milhões de pessoas não eram atendidas.Ou mal tinham atendimento, como agora confessa o ministro da Saúde.Revelador o silêncio em relação aos médicos cubanos. Certos silêncios revelam, assim como barulhos de ocasião.

Bob Fernandes




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"