segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

300 famílias recebem a casa própria em Guanambi (Ba)

Habitação

No último sábado (30) cerca 1,2 mil pessoas de Guanambi foram diretamente beneficiadas com a entrega de 300 unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida no Loteamento Gurungas.Também foi inaugurada e entregue a via de acesso do condomínio, onde já vivem outras 900 famílias.

Da Redação
foto - Mateus pereira/Gov.Ba
Cerca 1,2 mil pessoas de Guanambi foram diretamente beneficiadas com a entrega de 300 unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida no Loteamento Gurungas, no último sábado (30). "É a entrega do que, talvez, seja o maior sonho de um pai, de uma mãe, de uma avó, que é ter a casa própria da família. Quem morava até o dia de hoje de aluguel, ou de favor, ou em áreas de risco, e agora tem a sua casa, sabe o que isso significa", destacou o governador Rui Costa. Também foi inaugurada e entregue a via de acesso do condomínio, onde já vivem outras 900 famílias.
Jaqueline de Jesus, 21 anos, recebeu das mãos de Rui Costa as chaves do apartamento, que tem sala, dois quartos, cozinha e banheiro. “Era algo impossível de se imaginar para uma pessoa de família pobre como eu. Faço serviços gerais e, com os R$ 310 por mês que estou economizando ao deixar de pagar aluguel, vou poder investir em outro sonho, que é ter o meu salão de beleza e também no futuro da minha filha”, comemorou.

Regularização fundiária
Mais seis mil famílias de produtores rurais tiveram os títulos de propriedade de suas terras emitidos, por meio do convênio assinado pelo governador, também neste sábado. O acordo firmado com o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Alto Sertão representa um investimento do Estado de aproximadamente R$ 1,57 milhão. “Este convênio tem o objetivo de regularizar e dar o título de terra para seis mil agricultores rurais, que, a partir daí, poderão ter acesso a crédito e a programas produtivos”, destacou Rui.
O secretário de Desenvolvimento Rural (SDR), Jerônimo Rodrigues, explicou que 13 municípios subscrevem o convênio para que os seis mil títulos sejam emitidos em um prazo de aproximadamente um ano. “Rui também entregou aqui em Guanambi dois carros para uma cooperativa, um para transporte de produção e insumos, outro para a prestação de assistência técnica. O governador tem orientado para que a gente amplie o número de gente com títulos de terra e que a gente ajude a melhorar a produção e a comercialização da agricultura familiar”.
O presidente da Cooperativa de Assessoria Técnica e Educacional para o Desenvolvimento da Agricultura Familiar (Cootraf), Edgar Filho, disse que a instituição atende mais de 50 municípios. “Esses veículos vão beneficiar mais de cinco mil agricultores familiares, que terão assistência técnica e poderão escoar sua produção. Temos casos clássicos de agricultores assistidos pela Cootraf que tinham renda per capita de R$ 70 e hoje chega a mais de R$ 1 mil”.
A produtora Leonira Teixeira da Trindade tem 72 anos e nasceu nas terras onde mora até hoje, na zona rural de Guanambi. Ela, que recebeu o título de propriedade de sua terra, conta que acabou de plantar feijão, aproveitando as chuvas que caíram na região. “Agora tenho a felicidade de ter a garantia da minha terra. Eu não sou casada, não tive filhos, não sabia o que iria acontecer com minha terra. Agora já sei que quem decide o que fazer com ela sou eu”.
Com informações da Sedur Ba.  01/02/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"