sábado, 7 de maio de 2016

Biblioteca Pública do Estado celebra 205 anos com diálogo e concerto musical

Cultura

Vinculada à Fundação Pedro Calmon (FPC), a Biblioteca pretende reunir crianças, jovens e adultos para comemorar a data.Um dos destaques da programação é a exposição ‘Viagem a Timbuktu - Fotografias de Edmond Fortier - Da costa da Guiné às margens do Saara em 1906’, dedicada à obra do fotógrafo francês Edmond Fortier (1862-1928), que está aberta à visitação até o dia 22 de junho, junto a debates sobre a temática. 

Da Redação
Secom Ba.
Em celebração aos 205 anos de fundação, completados no próximo dia 13, a Biblioteca Pública do Estado da Bahia, localizada nos Barris, em Salvador, programa uma série de atividades para promover a interação de frequentadores da unidade em seus diversos setores. Vinculada à Fundação Pedro Calmon (FPC), a Biblioteca pretende reunir crianças, jovens e adultos para comemorar a data.
Um dos destaques da programação é a exposição ‘Viagem a Timbuktu - Fotografias de Edmond Fortier - Da costa da Guiné às margens do Saara em 1906’, dedicada à obra do fotógrafo francês Edmond Fortier (1862-1928), que está aberta à visitação até o dia 22 de junho, junto a debates sobre a temática.
Os próximos encontros estão marcados para segunda-feira (9), às 17h, com o professor honorário e fellow da Universidade de Birmingham (Inglaterra) Paulo Fernando de Moraes Farias, e no dia 11, no mesmo horário, com o mestre em História Social e especialista em História Africana Contemporânea, o touareg Mahfouz Ag Adnane.
Já no dia 13, às 15h, com o objetivo de ampliar a interação com os usuários, a Biblioteca promove o diálogo ‘Histórias e histórias da Biblioteca Pública - 205 anos’, com a presença das bibliotecárias Hildenise Novo e Henriete Gomes (ICI-UFBA), que vão abordar o tema ‘A biblioteconomia e a biblioteca pública’.
Para quem gosta de ouvir música popular brasileira, a Biblioteca recebe, no dia 19, o concerto do ‘Duo Radamés’, formado pelo flautista César Diniz e violonista Yuri Barreto. No repertório, compositores baianos e importantes autores do cenário nacional, como Paulo Costa Lima, Elomar Figueira Mello, além dos cariocas Heitor Villa-Lobos, Egberto Gismonti e do gaúcho Radamés Ganattali. Na ocasião, os músicos irão dialogar com a plateia para transmitir informações sobre os instrumentos, os compositores, as obras e estéticas envolvidas, a fim de fornecer ferramentas que favoreçam a apreciação musical aos ouvintes.

BPEB
A Biblioteca Pública do Estado da Bahia é a mais antiga da América Latina e a primeira biblioteca pública do Brasil. Atualmente possui um acervo de mais de 600 mil exemplares, distribuídos por diversos setores, como braille, infantil, pesquisa/referência, empréstimo, periódicos, obras raras e valiosas, documentação baiana, artes e audiovisual. Em 2015, cerca de 67 mil pessoas visitaram o espaço de leitura.
A unidade ainda desenvolve atividades culturais e acadêmicas, como orientação aos portadores de deficiência visual, orientação à pesquisa, lançamentos de livros, exibição de filmes, seminários, palestras, visitas guiadas, visitas técnicas, oficinas, exposições, apresentações teatrais, espetáculos musicais, contação de história, saraus e recitais.
Com informações da Secom Ba.  07/05/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"