quinta-feira, 24 de março de 2016

Governador da Bahia Rui Costa entrega novo viaduto que desafoga trânsito na região de Pirajá

Mobilidade

As obras do Governo do Estado fazem parte da implantação da Linha Azul - corredor transversal que vai ligar a Orla ao Subúrbio Ferroviário – e desafogam o trânsito na região de Pirajá, que passou a ter um fluxo maior de veículos com a inauguração do terminal integrado do metrô.

Da Redação
foto - Manu Dias/GOV.Ba.
Os motoristas que trafegam no entorno da Estação Pirajá e da Estrada de Campinas, em Salvador, já podem utilizar o novo viaduto sobre a BR-324, inaugurado pelo governador Rui Costa na manhã desta quinta-feira (24). Duas alças de acesso também já estão liberadas.
As obras do Governo do Estado fazem parte da implantação da Linha Azul - corredor transversal que vai ligar a Orla ao Subúrbio Ferroviário – e desafogam o trânsito na região de Pirajá, que passou a ter um fluxo maior de veículos com a inauguração do terminal integrado do metrô.
"É uma etapa da Linha Azul, que inclui a duplicação da Avenida Gal Costa. Daqui, a obra segue para o Lobato, onde já estamos executando um túnel de 360 metros, com 140 metros já executados. Então, todo o Subúrbio será interligado, saindo do Lobato até a estação do metrô de Pirajá. Será um acesso fácil e rápido para a população. Em menos de 5 minutos, as pessoas saem do Subúrbio e chegam à Estação de Pirajá”, explicou Rui.
Na inauguração, o governador ainda anunciou a construção de um terminal de ônibus na Avenida Gal Costa. “Junto da Avenida Gal Costa, construiremos um novo terminal de ônibus, que vai ser integrado à estação de metrô de Pituaçu. Portanto, Pituaçu, a exemplo de Pirajá, se tornará um complexo de transporte. Será uma importante integração de ônibus, metrô e também de BRT".

foto - Manu Dias/GOV.Ba.
Mobilidade Salvador
A construção do viaduto e do Sistema Viário Campinas de Pirajá integra o conjunto de ações do programa estadual Mobilidade Salvador. Nesta etapa, foram investidos R$ 7,84 milhões. O elevado de três faixas e 59 metros de extensão fica ao lado do antigo viaduto, que continua sendo utilizado pelos condutores, inclusive por ônibus que chegam ao Terminal de Pirajá, ao lado da estação do metrô. As intervenções incluíram serviços de drenagem e terraplanagem, além de obras de paisagismo.
A entrega do viaduto marca o início de uma nova fase na região que, até então, era conhecida pelos constantes congestionamentos. Mesmo sobre duas rodas, o motoboy Julio Miranda afirma que evitava trafegar pelo local em qualquer hora do dia. “É uma obra necessária. Esta região tem um tráfego muito intenso. Essa via vai fluir o trânsito aqui”. A estimativa é que, nos horários de pico, mil veículos por hora trafeguem pelo novo sistema viário.

Valorização
Os pedestres também foram beneficiados com mais uma opção de cruzar a BR-324 com segurança. Usuário do sistema metroviário, Jackson Santos pegou uma carona até a rodovia federal e caminhou pela calçada construída na alça, que segue por toda a extensão do viaduto, até chegar à Estação Pirajá, onde pegou o metrô até a Lapa.
Para Jackson, a capital vive um dos principais momentos no que se refere à mobilidade urbana. “Ter o acesso para pedestres também é super importante. Bem viável o dinheiro que foi investido para desafogar o trânsito dessa área”. As intervenções ainda valorizam os imóveis e estimulam o comércio local. Há quatro anos, Neemias Ramos é dono de uma loja de moto peças em frente ao sistema viário e está otimista. “Além de melhorar o trânsito, a vista ficou melhor para todos nós, aqui”, afirmou.
Com informações da Secom Ba.  24/03/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"