sábado, 7 de janeiro de 2017

Dinossauros de 145 milhões de anos atrás são encontrados na China

Ciência&Tecnologia  🐾

Segundo os cientistas, os restos mortais podem pertencer a quatros tipos de saurópodes (grupo de dinossauros saurísquios, quadrúpedes e com patas longas). 

Sputnik
foto - ilustração
Restos de dinossauros que, supostamente viveram há mais de 145 milhões de anos, foram descobertos na província de Guizhou, no sudoeste da China, informou a Televisão Central da China CCTV.
Os montes, perto da região chinesa de Bijie, foram palco da descoberta. Segundo os cientistas, os restos mortais podem pertencer a quatros tipos de saurópodes (grupo de dinossauros saurísquios, quadrúpedes e com patas longas). Tais criaturas habitaram a região nos tempos jurássicos, período da era Mesozoica que compreende uma faixa de tempo entre os 56 e 145 milhões de anos atrás. Segundo os arqueólogos, anteriormente, no local da descoberta havia um bebedouro de dinossauros.
De acordo com os pesquisadores, as pegadas dos dinossauros do Jurássico, descobertos pela primeira vez na província de Guizhou, possuem um comprimento máximo de 30 centímetros. Já a altura das pegadas dos dinossauros poderia alcançar os 6 metros.
Fonte - Sputnik  07/01/2017

Trecho da marginal da Av. Paralela é interditado para execução de obras de drenagem

Obras do Metrô  🚧

A interdição de um trecho da via marginal da Avenida Paralela, no sentido Aeroporto, será entre as 23h da sexta (06/01) e as 5h de domingo (08/01)

Da Redação
imagem - ilustração/Google Maps
A CCR Metrô Bahia e o Consórcio Mobilidade Bahia informam que, para execução de obras de drenagem pluvial, realizarão a interdição de um trecho da via marginal da Avenida Paralela, no sentido Aeroporto, entre as 23h de sexta (06/01) e as 5h de domingo (08/01). O bloqueio será colocado pouco antes da entrada do Imbuí, interrompendo a circulação em 50 metros da via.
Nesse período, os motoristas que seguirem para a Rua Padre Casimiro Quiroga precisarão acessar a Rua das Araras, fazer retorno à esquerda na Av. Jorge Amado (sentido Paralela) e retomar a via marginal na saída do Imbuí.
Com informações da CCR Metrô Bahia  06/01/2017

Obra do VLT de Cuiabá será retomada até junho

Transportes sobre trilhos   🚄

Um acordo do Estado com as empreiteiras já foi celebrado e a obra de R$ 1,477 bilhão receberá um aditivo financeiro, o que será firmado com órgãos fiscalizadores.

MT Agora
foto - ilustração
O secretário de Estado de Cidades, Wilson Santos (PSDB), declarou que o governo do Estado vai retomar as obras do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) no primeiro semestre deste ano. Um acordo do Estado com as empreiteiras já foi celebrado e a obra de R$ 1,477 bilhão receberá um aditivo financeiro, o que será firmado com órgãos fiscalizadores.
“Fechamos um acordo com o consórcio VLT e faremos uma ratificação perante a Justiça. O valor acrescido no contrato será submetido ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) e ao Ministério Público de Contas. Também faremos a correção de medições que não foram pagas e resolver o impasse de outros passivos”, disse.
A declaração do secretário de Cidades Wilson Santos foi dada na manhã desta quinta-feira (5) durante sua participação na eleição da Associação Mato-Grossense dos Municípios (AMM).
As obras do VLT estão paralisadas há dois anos e as empreiteiras cobram até R$ 800 milhões a mais para garantir a execução do projeto, o que elevaria o custo final para até R$ 2,2 bilhões.
Questionado a respeito do valor financeiro acertado com as empreiteiras, o secretário de Cidades Wilson Santos disse que só será levado ao conhecimento após a devida homologação junto aos órgãos fiscalizadores. “É difícil falar de valor neste momento. Quando houver a assinatura com o MPC e o TCE será levado ao conhecimento público”.
A respeito das prioridades elencadas para 2017, Wilson Santos disse que uma das metas é destravar as obras do Rodoanel e cumprir o cronograma de emendas parlamentares estipulado em parceria com a Casa Civil. Ainda está previsto honrar convênios firmados com os municípios. “São 400 obras em média. Teremos muito trabalho pela frente até 2017”, completou.
Fonte - MT Agora  06/01/2017

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Sistema Ferry-Boat transporta em 2016 mais de 5 milhões de pessoas e 900 mil veículos entre Salvador e Itaparica

Travessia marítima  🚢

A travessia pelos 14 quilômetros entre os terminais de São Joaquim e Bom Despacho foi feita por exatamente 5.746.888 passageiros e 906.701 veículos, que, ao longo do ano, utilizaram o ferry para veraneio, trabalho e estudo.

Da Redação
foto -  Raul Golinelli/GOVBA
Durante todo o ano de 2016 o Sistema Ferry Boat transportou o equivalente ao dobro da população de Salvador e quase a mesma quantidade de veículos emplacados na cidade. A travessia pelos 14 quilômetros entre os terminais de São Joaquim e Bom Despacho foi feita por exatamente 5.746.888 passageiros e 906.701 veículos, que, ao longo do ano, utilizaram o ferry para veraneio, trabalho e estudo.
Com base na análise de dados da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba), vinculada à Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra), a maior movimentação no sistema ocorreu na alta estação. Os meses de janeiro e fevereiro de 2016 bateram recorde de embarques, com aproximadamente 700 mil passageiros e 115 mil veículos realizando a travessia na Baía de Todos os Santos.
Com o propósito de oferecer mais conforto e rapidez aos usuários, os colaboradores são periodicamente treinados e requalificados. Já as estrutura dos terminais de São Joaquim e Bom Despacho passaram por obras, como a reforma das rampas A e B, intervenções nas pistas de acesso e praças de cobrança, além de receberem novos banheiros.
Melhorias nas embarcações também estão sendo realizadas, gradativamente, com a docagem dos barcos para a realização de reparos no casco, implantação ou reforma nas cabines climatizadas, pintura e reparação elétrica e hidráulica. O sistema conta atualmente com nove embarcações - Ana Nery, Ivete Sangalo, Maria Bethânia, Agenor Gordilho, Pinheiro, Dorival Cayme, Zumbi dos Palmares, Juracy Magalhães Jr. e Rio Paraguaçu.
Com informações da Secom Ba.  06/01/2017

Governo do Estado promove Audiência Pública sobre VLT de Salvador

Transportes sobre trilhos  🚄

De caráter consultivo, a Audiência tem o objetivo de esclarecer dúvidas e recolher sugestões para o processo licitatório, na modalidade de concorrência pública, para seleção da melhor proposta para contrato de PPP, para execução do projeto do VLT. 

Da Redação
imagem - ilustração/arquivo
Será realizada, no próximo dia 20, às 17h30, Audiência Pública sobre a Parceria Público Privada (PPP) para concessão da implantação e operação do Veículo Leve sobre trilhos (VLT). Aberto ao público, o evento será em Paripe, no Colégio Estadual Almirante Barroso.
De caráter consultivo, a Audiência tem o objetivo de esclarecer dúvidas e recolher sugestões para o processo licitatório, na modalidade de concorrência pública, para seleção da melhor proposta para contrato de PPP, para execução do projeto do VLT. “O VLT é um projeto estruturante de mobilidade, que irá valorizar toda a região do Subúrbio Ferroviário de Salvador, além de garantir mais qualidade de vida à população”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Carlos Martins. A Audiência também contará com a participação do secretário da Casa Civil, Bruno Dauster.
Os documentos referentes ao projeto do VLT estão disponíveis aqui. Também podem ser consultados na sede da secretaria, no Centro Administrativo (CAB).

VLT
Com 18,5 quilômetros de extensão e 21 estações, o Veículo Leve sobre Trilhos irá substituir o Sistema de Trens do Subúrbio. As atuais 10 estações serão desativadas e reaproveitadas para prestação de outros serviços à comunidade, como postos da Polícia Militar e centros de atendimento.
A previsão é de início das obras em até 90 dias após a assinatura do contrato, com prazo para conclusão de 36 meses. Estão previstas intervenções em duas fases: a primeira, entre o Comércio e Plataforma, tem 9,4 km; a segunda, entre Plataforma e São Luiz, tem 9 km. O valor estimado é de R$ 1,5 bilhão.
Conforme o projeto, os usuários do VLT estarão integrado às linhas 1 e 2 do metrô e aos roteiros do BRT (Transporte Rápido por Ônibus) metropolitano. A perspectiva é de beneficiar mais de 1,5 milhão de moradores do Subúrbio Ferroviário.

Serviço:
O que: Audiência Pública – PPP VLT
Quando: 20 de janeiro de 2017 (sexta-feira)
Hora: 17h30
Local: Colégio Estadual Almirante Barroso (Rua Almirante Tamandaré, 420 – Paripe)
Com informações da Sedur Ba.  06/01/2017

Justiça suspende reajuste nas tarifas de integração entre ônibus e trilhos em SP

Transportes/Tarifas 🚌 🚇

Segundo o juiz, manter o preço da tarifa básica do transporte público na capital (R$ 3,80, cobrado individualmente pelos ônibus, metrô ou trens), mas elevar o preço da integração (ônibus + metrô ou trem), causa discriminação.

Elaine Patricia Cruz
Repórter da Agência Brasil

foto - ilustração/arquivo
O juiz Paulo Furtado de Oliveira Filho, do Tribunal de Justiça de São Paulo, suspendeu hoje (6), em caráter liminar, o reajuste nas tarifas de integração entre ônibus e trilhos em São Paulo – que passariam de R$ 5,92 para R$ 6,80 a partir de 8 de janeiro. A decisão também suspendeu a cobrança da taxa de integração nos terminais metropolitanos, que varia entre R$ 1 e R$ 1,65, e que antes eram gratuitas.
Segundo o juiz, manter o preço da tarifa básica do transporte público na capital (R$ 3,80, cobrado individualmente pelos ônibus, metrô ou trens), mas elevar o preço da integração (ônibus + metrô ou trem), causa discriminação. “A discriminação parece ser injusta, pois a medida é mais benéfica a quem reside em locais mais centrais e se utiliza apenas do metrô, cuja tarifa básica foi mantida, mas revela-se gravosa a quem reside em locais mais distantes e se utiliza do trem e do metrô, cuja tarifa integrada foi aumentada acima da inflação”. Em São Paulo, a administração de ônibus é da prefeitura, enquanto o governo estadual responde pelo Metrô e pela CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos].
Para o juiz, "há ilações de que a manutenção da tarifa básica do metrô apenas se deu porque o governador do estado [Geraldo Alckmin] não queria arcar com o ônus político do reajuste, pois o candidato a prefeito municipal por ele apoiado e eleito [o atual prefeito, João Doria] declarou, após as eleições, que manteria o valor da tarifa básica do ônibus”.
"Se não suspendo o reajuste, haverá risco aos usuários do serviço público de transporte, que se sujeitarão aos novos valores a partir de 8 de janeiro de 2017, obrigados a maiores gastos em momentos de crise econômica”, escreveu o juiz, em sua decisão.
O governo tem o prazo de 20 dias úteis para recorrer. A reportagem da Agência Brasil entrou em contato com o governo de São Paulo, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.
Fonte - Agência Brasil  06/01/2017

Metrô de Salvador reajusta a tarifa

Transportes sobre trilhos  🚇

O valor acompanha o reajuste dos ônibus urbanos da capital baiana,e equilibra a divisão de valores entre os dois sistemas na cobrança da tarifa única entre os dois modais.

Da Redação
foto - ilustração/arquivo
A partir desta sexta-feira,(06),passará a valer a nova tarifa do metrô,no valor de R$ 3,60.
O valor acompanha o reajuste dos ônibus urbanos da capital baiana,equilibra a divisão de valores entre os dois sistemas,garantindo a unificação tarifária (bilhete único) entre os dois modais de transporte público da cidade.

Confira como fica a interação:

Com informações da CCR Metrô Bahia  06/01/2016

Após massacres, OAB vai acionar Corte Interamericana de Direitos Humanos

Direitos Humanos  👤

De acordo com o presidente da OAB, Claudio Lamachia, o Estado brasileiro perdeu o controle das prisões, que encontram-se na mão do crime organizado. Segundo Lamachia, o objetivo da atuação na Corte Interamericana é obrigar o Estado a tomar providência para garantir a aplicação das leis e o Estado Democrático de Direito.

Felipe Pontes
Repórter da Agência Brasil

foto - ilustração
O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e seccionais do Amazonas e de Roraima informaram hoje (6) que vão acionar a Corte Interamericana de Direitos Humanos contra o Estado brasileiro, em decorrência dos massacres ocorridos em penitenciárias daqueles estados, nesta semana, quando ao menos 89 pessoas foram mortas em meio a rebeliões.
Nesta sexta-feira, 33 presos foram assassinados na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo (Pamc), em Boa Vista, a maior do estado de Roraima. O massacre ocorreu pouco depois de 56 presos terem sido mortos durante rebelião que durou 17 horas, no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus, entre os dias 1º e 2 de janeiro.
Para os governos do Amazonas e de Roraima, a guerra entre facções rivais foi a principal motivação para as mortes. O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, afirmou hoje (6) que diversos fatores contribuíram para as tragédias.
De acordo com o presidente da OAB, Claudio Lamachia, o Estado brasileiro perdeu o controle das prisões, que encontram-se na mão do crime organizado. Segundo Lamachia, o objetivo da atuação na Corte Interamericana é obrigar o Estado a tomar providência para garantir a aplicação das leis e o Estado Democrático de Direito.
“O que ocorreu no início desta semana, no estado do Amazonas, e o que ocorreu ontem, no estado de Roraima, é a demonstração mais clara, cabal e definitiva da total falência do Estado brasileiro na administração do sistema prisional”, afirmou Lamachia, em mensagem a jornalistas.
O Estado brasileiro já responde ao Sistema Interamericano de Direitos Humanos por violações nas unidades prisionais do Rio Grande do Sul (Presídio Central de Porto Alegre), Rondônia (Urso Branco), Pernambuco (Aníbal Bruno) e Maranhão (Pedrinhas), além de São Paulo (Parque São Lucas).
Fonte - Agência Brasil  06/01/2017

Mais duas 2 linhas metropolitanas passam a ser integradas ao Metrô de Salvador

Transportes/Integração  🚇 🚌

Segundo a Agerba, a mudança atende determinação do Governo do Estado para ampliar a integração das linhas rodoviárias metropolitanas com o sistema metroviário.

Da Redação
foto - ilustração
A partir de segunda-feira (9/1), por determinação da Agerba, mais duas linhas metropolitanas terão como final de linha o Terminal do Retiro, ao lado da estação de metrô. Segundo a Agerba, a mudança atende determinação do Governo do Estado para ampliar a integração das linhas rodoviárias metropolitanas com o sistema metroviário.
Os usuários das linhas 869I Simões Filho – Barra e 861 Mata de São João – Estação Aquidabã, que passavam pelo Terminal Retiro, devem ficar atentos. Os passageiros poderão realizar integração com as Linhas 1 e 2 do metrô.
O sistema integrado metropolitano possibilita ao usuário a utilização de dois modais pagando uma única tarifa, em intervalo de até três horas. Atualmente, 17 linhas metropolitanas fazem parte do sistema.

Como era:

• 869I Simões Filho – Barra
• 861 Mata de São João – Estação Aquidabã

Como vai ficar:

• 869I Simões Filho – Terminal Retiro
• 861 Mata de São João – Terminal Retiro
Com informações da CCR Metrô Bahia  05/01/2016

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Tarifa de ônibus no Rio só sobe com ar condicionado em 100% da frota

Tarifa de ônibus  🚌

A tarifa de ônibus no Rio de Janeiro só sofrerá reajuste após as operadores cumprirem contrato de climatização em 100% da frota.

Renato Lobo - Viatrolebus
foto - ilustração
A tarifa de ônibus no Rio de Janeiro só sofrerá reajuste após as operadores cumprirem contrato de climatização em 100% da frota. Quem diz isso é o novo secretário dos transportes e vice-prefeito, Fernando Mac Dowell, em entrevista a TV Globo.
“Eles [donos de empresas de ônibus] têm que cumprir o contrato. Estão pedindo aumento de tarifa. Não vou deixar, em hipótese nenhuma, enquanto não resolverem o problema do ar-condicionado … Não adianta ficar aumentando a tarifa porque a demanda cai. E cai a receita deles também”, afirmou Mac Dowell.
A prefeitura do Rio já havia perdido na justiça algumas vezes sobre a suspensão de cumprimento de troca da frota. O Ministério Público fixou cronograma de instalação dos equipamentos, sob pena de multa, caso não seja seguido.
Fonte - Viatrolebus  05/01/2017

Produção de veículos tem queda de 11,2%, diz Anfavea

Economia  🚗

A redução do ritmo nas fábricas acompanhou a retração do mercado, que registrou no acumulado do ano passado queda de 20,2% nas vendas. Ao longo de 2016, foram licenciados 2,05 milhões de veículos, enquanto em 2015 foram comercializadas 2,57 milhões de unidades

Daniel Mello
Repórter da Agência Brasil
foto - ilustração
A produção de veículos registrou queda de 11,2% em 2016 em comparação com 2017, segundo o balanço divulgado hoje (5) pela Associação Nacional de Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). De janeiro a dezembro, foram montadas 2,16 milhões de unidades contra 2,43 milhões no mesmo período de 2015.
A redução do ritmo nas fábricas acompanhou a retração do mercado, que registrou no acumulado do ano passado queda de 20,2% nas vendas. Ao longo de 2016, foram licenciados 2,05 milhões de veículos, enquanto em 2015 foram comercializadas 2,57 milhões de unidades.
Em dezembro, a queda nos licenciamentos ficou em 10,3% em relação ao mesmo mês de 2015, com a venda 204,3 mil veículos. O resultado é, no entanto, 14,7% superior ao de novembro de 2016, quando foram comercializadas 178,2 mil unidades.
Carros de passageiros têm recuo
As vendas de carros de passageiro tiveram no ano queda de 16,7% em relação a 2015, com o licenciamento de 1,48 milhão de unidades. Os caminhões tiveram retração de 30,6% na comercialização, com o emplacamento 48,7 mil unidades ao longo do ano passado.
As indústrias fecharam o ano com 9,29 mil vagas a menos do que em dezembro de 2015.
No final do ano passado, as montadoras empregavam 121,2 mil pessoas, uma redução de 7,1% em comparação com os 130,5 registrados no último mês de 2015.
Fonte - Agência Brasil  05/01/2017

Sistema Ferry-Boat opera normalmente nesta quinta (05) com 05 embarcações

Travessia Marítima  🚢

O sistema opera hoje com 05 embarcações Agenor Gordilho, Dorival Caymmi, Ivete Sangalo, Pinheiro e Zumbi dos Palmares,com intervalo de saídas de hora em hora.Horários extras podem ocorrer ocasionalmente caso haja um aumento na demanda durante o dia.

Da Redação
foto - ilustração/arquivo
O sistema Ferry-Boat,opera normalmente na manhã desta Quinta-feira (05) na travessia marítima entre Salvador e Itaparica,com fluxo tranquilo nos terminais de São Joaquim e Bom Despacho.O sistema opera hoje com 05 embarcações, Agenor Gordilho, Dorival Caymmi, Ivete Sangalo, Pinheiro e Zumbi dos Palmares,com intervalo de saídas de hora em hora.Horários extras podem ocorrer ocasionalmente caso haja um aumento na demanda durante o dia.Passagens para as viagens podem ser adquiridas nos terminais de embarque com pagamento efetuado através de cartões de crédito,de débito ou em dinheiro.
Para o serviço de Hora Marcada,exclusivo para condutores de veículos,os usuários poderão verificar a disponibilidade e reservar as passagens antecipadamente através do site da empresa ITS -portalsits.internacionaltravessias-,realizando o pagamento somente com cartões de credito ou débito.
Uma Central de Atendimento ao Cliente (CAC),funciona no Terminal São Joaquim de segunda a sexta,das 8h às 18h,e aos sábados,das 7h às 13h,para os usuários,contatos podem ser feitos através do Tel - 071 3032-0475 e  pelo cac@internacionaltravessias.com.br.
Com informações da ITS  05/01/2017

Preço do petróleo atinge maior valor em 18 meses

Economia  

Influenciado pelas expectativas de acordo entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e não membros para corte a produção, reduzindo a oferta global da commodity,os preços do petróleo atingiram o maior valor em 18 meses,nesta terça-feira (3)

Portogente
foto - ilustração/arquivo
Nesta terça-feira (3), os preços do petróleo atingiram o maior valor em 18 meses, influenciado pelas expectativas de acordo entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e não membros para corte a produção, reduzindo a oferta global da commodity.
No começo da manhã, o petróleo Brent avançava 2,22% a US$ 58,08 por barril, aumento de US$ 1,26. Já o petróleo dos Estados Unidos tinha aumento de 2,33%, ou US$ 1,25, a US$ 54,97 o barril.
O petróleo Brent chegou a alcançar US$ 58,37 e o norte-americano atingiu US$ 55,24 por barril, os maiores valores desde julho de 2015.
O acordo entre a Opep e outros exportadores, como a Rússia, pode reduzir a produção em cerca de 1,8 milhão de barris por dia (bpd). Em novembro, a Opep fechou um acordo para o corte da produção, o primeiro desde 2008.
A alta nos preços teve reflexo direto nas ações da Petrobrás, que subiram quase 5% nesta terça-feira.
Fonte - Portogente  05/01/2017

Novo prefeito suspende licitação do transporte público em Cuiabá para inclusão do VLT

Mobilidade  🚄🚃🚃

Na segunda-feira (2), logo que assumiu a Prefeitura, Emanuel Pinheiro anunciou 13 decretos que, segundo ele, visam a humanização da prestação de serviços e o equilíbrio fiscal.Uma das medidas adotadas,foi recusar a licitação de Mendes para o transporte público e suspender o certame.Conforme Pinheiro,a proposta da gestão anterior não incluía todos os meios de locomoção da Capital e deveria ser ampliada, com a inclusão de outros transportes públicos.

FolhaMax (Cuiabá) - RF
foto - ilustração/arquivo
O prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) irá refazer a licitação referente ao transporte público em Cuiabá, após determinar a suspensão do processo que havia sido iniciado na gestão de Mauro Mendes (PSB). Os estudos sobre o transporte coletivo serão reiniciados em razão de o anterior não ter abarcado itens como o Veículo Leve Sobre Trilho (VLT) e o projeto “Buscar”.
Desde o fim de 2015, a prefeitura de Cuiabá realizava estudos para fazer uma nova licitação no transporte público da Capital. Diversas etapas do processo foram concluídas, como audiências públicas realizadas em dezembro passado. Porém, a licitação não foi aberta até a conclusão do mandato de Mendes, em 31 de dezembro passado.
O processo licitatório ainda não estava concluído, porém logo que fosse completado, estaria autorizado para a publicação de edital. O item restringia-se aos ônibus que seriam colocados em circulação na Capital.
Na segunda-feira (2), logo que assumiu a Prefeitura, Emanuel Pinheiro anunciou 13 decretos que, segundo ele, visam a humanização da prestação de serviços e o equilíbrio fiscal, por meio do combate ao desperdício dos recursos municipais e redução de despesas.
Uma das medidas adotadas pelo novo prefeito foi recusar a licitação de Mendes para o transporte público e suspender o certame. Conforme Pinheiro, a proposta da gestão anterior não incluía todos os meios de locomoção da Capital e deveria ser ampliada, com a inclusão de outros transportes públicos.
“Este processo licitatório deve conter o VLT, o transporte alternativo, além do Projeto “Buscar”, criado pela administração Roberto França em que micro-ônibus adaptados levavam deficientes para consultas, fisioterapias, cirurgias, entre outros lugares. É papel nosso garantir essa ação social e vamos abraçá-la novamente”, destacou o prefeito.
No decreto, assinado em 2 de janeiro, o prefeito recém-empossado utiliza suas atribuições para determinar a suspensão, por até 120 dias, da licitação para o transporte público da Capital.
A Procuradoria Geral do Município e a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana deverão analisar o edital da gestão de Mendes e encaminhar um relatório com os resultados para a Prefeitura Municipal.
Em razão das inclusões de dois novos meios de transportes, a Prefeitura deve realizar um novo estudo, mais aprofundado, referente a cada um dos meios de locomoção. Novas audiências públicas também devem ser realizadas pelo prefeito.
Todo o processo será readequado e somente a partir de então poderão ter início as fases posteriores. Por conta das alterações feitas pela nova gestão, ainda não há prazo para que ocorra o processo de licitação do transporte público de Cuiabá.
Fonte - Revista Ferroviária  05/01/2017

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Trem de passageiros da Vale Vitória/Minas tem tarifas reajustadas

Transportes sobre trilhos  🚄

A Vale mantem atualmente em operação as duas únicas linhas de trens de passageiros de longo curso no país,a Vitória/Minas pela ferrovia EFVM,ligando os estados de Minas Gerais e Espirito Santo e a linha que liga São Luis-MA a Parauapebas-PA pela ferrovia EFC.

Da Redação
foto - ilustração/arquivo
Os passageiros que usam os serviços do Trem da Vale Vitoria/Minas pela ferrovia EFVM,já estão pagando as passagens com valores reajustados a partir do dia 03/01 (terça feira).
Segundo a Vale as viagens entre as estações Pedro Nolasco,em Cariacica, e de Belo Horizonte (MG), bem como o percurso inverso,passaram a custar R$ 73 na classe econômica e R$ 105 na classe executiva. Os valores praticados anteriormente eram de R$ 65 e R$ 100,respectivamente.
As informações sobre as novas tarifas para trechos intermediários já estão disponíveis pelo canal de atendimento gratuito Alô Ferrovias (0800 285 7000) e, também, no site do Trem de Passageiros.
A Vale informa que o reajuste de passagens do Trem de Passageiros da ferrovia Vitória a Minas é determinado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT),órgão que regulamenta o setor, e que contempla,ainda,outras modalidades de transporte terrestre.
A Vale mantem atualmente em operação as duas únicas linhas de trens de passageiros de longo curso no país,a Vitória/Minas pela ferrovia EFVM,ligando os estados de Minas Gerais e Espirito Santo e a linha que liga São Luis-MA a Parauapebas-PA pela ferrovia EFC.
O percurso completo percorrido pelo trem Vitória/Minas é de 664 quilômetros.As partidas de Cariacica no ES ocorrem todos os dias às 7h,com chegada previsa em BH às 20h10.No sentido contrário,um trem parte de BH às 7h30,completando o percusso da viagem às 20h30 no ES.
Com informações da Vale  04/01/2016

OAB processa governo do Amazonas e juíza dá 72 horas para defesa

Direitos humanos  👤

A ação civil pública foi aceita pela juíza federal Marília Gurgel R. de Paiva Sales, que deu 72 horas para que o governo do Amazonas apresente suas justificativas no processo.A OAB afirmou ter proposto a ação motivada “pela ausência de ações concretas na tomada de ações emergenciais quanto ao quadro penitenciário do Amazonas”.

Felipe Pontes
Repórter da Agência Brasil
foto - ilustração/Ag.Brasil - Divulgação
Secretaria de Administração Penitenciária do Amazonas
A seccional do Amazonas da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AM) entrou com uma ação judicial contra o estado, com o objetivo de exigir que o governado de José Melo de Oliveira tome medidas imediatas para garantir o cumprimento da Lei de Execuções Penais e dos Direitos Humanos.
A ação civil pública foi aceita pela juíza federal Marília Gurgel R. de Paiva Sales, que deu 72 horas para que o governo do Amazonas apresente suas justificativas no processo.
A OAB afirmou ter proposto a ação motivada “pela ausência de ações concretas na tomada de ações emergenciais quanto ao quadro penitenciário do Amazonas”. A entidade pede que seja concedida uma decisão liminar, de caráter provisório e imediato, para obrigar o estado a tomar medidas emergenciais.
Segundo Marco Aurélio Choy, presidente da seccional amazonense da OAB, a entidade “vem denunciando esse problema há muito tempo”. Mesmo assim, “o estado não tomou de forma concreta e efetiva medidas necessárias para a solução deste grave problema do sistema carcerário”, acrescentou o advogado.
O processo foi aberto após a morte de 56 presos em uma rebelião no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) entre os dias 1º e 2 de janeiro, no segundo maior massacre da história em um presídio brasileiro.
Outros 184 presos fugiram em meio ao motim, e até a noite de terça-feira (3), 56 haviam sido recapturados, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas.
Fonte - Agência Brasil  04/01/2017

Escolas estaduais da Bahia recebem R$ 3,5 mi de investimentos em mobiliário escolar

Educação  💺

Os conjuntos irão contemplar 176 escolas, nos 27 Territórios de Identidade. Os recursos são oriundos do Tesouro Estadual e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).A coordenadora de Suprimento Escolar da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, Eloá Prudente, explica que a renovação será nas unidades escolares que não receberam mobiliários nos últimos quatro anos e que a entrega do material segue até abril

Da Redação
foto - Manu Dias/GOVBA
Escolas da rede estadual recebem R$ 3.587.228 milhões de investimentos em mobiliário escolar, para a aquisição de 19 mil conjuntos de carteiras e cadeiras. Os conjuntos irão contemplar 176 escolas, nos 27 Territórios de Identidade. Os recursos são oriundos do Tesouro Estadual e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
A coordenadora de Suprimento Escolar da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, Eloá Prudente, explica que a renovação será nas unidades escolares que não receberam mobiliários nos últimos quatro anos e que a entrega do material segue até abril. Ela destaca que o conjunto adquirido tem qualidade do selo Inmetro, possui ergonomia e é indicado para usuário com estatura entre 1,59 m e 1,88m. “O nosso esforço é no sentido de promover um melhor aparelhamento das salas de aula, proporcionando aos estudantes da rede estadual mais conforto, segurança e saúde corporal e, consequentemente, um melhor desenvolvimento no seu processo de ensino e aprendizagem”, afirma Eloá Prudente.
A conservação do mobiliário, completa a gestora, é fundamental para que seja garantida a sua funcionalidade ao longo dos cinco anos, que é o prazo médio de duração. “Então, toda a comunidade escolar deve ter a consciência de que usar adequadamente o mobiliário significa cuidar do patrimônio escolar e, portanto, prezar pela Educação”.

Reaproveitamento
Na Escola Severino Vieira, os estudantes encontraram uma maneira criativa e sustentável para recuperar cadeiras que seriam descartadas, transformando-as em obras de arte. A iniciativa faz parte do projeto “Cadeira – espelho emocional do aluno”, no qual os estudantes traduzem suas emoções e ideias através da arte expressa nas diferentes composições de cores e imagens. As cadeiras estão expostas na Sala de Artes da unidade escolar.
Segundo a professora de Artes e idealizadora da iniciativa, Conceição Lima, o projeto foi criado com o objetivo de despertar nos estudantes o sentimento de pertencimento e valorização do patrimônio escolar. “Eu percebo que os estudantes têm uma relação emocional com as cadeiras, pois servem como suporte para colocarem seus pensamentos, desejos e sonhos em evidência. É uma forma deles deixarem suas marcas ao perceberem que são parte da construção da escola”, explica a educadora.
A estudante Vanessa Iara Lima, 14, do 9º ano, usou canudos para respigar tintas na sua cadeira chamada de “Cosmos”. “Eu quis passar um pouco do que estava sentindo no momento e me surpreendi com o resultado porque dá a impressão de estarmos vendo o universo”, comenta. Já Erik Monteiro de Almeida, 14, do 9°, trouxe a beleza do oceano para dentro da Sala de Artes ao usar diferentes tons de verde em sua cadeira. “Na minha pintura, eu retratei o mar e algumas algas marinhas. A professora Conceição foi uma influência muito boa para mim, porque aprendi a gostar de artes através dela”, revela o estudante.
Quem também está deixando um pouco de sua marca é Ludmila Pereira, 16, que acabou de passar para o 9° ano. “Na minha cadeira, que tem o tema da África, utilizei as cores amarelo e vermelho para destacar as figuras, como os triângulos. Eu não sabia que tinha toda essa criatividade e ver a cadeira finalizada me deixou feliz porque todos elogiaram”, declara orgulhosa com sua obra.

Descarte de móveis usados
O mobiliário escolar antigo deve ser descartado adequadamente, de acordo com as instruções da Secretaria da Educação. Cada escola que irá receber novos conjuntos deverá criar uma comissão de descarte de carteiras e cadeiras e sinalizar para o seu Núcleo Regional de Educação (NDE), para que a Secretaria publique no Diário Oficial. “Feito isso, a secretaria entrará em contato com as cooperativas de reciclagem cadastradas na Secretaria da Administração do Estado, que serão responsáveis pelo recolhimento do material, na unidade escolar”, explica Eloá Prudente.
Com informações da Secom Ba.  04/01/2017

China inicia o serviço de trem direto para Londres

Transportes sobre trilhos  🚅

Ao todo, o percurso tem 12 mil quilômetros, com início na cidade de Yiwu, na província de Zhejiang.Ao todo, o percurso tem 12 mil quilômetros, com início na cidade de Yiwu, na província de Zhejiang

Revista Amazônia
Trem de alta velocidade que liga Xangai e a província de
Kunming, em dezembro de 2016 - China Daily/Reuteres
A China começou esta semana um serviço de trem direto até Londres,com duração de 18 dias, segundo a agência de notícias oficial chinesa Xinhua. Ao todo, o percurso tem 12 mil quilômetros, com início na cidade de Yiwu, na província de Zhejiang
O Reino Unido tem buscado nos últimos anos estreitar os laços com a China, de maneira a se tornar a porta de entrada para o mundo ocidental. O ex-primeiro-ministro, David Cameron, propôs que Londres fosse o principal centro de negociação da moeda yuan. A atual premier, Theresa May, afirmou que a relação com a China permanece “dourada”, em busca de investimentos chineses especialmente no momento de saída da União Europeia.
Segundo o jornal britânico “Telegraph”, há 39 rotas na ferrovia atualmente, ligando 16 cidades chinesas a 12 europeias. O movimento é parte da estratégia do país asiático de reerguer uma antiga Rota da Seda, por onde circulavam riquezas entre a China e o Mediterrâneo. Na época do anúncio, em 2014, a expectativa era de investimento de US$ 40 bilhões.

Investimentos acima de US$ 100 bi
Os investimentos na construção de linhas férreas deve chegar a US$ 115 milhões este ano, de acordo com a agência de notícias Reuters, que cita a Xinhua, investimento no mesmo nível de 2015. Assim, será possível ampliar a rede para 150.000 quilômetros, um acréscimo de 2.100 quilômetros.
Nos últimos meses, o governo chinês acelerou a aprovação dos projetos de construção, inclusive os de ferrovias, para apoiar a atividade econômica.
Fonte - Revista Amazônia  04/01/2017

Custo da cesta básica cresce em todas as capitais em 2016

Economia  🍚

Na comparação entre novembro e dezembro, o valor da cesta diminuiu em 25 cidades. As quedas mais expressivas foram em Aracaju (-5,11%), Campo Grande (-4,16%) e São Luís (-4,13%). Apenas Manaus (0,22%) e Rio Branco (0,97%) registraram alta.

Fernanda Cruz
Repórter da Agência Brasil

foto - ilustração/arquivo
O custo da cesta básica aumentou nas 27 capitais brasileiras no acumulado de 2016, segundo pesquisa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). As maiores altas ocorreram em Rio Branco (23,63%), Maceió (20,69%) e Belém (16,70%). As menores variações foram em Recife (4,23%), Curitiba (4,61%) e São Paulo (4,96%).
Na comparação entre novembro e dezembro, o valor da cesta diminuiu em 25 cidades. As quedas mais expressivas foram em Aracaju (-5,11%), Campo Grande (-4,16%) e São Luís (-4,13%). Apenas Manaus (0,22%) e Rio Branco (0,97%) registraram alta.
O maior custo do conjunto de bens alimentícios básicos foi apurado em Porto Alegre (R$ 459,02), seguido de Florianópolis (R$ 453,80), Rio de Janeiro (443,75) e São Paulo (R$ 438,89). Os menores valores médios foram observados em Recife (R$ 347,96), Aracaju (R$ 349,68) e Natal (R$ 351,96).

Tipos de alimentos
Durante o ano passado, o preço médio do leite integral, feijão, arroz agulhinha, café em pó e manteiga aumentou em todas as capitais. Apresentaram queda o tomate (em 26 capitais) e a batata (em 10 capitais).
O preço do leite integral aumentou 37,97% em Salvador. A manteiga teve variações que oscilaram entre 27,15% em Rio Branco, e 63,53% em João Pessoa. O feijão preto também registrou alta de 72,97% em Florianópolis e 85% em Vitória. O feijão carioquinha teve altas expressivas em Maceió (133,48%), Rio Branco (125,30%) e Manaus (100,37%).
O tomate acumulou queda em todas as cidades, menos Rio Branco (7,71%). As retrações mais expressivas ocorreram em Campo Grande (-40,04%), Recife (-36,98%) e Brasília (-33,78%).
A batata teve o preço reduzido em 10 localidades. As taxas variaram entre -48,09% em Belo Horizonte e -19,86%, em São Paulo.
O Dieese estimou que o valor do salário mínimo necessário para suprir necessidades básicas de uma família de quatro pessoas deveria ser, em dezembro, R$ 3.856,23.
Em novembro, o mínimo necessário era de R$ 3.940,41. Em dezembro, o tempo médio de trabalho necessário para adquirir os produtos da cesta básica foi de 98 horas e 59 minutos. Em novembro, foi 100 horas e 56 minutos.
Fonte - Agência Brasil  04/01/2017

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Maranhão e Piauí registram tremor de magnitude 4,7 na escala Richter

Abalos Sísmicos  😞

O abalo durou cerca de 15 segundos. Prédios da capital maranhense foram evacuados, entre eles o Tribunal de Contas do Estado e a Secretaria de Estado da Fazenda. Não há registro de feridos.O Observatório de Sismologia da Universidade de São Paulo também identificou o tremor, mas registrou magnitude de 4.6 com epicentro no município de Belágua, no Maranhão.

Maiana Diniz
Repórter da Agência Brasil

imagem - ilustração/Google Maps
Um tremor de magnitude 4.7 na escala Richter foi registrado por volta das 9h45 desta terça-feira (3), a cerca de 30 km da cidade de Vargem Grande, no Maranhão, segundo o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (OBSIS). De acordo com o órgão, o epicentro do tremor foi entre os municípios de Vargem Grande e Belágua e os efeitos foram sentidos em diversos municípios do Maranhão e do Piauí, incluindo as capitais São Luiz e Teresina, locais onde esse tipo de evento é incomum.
O abalo durou cerca de 15 segundos. Prédios da capital maranhense foram evacuados, entre eles o Tribunal de Contas do Estado e a Secretaria de Estado da Fazenda. Não há registro de feridos.
O Observatório de Sismologia da Universidade de São Paulo também identificou o tremor, mas registrou magnitude de 4.6 com epicentro no município de Belágua, no Maranhão. Para a informação precisa do local do epicentro, a Rede Sismográfica Brasileira informa que é preciso fazer a triangulação de sismógrafos em diferentes localizações.
O sismólogo Juraci Carvalho, do OBSIS, esclareceu que é comum que tremores dessa magnitude sejam sentidos em um raio de até 300 km. Ele explicou a razão do tremor sentido hoje nesta região, em que não ocorrem muitos abalos - os tremores são mais comuns na parte leste da região Nordeste.
"Esse tremor é decorrência da ruptura de uma falha geológica. Os grandes terremotos acontecem nas bordas das placas tectônicas, quando estas se movem gerando tensão, mas dentro da placa também há tensões distribuídas em pontos fracos. Onde se tem falhas ativas, quando se excede forças, a falha se rompe, provocando temores como o que foi sentido hoje”, disse.
No Maranhão, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil foram mobilizados imediatamente. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi deslocada para o município de Belágua, local que o Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo identificou como epicentro do tremor.
“As primeiras informações são de inexistência de vítimas ou danos na cidade. O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil montaram sala de situação permanente para centralizar as informações e orienta a população a ter tranquilidade, pois os abalos registrados são de pequena magnitude.”, diz comunicado divulgado pelo governo do estado.

Piauí

No Piauí, o governador Wellington Dias reuniu-se pela manhã com o Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Secretaria de Meio Ambiente (Semar) e demais órgãos competentes para levantar informações e elaborar um plano de atuação. O Corpo de Bombeiros evacuou prédios públicos como medida de precaução.
A Defesa Civil do estado está orientando proprietários de prédios particulares para que requisitem uma vistoria de técnicos da Defesa Civil para garantir que as estruturas não foram abaladas.
Fonte - Agência Brasil  03/01/2017

Procon-SP aponta diferença de preço de mais de 450% para mesmo produto escolar

Economia  📓 📖

Segundo a Fundação Procon-SP, após comparação de 168 produtos escolares comuns entre a pesquisa deste ano e a feita no final de 2015, foi constatado em média, um acréscimo de quase 13% nos preços, enquanto o Índice de Preços ao Consumidor de São Paulo (IPC-S) da FIPE, referente ao período, registrou uma variação de 6,65%.

Flávia Albuquerque Silva
Repórter da Agência Brasil

foto - ilustração
Uma pesquisa sobre preços de material escolar feita pela Fundação Procon de São Paulo (Procon-SP) encontrou uma diferença de preço de 457,14% para o mesmo produto. No caso, um lápis preto, que custa R$ 0,35 em um estabelecimento e R$ 1,95 em outro. A pesquisa, feita entre os dias 6 e 8 de dezembro passado, abrangeu 214 itens, em 10 lojas de todas as regiões da capital paulista.
Segundo a Fundação Procon-SP, após comparação de 168 produtos escolares comuns entre a pesquisa deste ano e a feita no final de 2015, foi constatado em média, um acréscimo de quase 13% nos preços, enquanto o Índice de Preços ao Consumidor de São Paulo (IPC-S) da FIPE, referente ao período, registrou uma variação de 6,65%.
“O Procon-SP orienta que, antes de ir às compras, se verifique quais dos produtos da lista o consumidor já possui em casa e se estão em condição de uso. Promover a troca de livros didáticos entre alunos que cursam séries diferentes também garante economia e reaproveitamento de recursos”, diz a entidade.
Ainda de acordo com o Procon, na lista de material as escolas não podem exigir a aquisição de itens de uso coletivo, higiene pessoal e materiais de escritório, de higiene ou limpeza.
Fonte - Agência Brasil  03/01/2017

'Eclipse do século' e outros eventos astronômicos em 2017

Astronomia  🌓

'Eclipse do século' e outros eventos astronômicos que você não pode perder em 2017. - Em 2017 se espera um grande número de acontecimentos astronômicos, entre os quais se destacam dois eclipses solares, dois da Lua, uma Superlua e até mesmo dez chuvas de estrelas.

Sputnik
Sputnik
Eclipses solares - De acordo com a BBC, o primeiro eclipse solar pode ser observado em 26 de fevereiro de 2017. Prevê-se que no decurso deste evento astronômico a Lua cobrirá parcialmente o Sol.
Este eclipse poderá ser visto pelos habitantes da região argentina de Comodoro Rivadavia e os da cidade chilena de Puerto Aysén. Nas cidades latino-americanas de Buenos Aires, Santiago do Chile e Montevidéu, o fenômeno será visível em 60%.
No entanto, o eclipse do século do astro-rei terá lugar sobre a América do Norte em 21 de agosto de 2017. Este evento astronômico, o que não ocorreu nos últimos 70 anos, vai durar apenas cerca de 160 segundos. A escuridão quase total poderá ser observada por residentes dos estados de Ohio, Kentucky e Virgínia Ocidental, enquanto que em algumas cidades mexicanas pode ser vista em 60%. Eclipses lunares No dia 7 de agosto também podemos nos tornar testemunhas de um eclipse parcial da Lua, enquanto que em 11 de setembro, o satélite da Terra ficará exatamente na frente do Sol. Considera-se que 2016 foi o ano das Superluas e que 2017 não será bom para este fenômeno, uma vez que durante todo o ano poderemos contemplar apenas uma Superlua, que ocorrerá em 3 de dezembro. Mais chances para pedir desejos Pedir um desejo quando vemos uma estrela caindo é uma superstição bastante espalhada, e parece que este ano vai nos dar muitas oportunidades de nossos sonhos mais secretos serem realizados. De acordo com as previsões dos astrônomos, em 2017 seremos testemunhas de pelo menos 10 chuvas de meteoros, cujos nomes derivam dos nomes de suas respectivas constelações.
Apresentamos as cinco chuvas de estrelas mais destacadas do ano. As quadrântidas são uma chuva de meteoros de alta atividade que pode ocorrer a cada ano entre 1 e 5 de janeiro. Desta vez, as quadrântidas, assim chamadas pela antiga constelação Quadrans Muralis, podem ser observadas na Terra em 3 de janeiro. As Líridas são uma chuva de meteoros de atividade moderada, que tomaram o nome da constelação de Lira. Este evento astronômico pode ser visto na noite de 22 de abril.
As Eta de Aquariadas, chuvas de estrelas associadas com o cometa Halley, se deixarão ver em 4 de maio de 2017. O seu nome deriva da constelação de Aquário. Em 27 de julho, poderemos observar a chuva de meteoros Delta Aquariadas. Mas, por agora, sua origem é desconhecida, os cientistas da NASA afirmam que os meteoros podem proceder do cometa 96P/Machholz. No dia 12 de agosto aparecerá no céu a chuva de meteoros de alta velocidade na direção da constelação de Perseus, também conhecida como Perseidas.
Fonte - Sputnik  03/01/2017

Osba (Orquetra Sinfônica da Bahia) realiza ensaios abertos ao público em janeiro

Arte&Cultura  🎶

 A maior parte dos encontros ocorrerá na própria Sala de Ensaios da orquestra, localizada no Piso C do Teatro Castro Alves (TCA), na Praça Dois de Julho, Campo Grande, em Salvador.

Da Redação
foto -  Mauricio Serra
Os fãs, admiradores, músicos e estudantes vão conhecer a rotina da Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) com os ensaios abertos realizados neste mês de janeiro. A maior parte dos encontros ocorrerá na própria Sala de Ensaios da orquestra, localizada no Piso C do Teatro Castro Alves (TCA), na Praça Dois de Julho, Campo Grande, em Salvador.
A Osba é um corpo artístico do TCA, mantido pela Secretaria de Cultura do Estado (Secult), por meio da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb). O atual curador artístico da orquestra é o maestro Carlos Prazeres.

Programação dos ensaios abertos:


3 de janeiro
Onde: Sala de Ensaios da OSBA no Piso C, Ala B
Horário: 10h às 13h

3 de janeiro
Onde: Sala de Ensaios da OSBA no Piso C, Ala B e Salas de Naipe no Piso B, Ala B
Horário: 19h às 21h

4 de janeiro
Onde: Sala de Ensaios da OSBA no Piso C, Ala B
Horário: 10h às 13h

4 de janeiro
Onde: Sala de Ensaios da OSBA no Piso C, Ala B e Salas de Naipe no Piso B, Ala B
Horário: 19h às 21h

5 de janeiro
Onde: Sala de Ensaios da OSBA no Piso C, Ala B e Salas de Naipe no Piso B, Ala B
Horário: 10h às 13h

5 de janeiro
Onde: Sala de Ensaios da OSBA no Piso C, Ala B e Salas de Naipe no Piso B, Ala B
Horário: 19h às 21h

6 de janeiro
Onde: Sala de Ensaios da OSBA no Piso C, Ala B e Salas de Naipe no Piso B, Ala B
Horário: 10h às 13h

7 de janeiro
Onde: Igreja Santo Antônio da Barra
Horário: 15h
Com informações da Secom Ba.  02/01/2017

Paraguai e Bolívia estudam criação de ferrovia para transporte interoceânico

Ferrovias  🚉

A interconexão serviria para inserir o Paraguai na rota ferroviária rumo ao Oceano Pacífico através do Peru, e a Bolívia na rota do Atlântico pela hidrovia Paraguai-Paraná.Morales declarou aos jornalistas, após reunir-se com Cartes, que este projeto, que também contaria com a participação de Brasil e Peru, "será o canal do Panamá do século XXI". 

EFE
foto - ilustração
Os presidentes do Paraguai, Horacio Cartes, e da Bolívia, Evo Morales, assinaram nesta segunda-feira em Assunção um memorando de entendimento para realizar estudos que possibilitem a interconexão ferroviária entre os dois países, através da cidade boliviana de Roboré e da paraguaia de Carmelo Peralta.
A interconexão serviria para inserir o Paraguai na rota ferroviária rumo ao Oceano Pacífico através do Peru, e a Bolívia na rota do Atlântico pela hidrovia Paraguai-Paraná.
Morales declarou aos jornalistas, após reunir-se com Cartes, que este projeto, que também contaria com a participação de Brasil e Peru, "será o canal do Panamá do século XXI".
O presidente boliviano também destacou que seriam investidos "bilhões de dólares para esta integração", que daria ao Paraguai e à Bolívia, ambos sem litoral, a necessária saída ao mar para suas exportações.
Por sua vez, o ministro de Obras Públicas do Paraguai, Ramón Jiménez Gaona, afirmou, após a assinatura do memorando entre os dois presidentes, que para seu país essa linha ferroviária permitiria "encurtar o trânsito rumo à região Ásia-Pacífico".
"Estamos falando de um trecho de 500 quilômetros aproximadamente (...) nos permitirá chegar ao Oceano Pacífico e, possivelmente ao Porto de Ilo do Peru, já que este país também faz parte deste acordo que acabamos de assinar previamente com a Bolívia", ressaltou o ministro paraguaio um comunicado.
Segundo Gaona, para a Bolívia essa interconexão "significa a possibilidade de sair ao Atlântico com seus produtos de maneira competitiva, poder colocá-los sobre o rio Paraguai com a vantagem que contamos com a terceira maior frota de barcas e rebocadores do mundo".
"É uma situação na qual ganhamos todos e fortalecemos os laços comerciais e os interesses comuns com a Bolívia", acrescentou Jiménez Gaona.
O investimento e os prazos do projeto ainda serão determinados após a realização dos estudos, já que por um lado estaria a ferrovia do Paraguai à Bolívia, e por outro o trecho Bolívia-Peru, de 370 quilômetros, razão pela qual o investimento será "um esforço conjunto entre os três países", acrescentou.
Os dois chefes de Estado voltaram a reunir-se hoje em Assunção após a chegada no domingo de Morales à capital paraguaia, onde assistiu à largada simbólica do Rali Dacar 2017.
Fonte - Abifer  02/01/2017

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Trecho da Av.Paralela é interditado para montagem de pré-lajes de novo viaduto

Obras do Metrô  🚇

O bloqueio será colocado pouco antes da via de acesso ao Vale dos Lagos (Estrada da Muriçoca), desviando o tráfego para a via marginal.

Da Redação
ilustração/Google Maps 
A CCR Metrô Bahia e o Consórcio Mobilidade Bahia informam que, para colocação das pré-lajes de novo viaduto de retorno da Ferreira Costa, realizarão a interdição de trecho da Av. Paralela (sentido Centro) nas madrugadas de 4 a 10 de janeiro, sempre das 0h às 5h. O bloqueio será colocado pouco antes da via de acesso ao Vale dos Lagos (Estrada da Muriçoca), desviando o tráfego para a via marginal.
A nova estrutura possibilitará o retorno no sentido Centro/Aeroporto com maior segurança, tendo como ponto de partida e chegada a pista de menor velocidade da avenida.
Com informações da CCR Metrô Bahia  02/01/2017

Excesso de velocidade foi responsável por 79% das multas nas estradas baianas em 2016

Trânsito  🚗

Na comparação com os dois últimos anos, houve uma redução de aproximadamente 25% no número de acidentes registrados. O levantamento identificou uma redução de 1.682 ocorrências. Pelo terceiro ano consecutivo, a imprudência lidera o ranking das estatísticas. Em 2016 foi o que causou 81,4% dos acidentes nas rodovias estaduais.

Da Redação
foto -  Ulgo Oliveira/Seinfra
O excesso de velocidade foi responsável por 79% das multas emitidas nas estradas baianas em 2016, de acordo com levantamento realizado pela Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra). No ano anterior, a maior causa da aplicação de multas foi a falta de documentação dos condutores.
Na comparação com os dois últimos anos, houve uma redução de aproximadamente 25% no número de acidentes registrados. O levantamento identificou uma redução de 1.682 ocorrências. Pelo terceiro ano consecutivo, a imprudência lidera o ranking das estatísticas. Em 2016 foi o que causou 81,4% dos acidentes nas rodovias estaduais.
“Entre as infrações mais cometidas estão: excesso de velocidade, desobediência à sinalização, ultrapassagens em locais proibidos e ingestão de álcool. Problemas nas estradas respondem a 3,9% das ocorrências”, explica o diretor de Operação e Tráfego da Superintendência de Infraestrutura de Transporte (SIT), Anselmo Calixto.
Segundo o capitão Jorge Lopes, do Batalhão de Policia Rodoviária da Polícia Militar da Bahia, o condutor ainda não pratica a direção preventiva. “O motorista aproveita a estrada para testar a velocidade do veículo. Mesmo com as campanhas educativas, eles ainda não se sensibilizaram para as práticas que causam acidentes de trânsito”, afirma o especialista.
As vias com maior índice de acidentes são as da região Sul, Extremo Sul e Litoral Norte, locais que dão acesso às praias. De janeiro de 2014 até dezembro de 2016, o ranking foi liderado pela BA-099 (Estrada do Coco) com 12,7% dos casos, seguida pela BA-001, que corta o litoral sul da Bahia, com 8,8%, e em terceiro lugar a BA-522, região do Recôncavo Baiano, com 4,8% dos registros.

Fiscalização
Em setembro de 2016 foi assinado um Termo de Cooperação Técnica, onde a Seinfra e entidades governamentais se comprometeram a reduzir em pelo menos 30% do índice de mortes nas estradas baianas até 2020. A Seinfra tem investido na melhoria da pavimentação e sinalização das rodovias, além de ampliar a fiscalização e ações educativas no estado.
A Seinfra é responsável por 18.754 quilômetros de estradas estaduais e tem o papel de construir, realizar manutenções e fiscalizar 308 rodovias baianas. As BR’s que cortam a Bahia são de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). As BR’s 116 e 324 estão sob concessão da Via Bahia, incluído também a BA-526 (Base naval de Aratu – Simões Filho).
Com informações da Secom Ba. 02/01/2017

Passageiros lotam trem em João Pessoa no primeiro dia útil de 2017

Transportes sobre trilhos  🚉

Nesse período, a CBTU João Pessoa, tem registrado a chegada de novos passageiros no sistema. Eles vêm para realizar uma viagem agradável, segura e econômica. O trem de João Pessoa transporta muita gente com destino às praias do litoral Norte

CBTU
CBTU
Verão, férias, sol, mar e VLT. Foi com essa receita de diversão que muitos paraibanos decidiram aproveitar o primeiro dia útil de 2017 e causou uma grande demanda de pessoas a procura do trem. Em todas as estações o volume de usuários superou as expectativas e não deu outra: trens superlotados. Durante a manhã o que se viu foi muita gente na plataforma e a esperança de se bater o recorde de passageiros transportados, que no ano passado foi de 7,5 mil por dia, em média.
Nesse período, a CBTU João Pessoa, tem registrado a chegada de novos passageiros no sistema. Eles vêm para realizar uma viagem agradável, segura e econômica. O trem de João Pessoa transporta muita gente com destino às praias do litoral Norte, a exemplo das famosas Intermares, Jacaré, Poço, Camboinha e Formosa, em Cabedelo; Costinha, Fagundes, praia de Campina e Pontinha, em Lucena e Forte Velho, em Santa Rita.
“Viajar de trem é muito legal, até porque agora com esses VLTs o passeio ficou mais agradável”, desabafa a aposentada Loreta Campos, da cidade de Santa Rita. “Os trens hoje estão mais modernos e confortáveis, deveriam entrar dentro da capital porque os ônibus estão ultrapassados e são extremamente quentes”, afirma o comerciário Juliano de Albuquerque, que reside no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.
Com informações da CBTU  02/01/2017

Sobe o preço da tarifa de ônibus em Salvador. - E o serviço em que melhorou?!

Transportes 🚌

Salvador tem novo aumento da tarifa  de transportes por ônibus a partir desta segunda feira,passando de R$3,30 para R$3,60.Mais onde ficaram as promessas da renovação da frota com ônibus modernos,confortáveis e climatizados?....perderam-se pelo tempo e pelo caminho do esquecimento

Da redação
foto - ilustração/arquivo
A prefeitura de Salvador divulgou no final do 1º dia do novo ano,o valor da tarifa do transporte público por ônibus da cidade,que passou de R$3,30 para R$3,60 e começou a vigorar nesta segunda (02).Segundo a prefeitura o aumento foi baseado no IPCA ( Índce de Preços ao Consumidor Amplo) com base na inflação oficial de 2016 estimada em 6,5% e passa a valer a partir desta segunda (01).
Os usuários do sistema de transportes por ônibus de Salvador, passam agora a pagar mais R$0,30 pela passagem durante os seus deslocamentos na cidade para as suas diversas atividades cotidianas.
Mais o que mudou afinal desde quando a prefeitura conclui a licitação  do sistema de transportes por ônibus de Salvador?.....Como ficaram as promessas feitas e veementemente reiteradas na época (antes da licitação do transporte) pelo ex Sec.de transportes da prefeitura e atual Dep.J.C.Aleluia,da renovação da frota com ônibus modernos e climatizados?....Apenas uma parte da frota foi renovada com ônibus comuns e os mais rústicos do mercado.

ônibus -  climatizados/São Luis MA
Pregopontocom
Enquanto diversas capitais do Nordeste estão renovando as suas frotas com ônibus climatizados,com São Luis MA (ônibus com 03 portas largas e suspensão a ar),Fortaleza CE (já atingindo cerca de 400 ônibus climatizados na frota),Teresina PI e Recife PE e Belém PA,Salvador continua com uma boa parte da frota envelhecida precária e obsoleta.A passagem mais cara da cidade de São Luis,para as distâncias mais longas,é de R$2,90,valida para toda  frota inclusive a climatizada.São Luis é uma cidade ainda muito horizontalizada com grandes distâncias a serem cobertas pelo sistema de transportes por ônibus local. 
Salvador tem uma frota de ônibus que se tornou inferior em qualidade e conforto em ralação a frota de ônibus existente a muitos anos atrás,quando aqui já tivemos um grande frota de ônibus com motores traseiros,com suspensão pneumáticas,ônibus Padron,ônibus articulados e até articulados com motor central,suspensão pneumática e câmbio automático.
O sistema de transportes por ônibus de Salvador é como uma balança descompensada,sobe a tarifa e cai a qualidade do serviço,a cada ano que passa.Enquanto isso a população,se acumula nos pontos e terminais,e sacoleja nas latas velhas desconfortáveis e calorentas disponíveis na cidade.
Pregopontocom  02/01/2017


ônibus  - climatizados/São Luis MA
Pregopontocom
ônibus - climatizados/São Luis Ma
agenciasãoluis

Cuba bate recorde de turistas em 2016, com 4 milhões de visitantes

Turismo  ✈

O Ministério do Turismo informou que a ilha alcançou na última sexta-feira (30) os 4 milhões de turistas, "um novo recorde para visitantes internacionais". O número "representa alta de 6% em relação ao previsto para o ano e um crescimento de 13% em comparação com 2015", segundo comunicado publicado no jornal oficial Granma.

Da Rádio França Internacional*
foto - ilustração/arquivo
Cuba alcançou o recorde de 4 milhões de turistas em 2016, um avanço de 13% em relação ao ano anterior. O aumento do número de visitantes dos Estados Unidos e da Europa é um dos principais responsáveis por essa estatística.
O Ministério do Turismo informou que a ilha alcançou na última sexta-feira (30) os 4 milhões de turistas, "um novo recorde para visitantes internacionais". O número "representa alta de 6% em relação ao previsto para o ano e um crescimento de 13% em comparação com 2015", segundo comunicado publicado no jornal oficial Granma.
Com a reaproximação histórica com os Estados Unidos, os americanos foram, durante o primeiro semestre deste ano, o terceiro grupo mais numeroso por país a visitar a ilha, superados somente por canadenses e cubanos radicados no exterior. Embora para os moradores dos Estados Unidos ainda esteja em vigor a proibição de turismo em Cuba, o presidente em fim de mandato, Barack Obama, flexibilizou as restrições de viagens à ilha com fins educacionais, culturais, esportivos e religiosos.
Um total de 136.913 americanos chegaram a Cuba entre janeiro e julho, 79,7% a mais do que no primeiro semestre de 2015, de acordo com o Departamento Nacional de Estatísticas. Outras fontes importantes de turistas para Cuba são a Alemanha, França, Itália, Grã-Bretanha e Espanha.
As autoridades cubanas consideram que o número de visitantes dos Estados Unidos e de cubanos que vivem naquele país pode crescer ainda mais depois que os dois países abriram em agosto voos regulares, após meio século. Os cruzeiros também já haviam sido reativados.
O turismo, com US$ 2,8 bilhões, é a segunda fonte de receitas de Cuba, depois da venda de serviços profissionais, especialmente médicos.
Após meio século de ruptura e confronto político, Cuba e os Estados Unidos restabeleceram relações diplomáticas em julho de 2015, mas Washington mantém em vigor o embargo comercial imposto à ilha em 1962.
*Com informações da AFP
Fonte - Agência Brasil  02/01/2017

Movimento de retorno a Salvador pelo sistema Ferry-Boat é intenso nesta segunda (02)

Travessia marítima  🚢

O sistema esta operando nesta segunda (02) com seis (06) embarcações,Agenor Gordilho, Dorival Caymmi, Anna Nery, Ivete Sangalo, Pinheiro e Zumbi dos Palmares,com saídas com intervalos de hora em hora.

Da Redação
foto - ilustração/arquivo
O sistema Ferry-Boat registra nesta segunda (02) um movimento intenso para veículos e passageiros no terminal de Bom Despacho na ilha de Itaparica,e movimento tranquilo no terminal de São Joaquim em Salvador.
O sistema esta operando com seis (06) embarcações,Agenor Gordilho, Dorival Caymmi, Anna Nery, Ivete Sangalo, Pinheiro e Zumbi dos Palmares,com saídas com intervalos de hora em hora.
A maior intensidade no fluxo embarque de passageiros e veículos no terminal de Bom Despacho,deve-se ao fato do retorno do grande numero de pessoas que viajaram para passar as festas de fim de ano fora de Salvador.
O sistema de Hora Marcada,exclusivo para condutores de veículos,pode ser consultado através do site -portalsits.internacionaltravessias.- para verificação de vagas ainda existentes.O pagamento para este tipo de serviço deve ser feito com cartões de débito ou crédito,as demais passagens para veículos e passageiros podem ser adquiridas nos terminais de embarque de São Joaquim e Bom Despacho.
Uma Central de Atendimento ao Cliente (CAC),localizada no Terminal São Joaquim,funciona de segunda a sexta,das 8h às 18h, e aos sábados, das 7h às 13h,contatos pelo Tel 071 3032-0475 e pelo cac@internacionaltravessias.com.br.
Com informações da ITS  02/01/2017

domingo, 1 de janeiro de 2017

Sihs obtém R$ 2,8 mi para recuperar nascentes na RMS

Infraestrutura Hídrica  🌊

Recuperar a vegetação nativa no entorno das nascentes e das áreas marginais dos rios, contribuintes diretos dos reservatórios responsáveis pelo abastecimento de água da Região Metropolitana de Salvador, com o propósito de ampliar a oferta de água para essa região, tida como de alta criticidade hídrica, é o objetivo maior do Governo do Estado

Da Redação
foto - ilustração Rio Paraguassú /nascente
barradaestiva
Um total de 2,83 milhões foi liberado pelo Fundo Nacional do Meio Ambiente (FNMA) para a Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (Sihs), por meio da diretoria de Revitalização de Bacias, para a recuperação de florestas que margeiam nascentes nas bacias dos rios Paraguaçu, Subaé e Pojuca, áreas de preservação permanentes (APPs) na Região Metropolitana de Salvador (RMS), que contribuem para o abastecimento de água de cerca de 4 milhões de habitantes.
“Recuperar a vegetação nativa no entorno das nascentes e das áreas marginais dos rios, contribuintes diretos dos reservatórios responsáveis pelo abastecimento de água da Região Metropolitana de Salvador, com o propósito de ampliar a oferta de água para essa região, tida como de alta criticidade hídrica, é o objetivo maior do Governo do Estado”, destaca o secretário de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto. Ele acrescenta que somente a bacia do rio Paraguaçu, uma das beneficiadas pelo projeto, com 614 quilômetros de extensão, responde por cerca de 60% do total do abastecimento de água na Grande Salvador, o que corresponde a 2,3 milhões de baianos em 86 municípios.
A Sihs implementará ainda um plano para o pagamento por serviços ambientais, no modelo Produtores de Água, que envolverá a população local na recuperação dos mananciais, gerando emprego e renda. “Afinal, além das nascentes e das áreas que margeiam os corpos d´água, o projeto contribui também para preservar a estabilidade geológica, a biodiversidade, o fluxo gênico de fauna e flora, proteger o solo, manter e ampliar a beleza cênica das paisagens”, complementa o titular da Sihs. Os resultados práticos do projeto serão monitorados pela Agência Nacional de Águas (ANA).
Os recursos são resultado da parceria com o Fundo Clima, o Fundo Nacional de Desenvolvimento Florestal, o Fundo Socioambiental Caixa, o Fundo de Defesa dos Direitos Difusos/Ministério da Justiça e a Agência Nacional de Águas. Em junho, foi assinado ainda acordo de cooperação financeira entre a Embasa e a Caixa Econômica Federal, com interveniência da Sihs, no valor de R$ 3,2 milhões, para a reabilitação florestal de áreas de preservação permanente (APPs) e nascentes dos rios Joanes e Jacuípe.
Com informações da Secom Ba.  01/01/2017  

Euro completa 15 anos em circulação em meio a contestações

Internacional

Hoje adotada por 19 dos 28 países do bloco, a moeda vive talvez seu momento mais delicado, com a dificuldade da UE em retomar o vigor econômico e o avanço de forças populistas que pedem o retorno às moedas nacionais.

Da Ansa Brasil
Arquivo/Agência Brasil
O primeiro dia de 2017 marca o aniversário de 15 anos da entrada em circulação do euro, moeda criada pela União Europeia (UE) para integrar a economia de seus Estados-membros.
Hoje adotada por 19 dos 28 países do bloco, a moeda vive talvez seu momento mais delicado, com a dificuldade da UE em retomar o vigor econômico e o avanço de forças populistas que pedem o retorno às moedas nacionais.
É o caso da Itália, onde seu maior partido de oposição, o antissistema Movimento 5 Estrelas (M5S), tem como proposta a realização de um plebiscito para a saída do país da zona do euro, voltando à lira. Desde que a moeda europeia foi implantada, os italianos viram o aumento dos preços de diversos produtos e serviços, como café, contas de luz e gás, gasolina, cinema, aspirina e até do Big Mac. As informações são da Agência Ansa
No entanto, outros bens ficaram mais baratos para os cidadãos, como telefones e máquinas fotográficas. Ainda assim, pessoas descontentes com os rumos da economia da Itália apontam o euro como principal motivo para a redução de seu poder de compra, agravada pela crise financeira iniciada em 2008 - da qual o país ainda patina para sair.
A divisa europeia foi introduzida em 1º de janeiro de 1999, mas durante três anos funcionou apenas virtualmente, ou seja, nas operações que não envolviam notas ou moedas e para fins de contabilidade. No início de 2002, o euro passou a circular sob a forma de cédula e desde então vem se expandindo dentro do bloco.
O último país a adotar a moeda comum foi a Lituânia, em 1º de janeiro de 2015, e até o momento nenhuma nação deixou de usá-la. Quem mais se aproximou disso foi a Grécia, que estava à beira de dar um calote em credores internacionais e recebeu um novo pacote de ajuda da UE.
Fonte - Agência Brasil  01/01/2017