segunda-feira, 10 de julho de 2017

Por causa da violência, turismo no Rio perde R$ 320 milhões em 4 meses

Economia  🚢

De acordo com estimativa da CNC, para cada aumento de 10% na criminalidade, a receita bruta das empresas que compõem a atividade turística do estado recua, em média, 1,8%. Essa perda equivale ao faturamento de 4,5 dias do turismo local. Entre as atividades que mais perderam estão os bares e restaurantes (R$ 167,2 milhões), transportes, agências de viagens e locadoras de veículos (R$ 105,5 milhões). Os hotéis, pousadas e similares perderam R$ 47,8 milhões) e as atividades culturais e de lazer, R$ 7,2 milhões.

Vitor Abdala
Repórter da Agência Brasil

divulgação/Ag.Brasil
O turismo no estado do Rio de Janeiro perdeu R$ 320 milhões em receitas nos quatro primeiros meses deste ano, devido à criminalidade. O dado faz parte de um estudo divulgado hoje (10) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).
De acordo com estimativa da CNC, para cada aumento de 10% na criminalidade, a receita bruta das empresas que compõem a atividade turística do estado recua, em média, 1,8%. Essa perda equivale ao faturamento de 4,5 dias do turismo local. Entre as atividades que mais perderam estão os bares e restaurantes (R$ 167,2 milhões), transportes, agências de viagens e locadoras de veículos (R$ 105,5 milhões). Os hotéis, pousadas e similares perderam R$ 47,8 milhões) e as atividades culturais e de lazer, R$ 7,2 milhões.

Outras perdas

Segundo a CNC, outros R$ 390 milhões foram perdidos devido ao desemprego, o aumento dos gastos dos brasileiros com viagens ao exterior, a escassez de crédito e a alta base comparativa com a geração de receitas provocadas pelos Jogos Olímpicos de 2016
Na comparação com janeiro a abril de 2016, a queda das receitas do setor chegou a 7,9%, ou seja, R$ 768,5 milhões no total.
Fonte - Agência  Brasil  10/07/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"