quarta-feira, 12 de julho de 2017

Metrô de Fortaleza inicia venda de passagens em cartões recarregáveis

Transportes sobre trilhos  🚇

Agora, usuários que compram duas ou mais passagens ficam de posse do cartão recarregável – que não é recolhido pela catraca. Caso o usuário solicite apenas uma passagem, receberá o cartão para apenas um embarque, e que será recolhido ao passar na catraca em qualquer das 19 estações.Nos cartões recarregáveis, será debitado o valor de uma passagem inteira (R$ 3,20) a cada vez que o passageiro utilizar o metrô, até o consumo total do saldo.

Metrofor
divulgação/Metrofor
Usuários da Linha Sul do Metrô de Fortaleza já podem utilizar o cartão do Metrofor para fazer recargas em passagens, de qualquer valor. Essa medida representa economia de tempo para os passageiros, não sendo necessário ir à bilheteria todas as vezes que utilizar o serviço. Os cartões recarregáveis entraram em circulação na última segunda-feira (10/7). Até então, eram distribuídos cartões carregados com passagem única, sem possibilidade de recarga, recolhidos pela catraca eletrônica após liberação do embarque.
Agora, usuários que compram duas ou mais passagens ficam de posse do cartão recarregável – que não é recolhido pela catraca. Caso o usuário solicite apenas uma passagem, receberá o cartão para apenas um embarque, e que será recolhido ao passar na catraca em qualquer das 19 estações.
A implantação do sistema de bilhetagem eletrônica é um investimento do Governo do Ceará, por meio da Secretaria da Infraestrutura e Cia Cearense de Transportes Metropolitanos, realizado para substituir os bilhetes de papel por cartões eletrônicos, através de uma tecnologia que garante mais rapidez e conforto para os usuários.

Funcionamento
O cartão do Metrofor é distribuído gratuitamente aos passageiros. Para adquirir, é necessário ir à bilheteria e comprar duas ou mais passagens, ou solicitar qualquer valor em recarga, acima de R$ 3,20. O passageiro paga apenas o valor das passagens ou o valor solicitado em recarga.
Nos cartões recarregáveis, será debitado o valor de uma passagem inteira (R$ 3,20) a cada vez que o passageiro utilizar o metrô, até o consumo total do saldo. Restando crédito menor que R$ 3,20, será necessário uma nova recarga - com valor mínimo para completar uma passagem inteira – para voltar a utilizar o cartão. Para a realização de recargas, é obrigatória a apresentação do cartão na bilheteria. Todos os valores inseridos como crédito tem validade de 6 meses.
No momento, o sistema de bilhetagem eletrônico ainda opera parcialmente – já que as passagens eletrônicas estão disponíveis apenas para pagantes de passagem inteira. Ajustes técnicos estão sendo finalizados para que, em seguida, o cartão do Metrofor seja liberado para idosos (gratuidade), e estudantes (meia passagem). Temporariamente, estas categorias de passagens continuam utilizando os bilhetes de papel.

Saiba mais
O início da circulação dos cartões recarregáveis se deve à conclusão da instalação dos equipamentos de bilhetagem eletrônica em todas as estações; e à finalização dos sistemas de energia dos mesmos, garantindo seu funcionamento em eventuais quedas de eletricidade. As estações São Benedito, Porangabussu, Manoel Sátiro, Esperança e Alto Alegre foram as últimas a entrarem no sistema, e passaram a operar com bilhetagem eletrônica na semana passada. Com isso, as passagens compradas no cartão do Metrofor podem ser utilizadas em qualquer das 19 estações.
Com informações da Metrofor  12/07/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"