sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Governo do Maranhão transforma "casa de veraneio" do estado em centro de apoio para crianças com doenças neurológicas

Saúde  👍

Localizado no bairro de São Marcos, o imóvel,instalado em uma área com cerca de 6 mil metros quadrados, terá consultórios para atendimentos da equipe multidisciplinar,composta por médicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeutas, assistentes sociais,nutricionistas, farmacêuticos, educadores físicos, enfermeiros,psicólogos e psicopedagogos.

Da Redação
Casa de Apoio do Projeto Ninar será instalada na
 “Casa de Veraneio”. foto - Francisco Campos
O governador Flávio Dino anunciou, na quarta-feira (1º), a reforma da Casa de Veraneio do Estado, local onde será instalado a Casa de Apoio do Ninar. O imóvel será uma extensão do atendimento realizado no Centro de Referência em Neurodesenvolvimento, Assistência e Reabilitação de Crianças (Ninar), no Hospital Dr. Juvêncio Mattos, em São Luís. Além de atender a famílias de pacientes com problemas de neurodesenvolvimento, o espaço contará com cinco consultórios para atendimento e oferecerá aos pacientes espaços adaptados para atividades lúdicas, reabilitação e psicomotricidade em áreas externas, como quadras e piscina.
“Com a Casa de Apoio estaremos proporcionando mais dignidade ao receber mães e familiares que se deslocam do interior do estado para o tratamento das crianças. Iremos, também, expandir o tempo que essas crianças são submetidas a atividades que estimulam o neurodesenvolvimento. O Maranhão é pioneiro na estratégia de atendimento a esse público, e, com o Ninar, o Governo do Estado demonstra mais sensibilidade e humanização de sua gestão, com esse suporte”, explica o secretário de Estado de Saúde, Carlos Lula.
Localizado no bairro de São Marcos, o imóvel, instalado em uma área com cerca de 6 mil metros quadrados, terá consultórios para atendimentos da equipe multidisciplinar, composta por médicos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeutas, assistentes sociais, nutricionistas, farmacêuticos, educadores físicos, enfermeiros, psicólogos e psicopedagogos. “Na Casa de Apoio, será oferecida toda a estrutura de reabilitação para crianças com problemas de neurodesenvolvimento. Teremos uma equipe multiprofissional composta por especialistas que realizarão acompanhamento integral destas crianças”, informa a secretária adjunta de Assistência à Saúde, Larissa Cavalcanti.
Além de abrigo com capacidade para receber 11 adultos e nove crianças nas áreas dos dormitórios, a casa oferecerá serviços aos pacientes atendidos pelo Ninar. De acordo com Larissa Cavalcanti, a casa priorizará o atendimento aos casos estáveis de crianças com doenças neurológicas. Bebês de até um ano de idade continuarão a ser atendidos no Juvêncio Mattos, devido à necessidade de suporte hospitalar.
A Casa de Apoio do Ninar funcionará como suporte especialmente para as famílias que vêm do interior do Maranhão realizar tratamento e não têm onde ficar. Para a diretora Administrativa do Hospital Juvêncio Mattos, Andréa Moraes, a Casa de Apoio desafogará uma demanda recorrente do serviço de Assistência Social. “Como não temos a casa de apoio do próprio hospital, as mães que precisam ficar dias para consultas e tratamentos acabam sendo abrigadas em casas de saúde de municípios, que nossas assistentes sociais conseguem para elas ficar. É uma situação muito difícil, pois, há vezes que não há vagas. Agora, as famílias vão ter facilidade de acomodação e todo o suporte necessário durante a estadia aqui na capital”.

Referência no Brasil
Atendendo São Luís e interior do Maranhão, o Ninar é considerado referência nacional pela estrutura e nível de atendimento disponibilizado às crianças. O centro, também, se destaca como sede de estudos e pesquisas. A partir de convênio firmado com universidades maranhenses e a Universidade Mackenzie, de São Paulo, o Ninar disponibiliza informações para realização de pesquisas.
Com informações da SES-Gov.Maranhão  02/02/2017

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"