sábado, 31 de dezembro de 2016

2017 que venha em PAZ

Desejamos a todos nosso amigos,leitores,seguidores e colaboradores um 2017 de esperança,paz e felicidade 


video

Armazéns voadores

Tecnologia  🚀

Os armazéns serão transportados por um dirigível e visitarão locais de grande demanda de serviços por drones, como eventos esportivos ou festivais, onde serão vendidas comidas ou lembrança ao público.

Portogente

A Amazon amplia a capacidade dos seus serviços de entrega por drones. Nesse sentido, registrou uma patente de armazéns aéreos equipados com frotas de drones para entregar mercadorias em locais-chave. Os armazéns serão transportados por um dirigível e visitarão locais de grande demanda de serviços por drones, como eventos esportivos ou festivais, onde serão vendidas comidas ou lembrança ao público.
Essa patente também prevê uma série de veículos de apoio para reabastecer a frota aérea. Nos documentos que detalham o projeto, a Amazon diz que a combinação de drones e armazéns voadores, ou "centros de atendimento aéreo", vai entregar mercadorias muito mais rapidamente do que aqueles estacionados em armazéns terrestres.
Está aberta a competição entre empresas que trabalham com drones. Muitas dessas estão lutando para conseguir estender seu alcance relativamente curto, e que normalmente é dependente do tamanho da bateria que carregam.
Como já era esperado, as entregas aéreas vão tomar dimensões inimagináveis na sua logística. E haverá surpresas, portanto, quando o crescimento da estrutura logística das frotas de entrega incorporar o conceito de novas oportunidades, com extenso raio de ação e uma instantaneidade nunca visto antes. Assim, o mundo fica mais ágil.
Fonte - Portogente - 31/12/2016

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Ferry-Boat tem movimento intenso nesta sexta (30) na travessia entre Salvador e Itaparica

Travessia Maritima  🚢

Em virtude da grande demanda de veículos e passageiros registrada na manhã desta segunda feira (30),o sistema opera com uma frota de sete embarcações com partidas a cada 30 minutos,operação bate volta,

Da redação
foto - ilustração/arquivo
Os usuários do sistema Ferry-Boat que pretendem fazer a travessia marítima entre Salvador e a Ilha de Itaparica nesta sexta-feira (30),utilizando veículos,a espera deverá ser de cerca de 3 horas na fila de embarque,e no caso de passageiros a pé,a espera pode ser de 2 horas.A estimativa é da ITS operadora e administradora do sistema
Em virtude da grande demanda de veículos e passageiros registrada na manhã desta segunda feira (30),o sistema opera com uma frota de sete embarcações com partidas a cada 30 minutos,operação bate volta,
Para quem desejar fazer a travessia enfrentando filas menores a opção é viajar durante a noite e fazer um embarque mais tranquilo
O sistema Ferry-Boat estará funcionando durante 24 horas até o dia 03/01/2017 (terça feira)
Para mais informações o sistema disponibiliza uma Central de Atendimento ao Cliente (CAC), localizada no Terminal São Joaquim funcionando de segunda a sexta,das 8h às 18h,e aos sábados,das 7h às 13h.Mais, o  Tel 071 3032-0475 e o cac@internacionaltravessias.com.br.
Pregopontocom 30/12/2016

Governador da Bahia,Rui Costa,é que mais cumpriu metas em dois anos

Política  👍

Ações importantes para a Bahia - a exemplo da inauguração do HGE 2, do lançamento do Programa Primeiro Emprego, da reestruturação de unidades policiais, da ampliação da Rede de Atendimento às Mulheres e da construção dos novos perímetros de irrigação - fazem parte do conjunto de metas realizadas por Rui.

Da Redação
foto -  Pedro Moraes/GOVBA
Rui Costa chega à metade do mandato como o gestor que mais cumpriu metas, comparado aos demais governadores do país. Em dois anos, ele cumpriu 57 medidas, total ou parcialmente. O levantamento foi realizado pelo G1 com base no programa de governo registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em entrevistas e debates.
Ações importantes para a Bahia - a exemplo da inauguração do HGE 2, do lançamento do Programa Primeiro Emprego, da reestruturação de unidades policiais, da ampliação da Rede de Atendimento às Mulheres e da construção dos novos perímetros de irrigação - fazem parte do conjunto de metas realizadas por Rui.
No levantamento, o governador da Bahia aparece à frente dos governadores de São Paulo, Geraldo Alckmin, que cumpriu 48 medidas; do Paraná, Beto Richa, que cumpriu 34; e de Goiás, Marconi Perrilo, que cumpriu 33.
Com informações da Secom Ba.  30/12/2016

Putin decide não expulsar diplomatas norte-americanos

Internacional 👍

O presidente da Rússia Vladimir Putin,dá uma "lição" de diplomacia ao Presidente Obama dos EUA,em final de mandato,ao anunciar que "não vai expulsar" diplomatas norte-americanos em resposta à recente expulsão dos Estados Unidos, nesta quinta-feira (29), de 35 diplomatas russos.Segundo o comunicado do Kremlin,a "Rússia se reserva ao direito" de responder aos EUA, "mas não cairemos ao nível de 'diplomacia de cozinha',irresponsável 

Da Agência Ansa
Ag.Brasil/Divulgação
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, anunciou que "não vai expulsar" diplomatas norte-americanos em resposta à recente expulsão dos Estados Unidos, nesta quinta-feira (29), de 35 diplomatas russos. As informações são da Agência Ansa.
Segundo o comunicado do Kremlin, a "Rússia se reserva ao direito" de responder aos EUA, "mas não cairemos ao nível de 'diplomacia de cozinha', irresponsável, e daremos os próximos passos da retomada das relações russo-americanas partindo da política que será conduzida pela administração do recém-eleito presidente Donald Trump", informou Putin nesta sexta-feira (30).
Para ele, a atitude do presidente Barack Obama foi "hostil" e "contradiz os interesses principais dos povos russo e norte-americano, tendo em conta a responsabilidade particular da Rússia e dos EUA para garantir a segurança global". O mandatário ainda afirma que o que Washington fez "danifica o sistema inteiro de relações internacionais".
Mais cedo, Putin recebeu do ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, uma lista com 35 nomes de diplomatas americanos que seriam declarados "persona non grata" pela Rússia. Segundo Lavrov, 31 deles atuam na embaixada americana em Moscou e quatro no consulado geral em São Petersburgo. "Agiremos segundo o princípio da reciprocidade", afirmou o ministro sobre a medida.

Feliz Ano Novo
Na mesma nota em que informa que não expulsará diplomatas norte-americanos, o presidente Putin desejou um "bom ano novo" para Barack Obama e toda a sua família. Segundo o mandatário, as felicitações ocorrem "mesmo que a administração norte-americana termine desta maneira", com expulsões de diplomatas.
Putin ainda desejou felicidades a "todo o povo norte-americano" e ao presidente eleito, Donald Trump, para quem rendeu votos de "prosperidade e bem estar". O líder russo também convidou "todos os filhos pequenos dos diplomatas norte-americanos" para participar da tradicional festa de fim de ano do governo russo no Kremlin.
Fonte - Agência Brasil  30/12/2016

2017 chegando: em velocidade?

Mobilidade/Ponto de Vista  🚗

Analisada de per si, como variável isolada, evidências indicam que há uma correlação, direta, entre velocidade de veículos, número de acidentes e acidentados, e gravidade de danos (humanos e materiais): esses tendem a ser menores quanto menor a velocidade (ao menos na faixa de velocidades usuais)!

Por Frederico Bussinger *- Portogente
foto - ilustração/arquivo
"Viver é perigoso. Muito perigoso!" [Guimarães Rosa], ''Viver é perigoso? Então, com sua licença!
Não tenho medo.Nasci assim, encantada pela vida..." [Clarice Lispector]

Analisada de per si, como variável isolada, evidências indicam que há uma correlação, direta, entre velocidade de veículos, número de acidentes e acidentados, e gravidade de danos (humanos e materiais): esses tendem a ser menores quanto menor a velocidade (ao menos na faixa de velocidades usuais)!
Em meio a tantos “conteúdos” opinativos, dois artigos do meticuloso Mario Garcia (01, 02) fornece, didaticamente, uma profusão de dados, correlaciona variáveis, ensaia análises e propõe conclusões que ele, modesta e responsavelmente, caracteriza como ”até certo ponto superficiais”. E sugere um roteiro para que o conhecimento do tema seja aprofundado.
Mas, infelizmente, é pouco provável que esse (rico e sério) material tenha muita utilidade nas discussões que deverão ser re-acesas se e quando entrarem em vigor as novas (velhas) velocidades nas avenidas Marginais paulistanas (plano ”Marginal Segura”); anunciadas pelo futuro Prefeito João Dória. O condicional fica por conta do imponderável; resultante de manifestações/iniciativas/ações do MP, de “especialistas” e de entidades/movimentos que se já se manifestaram contrários ao plano.


A medida é paulistana; mas a repercussão deve ser nacional... como também ocorreu quando começou a recente onda reducionista.
A verdade é que, já de algum tempo, velocidades máximas de circulação em ruas, avenidas e estradas deixaram de ser algo apenas técnico, de trânsito e/ou da exclusiva competência/responsabilidade das autoridades públicas. Elas agora integram o rol das suspeitas de desvios de governantes (“indústria de multas”) e/ou, em muitos casos, uma senha para distinguir o ser social do ser individualista; o moderno do ultrapassado; a esquerda da direita; o bem do mal. Talvez, até, um traço do (sonhado) “homem novo”.
Daí, porque, a expectativa é que todos tenhamos posição a respeito. Daí porque, também, defesas tão enfáticas. Apaixonadas, mesmo.
“Uma vida não tem preço!” é o leitmotiv da redução de velocidades.
Alguma dúvida em relação ao princípio? Alguma divergência? Aliás, é justamente isso que nos ensina Jesus ao propor, em parábola, o cuidado especial com a ovelha que se perdeu (ante as outras 99: Lucas 15: 3-7).
Difícil entender-se, assim, o porquê outras condições/variáveis, que também contribuem para as estatísticas de acidentes e acidentados no trânsito (na circulação, de uma forma mais ampla!), não mereçam discussões tão enfáticas, defesas tão apaixonadas, tanto empenho e espaços na mídia como o que faz jus o tema da redução das velocidades máximas!
Por que, p.ex., a circulação de ambulantes entre veículos e travessia de pedestres nas expressas das Marginais ficam em segundo (3º; 4º...) plano? Por que ainda tantos acidentes envolvendo condutores alcoolizados e drogados? Travessias fora da faixa; com semáforos fechados (veículos e pedestres); ultrapassagens em locais proibidos; ziguezagues; calçadas que impõem circulação de pedestres nas vias; etc; etc; não seriam dignos de maior atenção?
E, principalmente, a possibilidade de circulação de motos (e bicicletas) nos “corredores” entre carros, ônibus e caminhões; nas ruas, avenidas e estradas. Muitas vezes ziguezagueando e em velocidades bem superiores às permitidas (talvez pela dificuldade de serem detectadas).
O Código de Trânsito Brasileiro – CTB, aprovado pelo Congresso Nacional em 1997, até proibiu tal prática; alinhando-se às normas de trânsito da maioria dos países (recente e polêmica experiência na Califórnia - 01, 02 - é uma exceção). O art. 56 dispõe (dispunha?): "É proibida ao condutor de motocicletas, motonetas e ciclomotores a passagem entre veículos de filas adjacentes ou entre a calçada e veículos de fila adjacente a ela".
Tal dispositivo (entre vários outros), todavia, foi vetado sob a seguinte justificativa: "Ao proibir o condutor de motocicletas e motonetas a passagem entre veículos de filas adjacentes, o dispositivo restringe sobre maneira [sic!] a utilização desse tipo de veículo que, em todo o mundo, é largamente utilizado como forma de garantir maior agilidade de deslocamento. Ademais, a segurança dos motoristas está, em maior escala, relacionada aos quesitos de velocidade, de prudência e de utilização dos equipamentos de segurança obrigatórios, os quais encontram no Código limitações e padrões rígidos para todos os tipos de veículos motorizados. Importante também ressaltar que, pelo disposto no art. 57 do Código, a restrição fica mantida para os ciclomotores, uma vez que, em função de suas limitações de velocidade e de estrutura, poderiam estar expostos a maior risco de acidente nessas situações.” (Mensagem nº 1.056/97).
O que dizer dessa justificativa à luz do “uma vida não tem preço!”? A derrubada do veto não caberia ser priorizado no Programa Brasileiro da “Década de Ação pela Segurança no Trânsito 2011-2020” da ONU (02)? Por que, neste caso, “especialistas”, entidades/movimentos e imprensa não invocam paradigmas estrangeiros? Em tempo: a pertinência do veto nunca foi pacificada (01, 02).
Certamente pode-se antever uma tenaz oposição dos proprietários/condutores das, hoje, 24,7 milhões (SET/2016) de motos (eram 9,4 milhões em 2006: crescimento de 163% em uma década!). Particularmente dos motofretistas; atualmente imprescindíveis para o funcionamento da economia e da vida das metrópoles. Seria por tal conveniência que, apesar da importância, esse tema fica em plano secundário (mesmo entre “especialistas” e dirigentes de entidades/movimentos)?
De qualquer forma, fica aqui como mais uma sugestão para os sinceros; para aqueles que não desejam apenas acompanhar a moda, fazer um discurso “politicamente correto”, e/ou “estar-bem-na-foto”. Também para a Comissão da ANTP que estuda/sistematiza propostas para alterações do CTB.

Entretanto, como é certo que o debate inevitavelmente prosseguirá, quatro outras observações/sugestões:
1) “Aumentar a velocidade traz riscos?” (ou alguma variação deste enunciado) é uma pergunta frequente da imprensa.
o O pressuposto (equivocado!) é que há um ambiente, um mundo, um cenário onde existe risco e outro não.
o Seria muito importante que “especialistas”, quando entrevistados, começassem por esclarecer (algo que raramente acontece!) que riscos já existem. Sempre existem! Inexoravelmente existem!
o A discussão é, pois, apenas de grau: se uma dada decisão aumenta o risco, ou o diminui (ao invés de “trazer”, ou “criar” o risco).
o Aliás, seria bom que jornalistas também se apropriassem desse conceito; aplicável não apenas ao trânsito urbano. Quando mais não fosse, para ajudar a calibrar expectativas (variável também importante dos processos decisórios).

2) Na verdade, entenderíamos melhor o fenômeno, e as medidas/ações provavelmente seriam mais eficazes, se acidentes de trânsito fossem tratados/analisados probabilisticamente (e não deterministicamente; como normalmente o fazem os opinativos!).
o A propósito, Leonard Mlodinow trata saborosamente do tema em “O andar do bêbado: como o acaso determina nossas vidas” (01, 02, 03, 04): apesar do título, um best-seller muito sério!

3) Há poucos dias, numa entrevista em uma das principais emissoras da Capital, um dirigente de importante entidade militante no setor (obviamente atacando o “Marginal Segura”!) disse algo mais ou menos assim: “Mas ele (o prefeito) só está aumentando a velocidade por ser um compromisso de campanha!”.
o Muito possivelmente não é voz isolada!
o Por isso não pode/deve passar despercebido: nossa democracia é tão incipiente, quer-se que nossas eleições sejam tão desmoralizadas, que uma tal manifestação é verbalizada e ouvida como se fosse algo muito natural. Na prática, e independentemente do mérito, corroborando os (tão criticados) “estelionatos eleitorais”.
o Evidentemente que governantes podem mudar de posição (aliás, a imprensa reporta que Dória já o fez diversas vezes): política é feita no dia a dia; não apenas nos processos eleitorais. Por isso ajuda pouco à consolidação de nossas instituições a desqualificação de compromissos eleitorais!
o E ainda vale lembrar: esse foi um compromisso explícito. De uma campanha vitoriosa. E em 1º turno.
o Assim, ainda que de outros tempos e em outro contexto, caberia parodiar o motorista-Eriberto (que impulsionou o impeachment do Collor - 1992) em sua singela, mas demolidora, resposta ao (“tropa-de-choque”) Roberto Jefferson; quando procurou desqualificar suas motivações: “Ué; o senhor acha isso pouco?”

4) Last, but not least: as autoridades e a engenharia de trânsito são cobradas (por nós todos; incluindo “especialistas”, dirigentes de entidades/movimentos e imprensa!) também por fluidez.
o Encontrar soluções de compromisso entre segurança e fluidez é sua (difícil!) missão.
o Ou se está propondo velocidades máximas ZERO na expectativa que, assim, acidentes e acidentados sejam também zerados?
Seria muito bom se avançássemos no sentido de análises mais fundamentadas; de debates mais qualificados; de práticas democráticas mais avançadas: a definição das velocidades máximas no viário de SP pode ser um bom laboratório.
*Consultor. Foi presidente da Companhia Docas de São Sebastião (CDSS), SPTrans, CPTM e Confea. Diretor da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), do Departamento Hidroviário de SP e do Metrô de SP. Presidiu também o Conselho de Administração da CET/SP, SPTrans, Codesa (Porto de Vitória), RFFSA, CNTU e Comitê de Estadualizações da CBTU. Coordenador do GT de Transportes da Política Estadual de Mudanças Climáticas (PEMC-SP). Membro da Comissão Diretora do Programa Nacional de Desestatização e do Conselho Fiscal da Eletrobrás.
Fonte - Portogente - 30/12/2016

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Metrô Bahia, modelo de excelência e modernidade para os baianos

Transportes sobre trilhos  🚇

O sistema metroviário de Salvador transformou-se em modelo de “benchmarking”, na contratação e eficácia de obras. Os 12 km da Linha 1 foram rapidamente concluídos, ligando a Lapa a Pirajá. Em 24 meses, o sistema ultrapassou a marca de 18 milhões de passageiros transportados, representando

Carlos Martins
Secretário Estadual de Desenv. Urbano

foto - ilustração/arquivo
O metrô de Salvador, durante treze anos tornou-se símbolo de incompetência, de mal uso de recursos, e que é pior: seu projeto era altamente custoso e sem grandes vantagens para o caótico trânsito de Salvador e para a sua população, nos seus 12 km, que o apelidaram de “metrô calça curta”.
As mudanças de projeto que transformaram a Avenida Bonocô e consumiram mais de um bilhão de reais, nunca foram devidamente explicadas pelos gestores da época. Corre por anos processos na Justiça Federal, engavetados, sem punição para quem quer que seja.
No entanto, três anos após o Governo do Estado assumir oficialmente o metrô, a situação inverteu-se. O sistema metroviário de Salvador transformou-se em modelo de “benchmarking”, na contratação e eficácia de obras. Os 12 km da Linha 1 foram rapidamente concluídos, ligando a Lapa a Pirajá. Em 24 meses, o sistema ultrapassou a marca de 18 milhões de passageiros transportados, representando:

1. Modelo de excelência na contratação de uma PPP ( parceria pública privada) que conseguiu blindar o contrato dos problemas anteriores.

2. O fim dos vícios de construção anterior, colocando a linha em funcionamento, com o que há de mais moderno no sistema ferroviário internacional.

3. A mudança de paradigma na prestação de serviço de transporte, principalmente para a população da periferia, que hoje desfruta de um modal seguro, confiável e confortável.

4. A transformação dos terminais de ônibus e no seu entorno. O terminal de Pirajá, símbolo de sofrimento, humilhação, degradação e desprezo, é atualmente o símbolo das mudanças trazidas pelo metrô. Quem viveu o antigo EVA ou o rebatizado Nova Esperança, sabe o que é o moderno terminal atual. Segurança, conforto, organização, limpeza dão dignidade aos moradores de vários bairros que precisam se deslocar diariamente para vários pontos da cidade utilizando este requalificado terminal.

5. A valorização imobiliária e as obras em curso na região modificaram a área de degradada para em expansão.
Mas os avanços não pararam por aí. E o metrô, patrimônio dos baianos, deixou de ser apenas de Salvador para ganhar a RMS, chegando até Lauro de Freitas, como será em breve com a Linha 2.
Em ritmo acelerado, as obras atravessam a Avenida Paralela, corredor criado nos anos 60, e que no seu projeto inicial destinava o corredor central para um futuro transporte de massa. Assim prevê o projeto original, que alguns “futuristas do agouro” , insistem em politizar, minimizando uma obra importante para a mobilidade da capital e da RMS. A linha permitirá que o trajeto entre Acesso Norte e o aeroporto seja percorrido em 27 minutos, passando pelas 12 estações que compõem o trecho. Isso tornará Salvador a terceira capital do país em trilhos – 41 km no total - e a primeira a ter um metrô ligando o aeroporto ao centro. Ainda em fase inicial, o trecho Acesso Norte – Rodoviária da Linha 2, já ampliou em mais 30% o número de usuários.
Um projeto arrojado, moderno e inovador, que nos orgulha em todos os seus aspectos. Ainda em fase inicial, o trecho Acesso Norte - Rodoviária, já ampliou em mais 30% o número de usuários, confirmando que o sistema já é uma rotina na vida dos baianos. A ligação Acesso Norte – Aeroporto, transformará radicalmente a mobilidade em Salvador, por inúmeros fatores:
Cerca de 700 ônibus metropolitanos serão retirados da malha urbana, dando fluidez ao trânsito, e devolvendo sustentabilidade ao Sistema de Transporte Coletivo por Ônibus de Salvador (STCO), prejudicado pela concorrência predatória, instituindo e consolidando de vez o conceito de “Integração Intermodal”. Além disso, o advento da Linha 2 dará à cidade, equipamentos modernos de transbordo e integração como os novos terminais da Rodoviária, Pituaçu, Mussurunga e Aeroporto.
A Linha 2 ainda permitirá a retirada, ou pelo menos dará a opção, de que milhares de veículos que transitam na Paralela, símbolo de monstruosos engarrafamento na hora pico. Permitindo a seus usuários que utilizem o metrô, deixando seus veículos em estacionamentos ou em suas próprias garagens.
A linha que chegará ao aeroporto ainda terá destaque para questão ambiental. O paisagismo e urbanismo da obra preveem compensações ambientais, incluindo a substituição da vegetação estrangeira por vegetação típica da mata atlântica local. As lagoas artificiais, construídas para evitar alagamentos na avenida, sofrerão um tratamento adequado, e terão até o retorno de peixes, que já eram escassos. Uma pista de cooper circunda toda a via permanente, assim como uma ciclovia, apoiada por um bicicletário em cada estação, e quiosques de apoio em vários pontos. A exemplo do complexo de viadutos do Imbuí, o projeto da Linha 2 prevê , dentro do conceito de parque linear, cinco áreas de lazer, que contará com equipamentos de lazer, ginástica e esporte, dependendo unicamente da aprovação da Fundação Mário Leal Filho, pela Prefeitura de Salvador.
Passarelas modernas e perfeitamente em consonância com a lei de acessibilidade (Leis nº 10.048 e 10.098) e três novos viadutos ao longo do percurso, tornarão permeabilidade urbana muita mais segura, rápida e agradável. Portanto, longe de ser um “muro da vergonha”, a Linha 2 será um ponto de integração da cidade com a sua população.
Em todo o mundo, o metrô representa a garantia de transporte em grande quantidade de usuários, com rapidez, conforto e segurança e ao mesmo tempo dependente de recursos públicos e integração entre modais. Salvador, há tempos, urge de uma modernização do seu sistema de transporte, que se tornou, pelas características monopolistas e fora de controle da municipalidade, obsoleto, inseguro, custoso e inibidor do desenvolvimento urbano. Em paralelo ao metrô, os corredores transversais, das linhas Azul e Vermelha, serão elementos indutores de uma expansão da cidade, ligando a orla atlântica à Bahia de Todos os Santos, e permitindo a integração com o metrô e o futuro VLT do subúrbio,assim como o BRT, se a Prefeitura desejar.
Por fim, as modernas e arrojadas estações, com cores, design e estilo inovador, estarão harmonicamente integradas a paisagem e acessibilidade dos seus usuários, com as devidas preocupações com acessibilidade, seja com as novas passarelas, que contarão, inclusive, com elevadores e escadas rolantes, além do conforto e segurança, permitindo ainda, a possibilidade de novos negócios e pontos de arte e cultura ao longo do sistema.
Ainda graças, ao metrô, Salvador contará com modernas estações de teleféricos, que vão adensar estações com alto potencial de demanda como as do Bonocô, Retiro, Bom Juá e Pernambués, cujos estudos já foram concluídos em parceria com a Francesa de Desenvolvimento. Se os números já comprovam, a opinião dos baianos sobre o metrô diz ainda mais. Satisfação e aprovação, que demonstram ainda mais que o metrô da Bahia veio pra ficar, e sem sombras de dúvidas, será cada vez mais um orgulho de todos os baianos.
Fonte - Sedur  29/12/2016 

Metrô de Salvador terá horário especial para Réveillon

Transportes sobre trilhos  🚇

Na noite do Réveillon em Salvador a Estação Campo da Pólvora permanecerá aberta até 1h da manhã do dia 1º/01/17 todas as demais estações das Linhas 1 e 2 ficam abertas normalmente para embarque até meia-noite,e mantêm somente o desembarque aberto até o último passageiro.

Da Redação
foto - ilustração/arquivo
Na noite do Réveillon em Salvador a CCR Metrô Bahia preparou um esquema especial de funcionamento.A população poderá contar com a rapidez,o conforto e a segurança do metrô,para atender ao público no dia 31/12. A Estação Campo da Pólvora permanecerá aberta até 1h da manhã do dia 1º/01/17. As demais estações (Linha 1: Lapa, Brotas, Bonocô, Acesso Norte, Retiro, Bom Juá, Pirajá e Linha 2: Acesso Norte, Detran e Rodoviária) ficam abertas normalmente para embarque até meia-noite, e mantêm somente o desembarque aberto até o último passageiro.
Para evitar filas, o cartão de embarque do metrô deve ser adquirido antecipadamente. A tarifa é R$ 3,30 e o usuário pode comprar o cartão Unitário (que dá direito a apenas uma viagem) ou o cartão Integração, que é recarregável e mais indicado para quem pretende usar o metrô em outros dias. A recarga pode ser realizada na bilheteria de qualquer estação de metrô e nas máquinas de autoatendimento das estações Acesso Norte e Lapa.

Esquema Especial do Metrô para o Réveillon
Estação Campo da Pólvora – embarque até 1h da manhã.Estações da Linha 1 - Lapa, Brotas, Bonocô, Acesso Norte, Retiro, Bom Juá e Pirajá - desembarque funcionando até o último passageiro e embarque normal até meia-noite. No Terminal de Ônibus Pirajá não haverá ônibus após a meia-noite.Estações da Linha 2 – Acesso Norte, Detran e Rodoviária - desembarque funcionando até o último passageiro e embarque normal até meia-noite.Tarifa – R$ 3,30Cartão de embarque – a compra ou recarga pode ser feita bilheteria de qualquer estação de metrô. As estações Acesso Norte e Lapa também contam com máquinas de autoatendimento para recarga.
Maia informações através da Central de Atendimento – 0800 071 8020
Com informações da CCR Metrô Bahia  29/12/2016

Bahia recebe incremento de nove mil vagas para Educação em Tempo Integral

Educação  📖

Ao todo, 96 escolas da Educação Básica irão ofertar a modalidade, sendo quatro na capital e as demais no interior. Este número representa 33 unidades de ensino a mais em relação a 2016 com Educação em Tempo Integral, com um incremento de 9 mil novas vagas para a modalidade. Com isso, a Secretaria amplia os tempos e espaços de formação escolar promovendo a formação humana integral do estudante.

Da Redação
foto - ilustração
A Secretaria da Educação do Estado irá ampliar a oferta da Educação em Tempo Integral na rede estadual em 2017. Ao todo, 96 escolas da Educação Básica irão ofertar a modalidade, sendo quatro na capital e as demais no interior. Este número representa 33 unidades de ensino a mais em relação a 2016 com Educação em Tempo Integral, com um incremento de 9 mil novas vagas para a modalidade. Com isso, a Secretaria amplia os tempos e espaços de formação escolar promovendo a formação humana integral do estudante.
“A Educação em Tempo Integral apresenta uma série de benefícios para os estudantes, que ficam mais tempo na escola, com acesso a conteúdos e atividades complementares que ajudam na sua formação humana e cidadã”, afirma o secretário da Educação do Estado da Bahia, Walter Pinheiro, ao acrescentar que esta é mais uma iniciativa da Secretaria para dinamizar o ambiente escolar. “Nossa preocupação é fazer com que o estudante aproveite todo o tempo na escola com atividades que sejam do seu interesse, seja nas áreas da Inovação, Tecnologia, da Arte ou do Esporte e que, portanto, sejam mais atrativas e estimulantes para sua aprendizagem”, destaca.
Além de Salvador, as novas ofertas são para as cidades de Itabuna, Ilhéus, Bom Jesus da Lapa, Paratinga, Barra da Estiva, Conceição do Coité, Serrinha, Teixeira de Freitas, Eunápolis, Sobradinho, Sento Sé, Barreiras, Candiba, Riachão do Jacuípe, Baixa Grande, Itaberaba, Piritiba, Cipó, Conde, Rio Real, Vitória da Conquista, Poções, Santo Amaro, Paulo Afonso, Candeias e Pojuca. Confira a relação das escolas que irão ofertas Educação em Tempo Integral no Portal da Educação. Nestas unidades, as matrículas acontecerão de 24 a 31 de janeiro.
Com a Educação em Tempo Integral, os estudantes ganham mais tempo e espaço para estudar, aprender e desenvolver ações pedagógicas em contextos diversos que aliam esporte, arte, trabalho, ciência e cultura. Nas atividades complementares, os estudantes contam, também, com aulas de iniciação científica e pesquisa, cidadania e participação estudantil, de relações étnico-raciais, culturais e de identidade, educação ambiental, comunicação digital e uso de mídias, adquirindo novas rotinas comportamentais.
A coordenadora da Educação Integral da Secretaria da Educação do Estado, Rowenna Brito, destaca que a Educação Integral procura efetivar a integralização dos diversos programas indutores da Educação Integral e a sinergia de suas ações com vistas à melhoria da qualidade do ensino nas escolas da rede estadual. “Esta proposta procura garantir o direito à educação e ao aprender das crianças, dos adolescentes e dos jovens baianos, ressignificando a importância social e institucional da escola na formação plena dos cidadãos. Seu principal objetivo é o de contribuir para a formação do sujeito na sua integralidade e para sua emancipação humana e social”.
Segundo Rowenna Brito, recursos da ordem de R$ 7 milhões, do Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral foram liberados para o ano letivo de 2017 e serão transferidos por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). “Os recursos repassados pelo MEC são importantes para que possamos reestruturar a Educação Integral, tanto no que se refere ao espaço físico, incluindo a aquisição de equipamentos, como à formação de pessoal”, pontua a gestora.

Referência
A experiência da Educação Integral da rede estadual da Bahia tem ultrapassado as fronteiras da Bahia. O Colégio Estadual Antonio Sérgio Carneiro – Tempo Integral, em Salvador, por exemplo, está entre as 178 instituições educacionais brasileiras reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) como exemplos de inovação e criatividade na Educação Básica. A unidade educacional foi selecionada entre 683 organizações governamentais, escolas públicas e particulares de todo o país com iniciativas inovadoras que contribuem para o desenvolvimento da qualidade da educação no Brasil. Dentre as diversas atividades que o Colégio Estadual Antonio Sérgio Carneiro desenvolve, se destacam os projetos sobre valorização da identidade negra e quilombola e as ações sustentáveis voltadas para a Educação Ambiental.

Complexos Integrados

Ao investir na Educação em Tempo Integral, a Secretaria da Educação do Estado também implantou três Complexos Integrados de Educação (CIE) nas cidades de Itabuna, Porto Seguro e Itamaraju. Os complexos beneficiam diretamente três mil estudantes do Ensino Médio e abrigam, no turno diurno, ações de Educação Integral e, no turno noturno, ofertada a Educação de Jovens e Adultos (EJA) e o Ensino Médio Regular voltado a jovens e trabalhadores.
A gestão dos Complexos é compartilhada. A Universidade Federal do Sul da Bahia é responsável pela gestão pedagógica dos três complexos e pela assessoria da gestão administrativa, que é de competência da Secretaria da Educação. Os Complexos Integrados de Educação também têm espaço para o Ensino Superior, com o funcionamento dos Colégios Universitários (Cunis) da UFSB, com a oferta dos cursos de licenciaturas interdisciplinares.
Com informações da Secom Ba.  29/12/2016 

Desemprego atinge 12 milhões de pessoas e tem maior taxa desde 2012

Economia  👎

Os dados foram divulgados hoje (29), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e são semelhantes aos do trimestre móvel imediatamente anterior (junho a agosto), quando a taxa de desocupação fechou em 11,8%. Em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, foi registrada uma alta de 2,9 pontos percentuais.

Nielmar de Oliveira
Repórter da Agência Brasil

foto - ilustração
O desemprego atinge 12,1 milhões de pessoas, o que equivale a 11,9% de pessoas desocupadas no trimestre móvel encerrado em novembro. A taxa de desocupação e o contingente de pessoas são os mais altos da série histórica da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad Contínua), iniciada em 2012 .
Os dados foram divulgados hoje (29), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e são semelhantes aos do trimestre móvel imediatamente anterior (junho a agosto), quando a taxa de desocupação fechou em 11,8%. Em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, foi registrada uma alta de 2,9 pontos percentuais.
Os número de desempregados teve um crescimento de 33,1% em relação ao mesmo trimestre do ano passado – o equivalente a 3 milhões de pessoas a mais em busca de trabalho. O contingente de pessoas ocupadas hoje é de 90,2 milhões.

Carteira de trabalho assinada
O número de empregados no setor privado com carteira de trabalho assinada ficou estável em relação ao trimestre anterior, fechando em 34,1 milhões de pessoas. Em relação ao mesmo trimestre de 2015, houve queda de 3,7%.
Já o número de empregados no setor privado sem carteira de trabalho assinada cresceu 2,4%,, e chegou a 10,5 milhões de pessoas . Quando comparado ao mesmo trimestre móvel do ano passado, houve um aumento de 3,5%.

Empregadores e trabalhadores por conta própria
A Pnad Contínua no trimestre móvel encerrado em novembro indica ainda que os trabalhadores por conta própria são 21,9 milhões, uma queda de 1,3% frente ao trimestre anterior. Em relação ao mesmo período de 2015, a queda foi de 3%.
Por outro lado, o contingente de empregadores, estimado em 4,2 milhões de pessoas, teve crescimento de 5,5% no trimestre. Em relação ao mesmo período do ano anterior, esse contingente manteve-se estável.
Tiveram retração no trimestre os setores de agrucultura, pecuária, produção florestal, pesca e agricultura (-3,9%) e de construção (-2,2%).
O crescimento aconteceu nos grupamentos de alojamento e alimentação (4,6%) e de outros serviços (alta de 5,7%) . Segundo o IBGE, os demais grupamentos permaneceram estáveis.

Rendimento médio
O rendimento médio real habitualmente recebido pelas pessoas ocupadas fechou o trimestre móvel encerrado em novembro em R$ 2.032, ficando estatisticamente estável frente ao trimestre de junho a agosto de 2016 (R$ 2.027) e também em relação ao mesmo trimestre do ano anterior (R$ 2.041).
A única ocupação que teve queda no rendimento médio real habitual no trimestre de 2016 foi a dos trabalhadores por conta própria (-2,7%). As demais categorias não variaram. Já em relação ao mesmo trimestre de 2015, os empregadores tiveram queda no rendimento (-5,9%) e as outras categorias ficaram estáveis.
Já por grupamento de atividade, o único que apresentou variação no rendimento médio real habitual no trimestre foi o da agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e agricultura, com alta de 3,5%. A estimativa permaneceu estável em todos os outros grupamentos de atividade.
Fonte - Agência Brasil  29/12/2016

FecomercioSP estima queda de R$ 2,1 bi nas vendas na semana do Natal

Economia  $

O cálculo é feito a partir das consultas realizadas no banco de dados da Boa Vista SCPC, com abrangência nacional. Foram consideradas as consultas realizadas no período de 18 a 24 de dezembro de 2016 comparado com 18 a 24 de dezembro de 2015.

Portogente
foto - ilustração/ultimo segundo
De acordo com dados da Boa Vista SCPC, as vendas do comércio varejista brasileiro na semana que antecede o natal caíram 4,8% na comparação com o mesmo período do ano passado. O cálculo é feito a partir das consultas realizadas no banco de dados da Boa Vista SCPC, com abrangência nacional. Foram consideradas as consultas realizadas no período de 18 a 24 de dezembro de 2016 comparado com 18 a 24 de dezembro de 2015.
Vale ressaltar que essas consultas contemplam todos os setores varejistas como concessionárias de veículos, móveis e decoração, material de construção, os quais não estão diretamente relacionados à data e têm sofrido fortes quedas nas vendas ao longo de todo o ano, o que pode ter puxado para baixo o resultado geral do comércio neste natal.
De acordo com sondagem realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (FecomercioSP), entre os dias 15 e 19 de dezembro, com comerciantes da capital paulista, a expectativa era de alta de 3% nas vendas. São comerciantes dos setores de vestuário, calçados e eletroeletrônicos, que são os produtos preferidos na hora de presentear e por esse motivo a Federação acredita que o Natal tenha sido positivo para essas atividades.
Fonte - Portogente  29/12/2016

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Começa nesta quarta-feira (28) a operação comercial do VLT de Sobral

Transportes sobre trilhos  🚄

Nesta nova etapa, o VLT sobralense passa a atender integralmente às necessidades locais, alcançando os horários de pico no início da manhã e no fim da noite.Formado por duas linhas integradas (Norte e Sul), o VLT de Sobral contempla diversos bairros da cidade.

Da Redação
foto - ilustração/arquivo
Começa nesta quarta-feira (28) a operação comercial do VLT de Sobral. Com isso, a população poderá contar com o serviço de segunda-feira a sábado, no horário de 5h30 às 23h, totalizando quase 18 horas de serviço ofertado,diariamente.A nova programação de trens substitui a operação assistida, na qual o VLT circulava de segunda a sexta-feira, de 8h às 12h.
Nesta nova etapa, o VLT sobralense passa a atender integralmente às necessidades locais, alcançando os horários de pico no início da manhã e no fim da noite. São contempladas as pessoas que precisam chegar cedo às fábricas, comércio, hospitais, escolas e universidades, bem como os cidadãos que precisam se deslocar para casa após o fim do expediente nas repartições. Com a nova programação de trens, o tempo de operação disponível para a população aumentará quase cinco vezes.
Formado por duas linhas integradas (Norte e Sul), o VLT de Sobral contempla diversos bairros da cidade. Por isso, o aumento do horário de funcionamento garante as condições para viabilizar um futuro sistema integrado de trens e ônibus.
Outra mudança no sistema é o início da cobrança de tarifa, que está vinculada ao início da operação comercial. O valor é fixado por meio de Decreto estadual, publicado no Diário Oficial do Estado. A Cia Cearense de Transportes Metropolitanos iniciará a cobrança do valor, sempre resguardando os direitos à meia entrada e às gratuidades.
Uma novidade é a mudança de localização da estação Dom José. Devido à dificuldade de compartilhar, neste trecho,a mesma via férrea usada pela Transnordestina Logística S.A, a estação será transferida para outro terreno,ao lado da antiga estação de trens,de forma a viabilizar a passagem do VLT em via de uso exclusivo da Cia Cearense de Transportes Metropolitanos.Para facilitar o acesso à estação, será construída uma passarela que ligará o Alto do Cristo ao local. A obra deve ser iniciada ainda no início de 2017.

Investimento
A ampliação dos serviços em Sobral é resultado de investimento realizado pelo Governo do Ceará, por meio da Secretaria das Cidades e da Cia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor). Foram contratados e treinados 19 novos profissionais, que serão responsáveis pelas funções operacionais. Além disso, através de contratos já existentes para fornecimento de serviços, também estão sendo contratados mais seguranças, zeladores e operadores para as bilheterias. No total, são gerados 83 novos postos de trabalho devido à ampliação dos serviços.

Serviço
Operação comercial a partir de 28/12 (quarta-feira)
Tarifa: R$ 3,00 (inteira) / R$ 1,50 (meia)
Horário de funcionamento: segunda-feira a sábado, de 5h30 às 23h.
Com informações da Metrofor  28/12/2016

Índice de incerteza da economia volta a aumentar em dezembro

Economia $

A alta de 10 pontos levou a que o indicador atingisse o seu maior nível desde julho do ano passado.Para o economista da FGV,Pedro Costa Ferreira,a reversão da tendência de queda observada entre julho e outubro confirma "o retorno a um período de elevada incerteza econômica no Brasil”.

Nielmar de Oliveira
Repórter da Agência Brasil

imagem - ilustração
O Indicador de Incerteza da Economia (IIE-Br) aumentou em dezembro pelo segundo mês seguido. O índice passou de 126,4 em novembro para 136,4 pontos em dezembro.
Os dados foram divulgados hoje (28) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV). A alta de 10 pontos levou a que o indicador atingisse o seu maior nível desde julho do ano passado.
Para o economista da FGV, Pedro Costa Ferreira, a reversão da tendência de queda observada entre julho e outubro confirma "o retorno a um período de elevada incerteza econômica no Brasil”.
Segundo ele, no entanto, apesar de o aumento de 10 pontos ser "expressivo" para um mês, "é necessário ressalvar a alta volatilidade deste indicador, que vem sendo bastante influenciado pelos acontecimentos políticos ao longo de todo ano”.

Influência da mídia
Os dados divulgados pela FGV indicam que, em dezembro, o componente que mais contribuiu para a alta do Indicador de Incerteza da Economia no país, entre novembro e dezembro deste ano foi o Indicador de Incerteza da Economia Mídia (o IIE-Br Mídia).
Com contribuição de 8,7 pontos na composição do indicador brasil, o IIE-Br refletiu “o aumento expressivo no número de notícias com menção à incerteza em matérias sobre economia na imprensa brasileira”.
Já o componente IIE-Br Expectativa contribuiu com apenas 1,3 ponto para o aumento do indicador geral em dezembro, enquanto o IIE-Br Mercado manteve-se estável no mês, de um mês para o outro.
Fonte - Agência Brasil  28/12/2016

Trecho da Paralela é interditado para montagem de vigas para novo viaduto de retorno

Obras do Metrô  🚧

O bloqueio será colocado pouco antes da via de acesso ao Vale dos Lagos (Estrada da Muriçoca), desviando o tráfego para a via marginal. 

Da Redação
imagem - ilustração/Google Maps
A CCR Metrô Bahia e o Consórcio Mobilidade Bahia informam que, para montagem das vigas de novo viaduto de retorno da Ferreira Costa, realizarão a interdição de trecho da Av. Paralela (sentido Centro) entre os dias 28 e 30 de dezembro, sempre das 21h às 5h. O bloqueio será colocado pouco antes da via de acesso ao Vale dos Lagos (Estrada da Muriçoca), desviando o tráfego para a via marginal.
A nova estrutura possibilitará o retorno no sentido Centro/Aeroporto com maior segurança, tendo como ponto de partida e chegada a pista de menor velocidade da avenida.
Com informações da CCR Metrô Bahia  27/12/2016

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Descongelamento da Groenlândia irá parar corrente do Golfo e gelará Europa

Clima  🌅

A poderosa corrente do Golfo, que mantém a Europa do Norte e partes da Rússia Ocidental mais quentes que outras partes do mundo que ficam à mesma latitude, pode falhar se as emissões de gases com efeito estufa aumentarem, disse uma equipe internacional de pesquisadores.

Sputnik
Sputnik
O aquecimento global e o gelo que está descongelando podem seriamente enfraquecer a corrente do Golfo e no final levar à sua paragem, o que causará consequências incalculáveis para a precipitação, gelo marítimo, nível do mar e calamidades naturais no Atlântico Norte e outros locais da Terra, prevê o grupo internacional de pesquisadores em seu estudo que foi publicado na revista científica Geophysical Research Letters.
Segundo o professor dinamarquês do clima Sebastian H. Mernild, diretor executivo do Centro Nansen de Sensoriamento remoto e Ambiente em Bergen, Noruega, o descongelamento, principalmente da camada de gelo da Groenlândia, pode resultar em um fluxo de água doce que afetará o sistema de correntes profundas e de superfície do oceano Atlântico, inclusive a corrente do Golfo que é responsável por aquecer a Europa, disse o jornal dinamarquês Berlingske. O aumento do nível de água proveniente da camada de gelo da Groenlândia deverá acelerar devido ao aumento de densidade de gases estufa na atmosfera. Entretanto, o equilíbrio das correntes oceânicas pode ser destruído de forma mais rápida.
A pesquisa propôs dois cenários possíveis. Um, que é o "bom", prevê que o mundo conseguirá ultrapassar o problema de dióxido de carbono até 2040.
Neste caso, a corrente do Golfo será enfraquecida somente em 18% até o fim do século XXI. O outro cenário, o de pesadelo, prognostica que as emissões de dióxido de carbono continuarão crescendo e que a corrente do Golfo perderá cerca de 37% do seu potencial até 2100. Até 2300, esta corrente quente perderá cerca de 75% do seu potencial e poderá mesmo desparecer, pensam os cientistas. "As mudanças na corrente do Golfo e gelo marítimo, em conjunto com recentes desenvolvimentos na Antártica, onde muitas geleiras se tornaram instáveis, significa que nos dirigimos em uma direção desconhecida", disse Sebastian H. Mernild, destacando que a Antártica contém até oito vezes mais gelo que a Groenlândia.
Mais cedo neste ano, no Ártico, bem como no Antártico, foram registrados os índices mais baixos de extensão de gelos marinhos. Cientistas foram surpreendidos com o fato de que o gelo está descongelando quando a região está entrando no período de inverno. A subida de temperaturas causa o descongelamento do permafrost, o que liberta mais gases de efeito estufa. Como resultado, o nível do mar pode se elevar em vários metros nos próximos séculos inundando grandes partes de áreas costeiras.
A corrente do Golfo é uma poderosa corrente quente no oceano Atlântico que tem seu início no golfo do México. A corrente do Golfo assegura o clima bastante suave na Escandinávia (em comparação com o clima na Sibéria, onde as temperaturas podem atingir 40 graus negativos). Considera-se que a corrente que leva as águas quentes da bacia das Caraíbas ao longo do Atlântico aquece o norte da Europa em cerca de seis graus. A Groenlândia é o maior bloco de gelo no hemisfério setentrional e preserva água doce suficiente para elevar o nível do mar em mais de sete metros.
Fonte - Sputnik  27/12/2016

Maranhão terá mais de 200 voos extras durante o período de alta temporada no verão

Turismo  ✈

O Maranhão terá mais de 200 voos extras das companhias aéreas que atendem o estado durante o período de alta temporada, que vai de dezembro até depois do carnaval, no início de março de 2017.

Da Redação
Aeroporto Internacional de São Luís.foto/Divulgação
Com a estimativa de receber milhares de turistas
durante o verão 2016/2017, o Maranhão terá mais de 200 voos extras das companhias aéreas que atendem o estado durante o período de alta temporada, que vai de dezembro até depois do carnaval, no início de março de 2017. Os novos voos são fruto do diálogo constante entre o Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur), com as companhias aéreas.
“Nós precisamos criar meios para que os turistas visitem o Maranhão. Por isso que, além de participar das feiras de turismo e levar o nome do Maranhão para todo o Brasil e até em outros países, a Sectur também estabeleceu esse diálogo com as companhias. Mesmo num período de crise financeira, nós conseguimos essa grande vitória com as companhias, que já é um grande passo para conseguir mais voos fixos para o estado”, contou o secretário de Cultura e Turismo, Diego Galdino.
Os voos extras da Latam operam, desde novembro, três vezes por semana, trazendo passageiros de uma das maiores capitais do Nordeste, a cidade de Fortaleza. Já a Gol iniciou em dezembro e continuará durante toda a alta temporada, com voos vindos de Guarulhos e Congonhas, em São Paulo; do Galeão, no Rio de Janeiro; do Pinto Martins, de Fortaleza; e do Presidente Juscelino Kubitschek, em Brasília.
“São mais de 90 voos diurnos e noturnos, com frequência que vai de uma a quatro vezes por semana, como no caso do voo 9199, que faz Brasília/São Luís, às 9h35 de todos os sábados, e o voo 9237, que inicia no dia 17 de janeiro, saindo de Fortaleza aos domingos, segundas, terças e quintas, sempre às 23h35 e chegando em São Luís, às 0h50 ”, explicou o secretário- adjunto de Turismo da Sectur, Hugo Viegas.
A Azul Linhas aéreas também operará voos extras durante a alta temporada, mas ainda não divulgou os trechos e horários.

Recepção de turistas
Para melhor atender os turistas que visitam o Centro Histórico de São Luís, será montado um Centro de Atendimento ao Turista (CAT) que irá funcionar na Rua Portugal, de terça a domingo, das 9h às 17h, e excepcionalmente até as 18h às quintas e sextas-feiras, durante todo o mês de janeiro. No local, o turista terá acesso a mapas, material de divulgação de casas de cultura e pontos turísticos, além de informações sobre atividades em qualquer um dos polos turísticos do Maranhão.
Com informações do Gov. do Marnhão  27/12/2016

Setor público tem rombo de R$ 39,1 bilhões, recorde em novembro

Economia $

O rombo foi puxado pelo déficit recorde do Governo Central (governo federal, previdência e Banco Central), de R$ 39,9 bilhões, conforme calculado pela metodologia do BC. Estados e municípios tiveram superávit (economia de recursos) de R$ 421 milhões

Felipe Pontes
Repórter da Agência Brasil

foto - ilustração/arquivo
O setor público consolidado (União, estados, municípios e empresas estatais) apresentou um déficit primário de R$ 39,1 bilhões em novembro, o maior rombo para o mês desde que o Banco Central (BC) deu início à série histórica do indicador, em dezembro de 2001. O déficit primário significa que arrecadação foi menor do que os gastos, sem levar em conta as despesas com o pagamento dos juros da dívida.
O rombo foi puxado pelo déficit recorde do Governo Central (governo federal, previdência e Banco Central), de R$ 39,9 bilhões, conforme calculado pela metodologia do BC. Estados e municípios tiveram superávit (economia de recursos) de R$ 421 milhões, enquanto que as empresas estatais tiveram resultado positivo de R$ 314 milhões em novembro.
De janeiro a novembro, o setor público já acumula um déficit primário de R$ 85,1 bilhões, também o maior da história. Em 2015, o déficit foi de R$ 39,5 bilhões no mesmo período. A meta para o ano, conforme aprovada pelo Congresso Nacional na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), é de R$163,9 bilhões negativos.
Com o resultado, a dívida bruta do Brasil subiu um ponto percentual em novembro frente a outubro, chegando a 70,5% do PIB (Produto Interno Bruto).
Fonte - Agência Brasil  27/12/2016

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

OAB: É grave a inação do Governo em relação aos brasileiros desaparecidos nas Bahamas

Direitos Humanos  👫

Os brasileiros estariam em um barco, na companhia de dezenas de pessoas de outras nacionalidades. A Guarda Costeira americana tem feito buscas na região, mas até o momento nada foi encontrado. Para o advogado Marcelo Chalreo, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Estado do Rio de Janeiro, o quadro é muito grave por pelo menos dois aspectos

Sputnik
foto - ilustração
Está desaparecido desde 6 de novembro um grupo de 19 brasileiros que deixou as Bahamas rumo à Flórida para tentar entrar nos EUA, supostamente de forma clandestina. Por que só agora o Governo brasileiro está agindo?
Os brasileiros estariam em um barco, na companhia de dezenas de pessoas de outras nacionalidades. A Guarda Costeira americana tem feito buscas na região, mas até o momento nada foi encontrado. Para o advogado Marcelo Chalreo, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil, Seção do Estado do Rio de Janeiro, o quadro é muito grave por pelo menos dois aspectos:
"Esta é uma situação deplorável que acontece no mundo inteiro", diz Chalreo. "E obviamente, como em toda situação dessa natureza, atinge as pessoas mais pobres e mais necessitadas. É lastimável que isso tenha acontecido com um grupo de brasileiros, 19 brasileiros que estão desaparecidos há quase 60 dias, aparentemente tentando entrar nos Estados Unidos da América do Norte de forma ilegal. E lamentável também é o fato de que as notícias que nos chegam dão conta de que já havia comunicações com o Governo brasileiro sobre o desaparecimento dessas pessoas e não houve qualquer ação, nenhuma intervenção por parte do Governo. Se isso for confirmado, é uma situação muito grave essa inação."
Para o Dr. Marcelo Chalreo, só Brasília tem a resposta para a questão da demora na adoção de providências pelo Governo: "Essa é uma pergunta que tem de ser respondida pelo ministro da Justiça [Alexandre de Moraes]. O ministro da Justiça deve vir a público para dizer o porquê da demora e o porquê da inação. É realmente espantoso saber que o Governo brasileiro não tomou nenhuma medida até o momento. Há que se perguntar à Chancelaria e ao Ministério da Justiça o porquê dessa demora em tomar providências em relação a um fato tão grave, que diz respeito a 19 vidas humanas."
Fonte - Sputnik  26/12/2016

Serviço Hora Marcada do sistema Ferry-Boat amplia vagas a partir de 28/12/2016

Travessia marítima 🚢

O numero de vagas a partir do dia 28/12/16,somando os dois sentidos,Bom Despacho e São Joaquim,será de 380 novas vagas por dia.

Da Redação
foto - ilustração/arquivo
A partir de 28/12/16, o Sistema Ferry-Boat vai disponibilizar novas vagas para os horários regulares de atendimento (entre 5h e 23h30 de segunda a sábado; e a partir das 6h às 23h30, aos domingos e feriados) para a travessia marítima entre Salvador e Itaparica.O numero de vagas somando os dois sentidos,Bom Despacho e São Joaquim,será de 380 novas vagas por dia.
O serviço de Hora Marcada atende, exclusivamente,aos condutores de veículos,e a venda das passagens é feita somente pelo site portalsits.internacionaltravessias.- O pagamento para este tipo de serviço é feito com cartões de débito ou crédito.
Mais informações pelo Tel 071 3032-0475 e pelo através do cac@internacionaltravessias.com.br.
Com informações da ITS  26/12/2016

Adeus 2016. Será?

Ponto de Vista 🔍

As notícias dos últimos dias nos fazem crer que não.O que precisamos é de coragem para enfrentarmos os nossos fantasmas,porque nessa roda política,com os três poderes constituídos e o quarto poder informal, ninguém é santo.

Portogente
imagem - ilustração
Todos estamos ansiosos pela despedida de 2016. Mas será que realmente haverá um adeus definitivo às turbulências políticas, institucionais e econômicas do ano que se finda? As notícias dos últimos dias nos fazem crer que não.
Continuaremos com o noticiário falando de delações e a mostrar que o nosso País está longe da seriedade. O que é realmente uma pena. A propaganda contra o Brasil é realmente intensa, nessa toada todos sofrem - ou melhor, os que estão na base da pirâmide social acumulam perdas e incertezas quanto ao presente e ao futuro.
O que precisamos é de coragem para enfrentarmos os nossos fantasmas, porque nessa roda política, com os três poderes constituídos e o quarto poder informal, ninguém é santo. Que se tenha a humanidade necessária para que se perceba que não podemos continuar com essa briga indigesta pelo poder (ou até pela franja desse poder) para evitar que o Brasil seja um país sem futuro.
Fonte- Portogente   26/12/2016

Mais de 18 mil lojas de shoppings foram fechadas em 2016 em todo o país

Economia $

O número de lojas em funcionamento em shoppings no Brasil em 2016 totalizou 121.638, o que representou uma queda de 12,9% em comparação a 2015, quando havia 139.738.

Elaine Patricia Cruz
Repórter da Agência Brasil

Valter Campanato/Agência Brasil
Dezenove shopping centers foram abertos em 2016 em todo o país. Apesar disso, o setor apresentou queda no ano, com o fechamento de 18,1 mil lojas no período. Durante o ano, o volume de vendas nos shoppings do país caiu 3,20% em relação ao ano anterior. Os dados foram divulgados hoje (26) pela Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop).
O número de lojas em funcionamento em shoppings no Brasil em 2016 totalizou 121.638, o que representou uma queda de 12,9% em comparação a 2015, quando havia 139.738.
Também houve redução no número de empregos no setor. A associação informou que, este ano, as lojas somaram 1.253.141 funcionários e 85.510 trabalhadores na área operacional dos shoppings, o que representou uma redução de 36.659 colaboradores em relação a 2015.
Fonte - Agência Brasil  26/12/2016

domingo, 25 de dezembro de 2016

A East Japan Railway testa trem de cruzeiro de luxo Shiki-Shima

Transporte sobre trilhos 🚄

O trem é destinado para viagens de uma,duas ou três noites.Cinco carros têm suítes padrão e um carro oferece conforto adicional com compartimentos Deluxe e um 'Shiki-Shima suite' que inclui um banho de cipreste japonês.

Da Redação
foto - Railway Gazette
A East Japan Railway está testando um trem de cruzeiro de luxo,antes do seu lançamento previsto para 1º de maio próximo ano.Conhecido como o Trem Suíte Shiki-Shima (Ilha of Four Seasons),e com a denominação Série E001,a composição com 10 carros proporciona aos passageiros uma visão panorâmica através de um conjunto de amplas janelas de vidro,instaladas nos dois carros nas extremidades do trem. Três carros foram construídos pela JR East subsidiária J-TREC e o restante pela Kawasaki Heavy Industries.
O trem é destinado para viagens de uma,duas ou três noites.Cinco carros têm suítes padrão e um carro oferece conforto adicional com compartimentos Deluxe e um 'Shiki-Shima suite' que inclui um banho de cipreste japonês.Um lounge carro e um carro de restaurante completam o conjunto.Além do sistema elétrico de tração,o trem também esta equipado com motores diesel instalados nos carros da extremidade,proporcionando autonomia para estender a sua operação sobre toda extensão da rede JR com bitola de 1,067metros.
JR East elaborou uma série de itinerários a partir de Tóquio Ueno projetados para oferecer aos clientes experiências cênicas e culturais no norte de Honshu,com algumas viagens que se estendem através do túnel de Seikan para Hokkaido. Os preços começam a partir de ¥ 320 000 por pessoa.
O trabalho de design do trem coube a Ken Kiyoyuki Okuyama,CEO da Ken Okuyama Design
Com informações da Railway Gazette  25/12/2015

Agerba anuncia integração de mais quatro linhas metropolitanas ao Metrô

Mobilidade 🚌/🚇

A mudança que que acontecerá a partir de segunda feira (26),com mais quatro linhas metropolitanas que ligam Nova Dias D’Ávila, Areia Branca e Camaçari a Salvador,e passarão a ser integradas ao sistema metroviário,terão como final de linha o Terminal do Retiro,ao lado da estação de metrô.

Da Redação
foto - ilustração/arquivo
A partir de segunda-feira (26/12), por determinação da Agerba, mais quatro linhas metropolitanas que ligam Nova Dias D’Ávila, Areia Branca e Camaçari a Salvador, terão como final de linha o Terminal do Retiro, ao lado da estação de metrô. Segundo a Agerba, a mudança atende determinação do Governo do Estado para ampliar a integração das linhas rodoviárias metropolitanas com o sistema metroviário.
Os usuários das linhas 877.URB (Nova Dias D'ávila - Terminal Da França Via Estação Retiro), 800A.URB (Camaçari - Estação Aquidabã Via Estação Retiro), 814A.URB (Camaçari - Calçada Via Estação Retiro) e 824.URB (Areia Branca - Calçada Via Estação Retiro), que passavam pelo Terminal Retiro, devem ficar atentos. Os passageiros poderão realizar integração com a Linha 1 do metrô.
O sistema integrado metropolitano possibilita ao usuário a utilização de dois modais pagando uma única tarifa, em intervalo de até três horas. Atualmente, 17 linhas metropolitanas fazem parte do sistema.

Como era:
Nova Dias D'ávila - Terminal Da França Via Estação RetiroCamaçari - Estação Aquidabã Via Estação RetiroCamaçari - Calçada Via Estação RetiroAreia Branca - Calçada Via Estação Retiro

Como vai ficar:
Nova Dias D'ávila / Terminal do RetiroCamaçari / Terminal do RetiroCamaçari / Terminal do RetiroAreia Branca / Terminal do Retiro
Com informações da CCR Metrô Bahia  25/12/2016