sábado, 10 de dezembro de 2016

Governo do Estado autoriza implantação Fusegate na Barragem de Ponto Novo (BA)

Tecnologia 🌊

A ordem de serviço foi assinada pelo governador Rui Costa na manhã deste sábado (10), na sede de Ponto Novo, junto com a entrega de cinco equipamentos hospitalares e da assinatura de autorização para a implantação de um projeto, por meio do programa Bahia Produtiva, que beneficiará diretamente 35 famílias da associação dos apicultores do município.

Da Redação
foto - Manu Dias/Gov Ba. 
O abastecimento para 150 mil baianos de Ponto Novo e outros oito municípios do Centro Norte do estado vai ser reforçado com mais 9 milhões de metros cúbicos de água, com a implantação de um Fusegate, equipamento de tecnologia francesa, na barragem local, que terá a capacidade de reserva aumentada em 24%. A ordem de serviço foi assinada pelo governador Rui Costa na manhã deste sábado (10), na sede de Ponto Novo, junto com a entrega de cinco equipamentos hospitalares e da assinatura de autorização para a implantação de um projeto, por meio do programa Bahia Produtiva, que beneficiará diretamente 35 famílias da associação dos apicultores do município.
Segundo Rui, além dos R$ 7,5 milhões na barragem, serão investidos outros R$ 6,5 milhões, também autorizados por ele neste sábado, para aumentar a produção com criação de peixes e para os agricultores. “Isso significa mais emprego e renda para toda a região. E aqui ao lado temos uma nova estação de tratamento que já está abastecendo Senhor do Bonfim, Filadélfia, Jaguarari e os demais municípios. Somente na adutora nova foram investidos mais R$ 60 milhões pelo Governo do Estado, garantindo abastecimento de Jacobina a Senhor do Bonfim”.

sistema Fusegate/ilustração
Fusegate
O sistema fusegate possibilita o controle dos vertedouros sem necessidade de intervenção humana ou elétrica. Com a vantagem de possuir baixo valor de investimento e altos resultados, o principal objetivo do equipamento, composto por módulos de concreto ou aço implantados sobre a crista do vertedouro, é aumentar o acúmulo de água nas reservas, garantindo a segurança hídrica. É um dos métodos mais eficazes e baratos e pode ser instalado em qualquer tipo de barragem.
Cesare de Simone, diretor técnico da Hydroplus, empresa responsável pela instalação do sistema fusegate, informa que os estudos para a implantação começam na próxima segunda-feira. “Teremos o tempo de fabricação e instalação das peças. A previsão é que o projeto esteja implantado em no máximo 15 meses. Já temos dois projetos destes implantados na Bahia, um na barragem de Jacobina e outro com a Embasa, em Itaparica, garantindo o abastecimento de água para essas regiões”.
Com informações da Secom Ba. 10/12/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"