segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Governador Rui Costa anuncia redução de ICMS para ampliar integração metrô/ônibus em Salvador

Mobilidade 🚇 🚌

Já demos 1% de redução de ICMS no preço do diesel para as empresas de transporte coletivo, como incentivo para ampliar a integração dos ônibus ao metrô. Vamos dar mais 1% de redução, pois acelerar a adesão das empresas à integração é muito importante para a população, já que o transporte pesará menos no seu bolso”, afirmou Rui.

Da Redação
foto -  Daniele Rodrigues/GOVBA)
Em sua chegada para visita à Linha 2 do metrô, que começou a operar nesta segunda-feira (5), o governador Rui Costa afirmou que, até maio, o Metrô chegará à Estação de Pituaçu, desafogando o trânsito na Avenida Paralela e facilitando a vida de quem mora e trabalha na região. A previsão é que já no final de 2017 o serviço esteja funcionando até Lauro de Freitas. Rui também destacou que tem tomado medidas para acelerar a integração dos ônibus ao sistema metroviário.
“Já demos 1% de redução de ICMS no preço do diesel para as empresas de transporte coletivo, como incentivo para ampliar a integração dos ônibus ao metrô. Vamos dar mais 1% de redução, pois acelerar a adesão das empresas à integração é muito importante para a população, já que o transporte pesará menos no seu bolso”, afirmou Rui.
Ele também lembrou que, desde que o Governo do Estado assumiu o metrô, as obras avançaram em ritmo acelerado. “Agora, estamos iniciando a operação da Linha 2, com três novas estações - Acesso Norte 2, Detran e Rodoviária. É importante lembrar que, quem vier da Linha 1, pode fazer a migração para Linha 2 e ganhar mais tempo no seu deslocamento pela cidade”.

Geração de empregos
A geração de emprego na construção do metrô foi destacada pelo governador Rui Costa. Ao todo, são 8.500 trabalhadores contratados pela CCR Metrô Bahia, entre os que estão executando as obras e os que operam o sistema. Rui aproveitou a oportunidade para parabenizar esses operários.
“Isso nos orgulha muito. São 8.550 famílias tirando o seu ‘ganha pão’ das obras do metrô, enfatizou Rui, ressaltando os 14 anos em que a obras se arrastaram, servindo até de brincadeiras em outros estados. “Chamavam de metrô calça curta. Agora, em três anos, estamos com a obra em ritmo acelerado, cronograma dentro do prazo e estimativa de público dentro do projetado”.
Conforto e agilidade
De acordo com o presidente da CCR Metrô Bahia, Luís Valença, agora o passageiro tem a opção de chegar mais rápido à rodoviária, saindo tanto da Lapa, quanto de Pirajá. “Para quem sair dessas duas estações, salta no Acesso Norte e faz a baldeação para a Linha 2. A depender do local, não precisa nem pegar escada rolante. É fácil e mais confortável. Da Lapa até a rodoviária são 14 minutos de trajeto, e saindo de Pirajá, são 13 minutos”, explicou.
Valença falou também da parceria com o Governo do Estado para a conclusão dessa primeira etapa da nova linha. “Trabalhamos juntos em todas as etapas - na aprovação do projeto, nas questões que envolvem a reorganização do trânsito, junto aos órgãos competentes, em tudo. O governo está nos apoiando em todo o processo. É realmente um trabalho de parceria”, destacou.
O secretário de Desenvolvimento Urbano do Estado, Carlos Martins, destacou que o início da operação da Linha 2 aumentará o fluxo de 50 mil passageiros por dia para mais de 100 mil/dia. “Esse é o passo mais importante para a consolidação do metrô de Salvador, que será a primeira capital do país a ter metrô que liga o centro ao aeroporto”, afirmou Martins. Já abertas aos usuários, as estações Acesso Norte 2, Detran e Rodoviária receberam um investimento total de R$ 510 milhões.
Com informações da Secom Ba.  05/12/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"