sábado, 12 de novembro de 2016

VLT,uma solução sustentável e bem vinda

Mobilidade 🚄

O velho bonde ressurgiu repaginado,modernizado e agora é VLT ou Bonde Moderno.A sua elegância singela e a sutileza com que se mistura ao ambiente urbano,além de ser hoje um veículo bastante difundido,adotado e utilizado por um grande numero de cidades em vários países no mundo,é também uma solução moderna,racional e eficiente para resolver e atenuar de maneira sustentável os graves problemas de mobilidade nos centros urbanos,hoje duramente castigados pelo excesso de veículos em circulação e dependente do tradicional sistema de transporte sobre pneus que não consegue mais atender as demandas de deslocamentos da população. - E Salvador não pode ficar fora desse contexto.

A.Luis
VLT de Lyon - foto ilustração/Pregopontocom
Movido a eletricidade, com menor impacto operacional e ao meio ambiente,o uso do sistema de VLT (Veículo Leve sobre Trilhos)também conhecido como Bonde Moderno,já bastante difundido e usado em varias cidades pelo mundo toma folego no Brasil.Em várias cidades do Nordeste*, Maceió(AL),Recife(PE),João Pessoa(PB),Natal(RN),Fortaleza/Parangaba/Sobral/Cariri(CE),no Rio de Janeiro e em Santos/São Vicente(SP) já aderiram ao modal.
O investimento inicial do VLT de fato é maior do que o do sistema de BRTs,mais por tratar-se de projeto de médio e longo prazo o retorno é maior em virtude da sua maior e longa vida útil.
Por ser um veículo com menor impacto ambiental,movido a energia limpa,além de não causar cicatrizes no tecido urbano das cidades,e de se integrar perfeitamente ao ambiente a sua volta,ocupam menos espaços e utilizam menos estruturas de concreto do que os sistemas de BRT, tornando-se um sistema ideal como solução para a mobilidade nos centros urbanos.
Os VLTs tanto podem circular nas vias normais de tráfico (VLT urbano),como também podem operar em vias segregadas,um sistema também chamado de metrô leve,praticamente dobrando a sua capacidade de transporte de passageiros.
Os sistemas modernos de VLT utilizam hoje uma avançada tecnologia operacional,seja na condução,sinalização,vias permanentes e alimentação elétrica,podendo circular nas areas urbanas sem o uso das tradicionais catenárias aéreas e pantógrafos,utilizando o sistema APS (Alimentação pelo solo) ou sistemas de supercapacitores,que podem ser recarregados em 35 segundos nos locais de paradas para embarque e desembarque de passageiros.

foto - ilustração/arquivo
O VLT além do conforto oferecido aos seus usuários,como climatização,deslocamento suave,e o fato de ser um veículo silencioso,tem a capacidade de se integrar perfeitamente a paisagem urbana,pela sua forma elegante com característica singela e harmoniosa,além de ser também um grande indutor do turismo nas cidades que adotam esse sistema de transporte,pois graças a sua atratividade e a concepção do seu design,possibilita uma ampla visibilidade do ambiente externo aos passageiros que nele circulam.
Mas seguros,mais duráveis,mais confortáveis,maior capacidade de transporte de passageiros,melhor acessibilidade (piso baixo) e menos poluente do que os tradicionais sistemas de transportes por ônibus,incluído ai o BRT, o VLT,já bastante utilizado em várias cidades pelo mundo desponta como a nova aposta de modernidade,e solução racional para a mobilidade nos centros urbanos e também ligações intercidades,cidades vizinhas,que compõem o circulo das regiões metropolitanas nas grandes cidades.
A cidade de Salvador (BA)que já conta com duas linhas de Metrô,uma concluída e outra em processo bastante avançado de construção,também já aderiu ao VLT,já tendo pronto um projeto para substituição dos velhos cansados trens,com mais de seis décadas de uso,da "orla ferroviária"por um sistema moderno de VLT,confortável,climatizado,com piso baixo (acessibilidade universal),que sem dúvida nenhuma oferecerá aos moradores das localidades ao longo do seu entorno uma melhor qualidade de vida,uma melhor e mais segura forma de deslocamento,além de naturalmente impulsionar a economia e o turismo local.
O VLT não é um separador ou um sistema individualizado,pelo contrário,é um sistema agregador que se incorpora perfeitamente ao ambiente urbano e aos diversos modais existentes através da integração física e tarifária,formando assim uma rede de transportes eficiente,moderna,harmoniosa e racional,trazendo enormes benefícios para os seus usuários e as localidades por ele atendidas.
O VLT por tanto é uma solução ideal,moderna,sustentável e adequada de mobilidade para atender as necessidades de demandas ainda reprimidas em Salvador.
Pregopontocom  12/11/2016

*Os VLTs dos estados do Nordeste,fabricados no Brasil pela Bom Sinal(Barbalha CE),que substituíram em sua maioria antigos trens suburbanos e metropolitanos,tem algumas características diferenciadas dos VLTs elétricos urbanos.São VLTs também climatizados,mais com piso alto e propulsores movidos a biodiesel,tem bitola métrica,e utilizam em sua maioria antigas linhas de trens existentes reformadas e adequadas a operação dos veículos.Mesmo não sendo elétricos os VLTs tem emissão de gazes reduzida,tendo sido por duas vezes consecutivas o VLT(Bom Sinal) do Cariri,o 1º a entrar em operação no Ceará,detentor do 1º lugar do prêmio Green Best (Sustentabilidade) em 2011 e 2012 respectivamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"