quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Vitória (ES) substituírá projeto de BRT por ciclovias e corredores de ônibus

Mobilidade

Em vez do BRT (Bus Rapid Transit), os recursos já aprovados deverão ser alocados para a construção de corredores exclusivos de ônibus e de estruturas cicloviárias integradas à rede de transporte. 

Folha Vitória 
foto - ilustração
Projeto do governo do ES, aprovado ontem (9) pela Assembleia Legislativa, altera o Programa de Investimentos em Mobilidade Urbana da região metropolitana de Vitória. Em vez do BRT (Bus Rapid Transit), os recursos já aprovados deverão ser alocados para a construção de corredores exclusivos de ônibus e de estruturas cicloviárias integradas à rede de transporte.
Em 2010, quando o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung (PMDB), propôs implantar o sistema de BRT, a justificativa era de que o sistema configurava a melhor proposta para melhorar a mobilidade na Grande Vitória.
Todavia agora, alegando o alto custo do empreendimento, o executivo propõe utilizar o recurso do projeto (R$ 530,4 milhões) em soluções menos onerosas, como a instalação de faixas preferenciais para ônibus e intervenções para incentivar o uso da bicicleta.
O governo cita o alto custo do investimento e a crise econômica para justificar a reprogramação dos recursos. “Os recursos contratados não são suficientes para implantar o BRT, em razão do alto custo do investimento e da conjuntura financeira e econômica atual”, registra o texto aprovado ontem.
A matéria foi aprovada em reunião conjunta das comissões de Justiça, Mobilidade Urbana e Finanças. Em seguida, a proposição foi aprovada também pelo Plenário.
No Brasil, o BRT está presente em cidades como Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS), Recife (PE) e São Paulo (SP).
Fonte - Mobilize  10/11/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"