sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Via Barradão tem quase 50% dos serviços executados

Infraestrutura urbana

A obra está na fase de terraplanagem, drenagem e pavimentação.A intervenção, que conta com um investimento de R$ 35 milhões, vai beneficiar 500 mil moradores de bairros como Canabrava e Nova Brasília,além de garantir maior fluidez ao trânsito do local e,principalmente, facilitar a acessibilidade de torcedores do Vitória durante os jogos do clube no Estádio Barradão.

Da Redação
foto - Daniele Rodrigues/ ASCOM SEDUR
A obra viária executada pelo governo baiano para interligar a Avenida Luís Viana Filho (Paralela), na altura do Trobogy, com a Rua Artêmio Castro Valente, próximo ao Estádio Manoel Barradas, o Barradão, já tem aproximadamente 50% dos serviços executados. O governador Rui Costa conferiu, na manhã desta sexta-feira (4), o andamento da Via Expressa Paralela-Barradão, acompanhado do secretário de Desenvolvimento urbano (Sedur), Carlos Martins, e do presidente da Conder, José Lúcio Machado. A obra está na fase de terraplanagem, drenagem e pavimentação.
“Esta é uma obra extraordinária. São quatro pistas que vão ligar a Paralela ao estádio. E, mais importante que isso, será o acesso às diversas comunidades da região. Esses moradores passam a ter uma via de acesso fácil, que, ao final, contará com uma estação do metrô. Essa obra se soma ao projeto das avenidas 29 de Março e Gal Costa, formando uma integração transversal de Salvador, ligando a orla atlântica, o subúrbio, o miolo da BR 324 e as linhas 1 e 2 do metrô”, destacou o governador.
A intervenção, que conta com um investimento de R$ 35 milhões, vai beneficiar 500 mil moradores de bairros como Canabrava e Nova Brasília, além de garantir maior fluidez ao trânsito do local e, principalmente, facilitar a acessibilidade de torcedores do Vitória durante os jogos do clube no Estádio Barradão. "É uma obra importante de mobilidade, que vai beneficiar todo o entorno do estádio e valorizar essa região, com intervenções também de urbanização e paisagismo", pontuou Carlos Martins.
Outra vantagem proporcionada pela via será a facilidade que os moradores da região terão para se deslocar até a estação Trobogy do metrô, quando entrar em operação a Linha 2 do sistema metroviário, assim como facilitará a conexão à futura Avenida 29 de Março, pela Via Regional e Sete de Abril, e à Avenida Gal Costa, através do bairro de Pau da Lima.
De acordo com Rui Costa, a capital baiana está sendo transformada com novos vetores de desenvolvimento. “Já fui informado que diversos empreendimentos estão se articulando para se inserir nessa região. Condomínios residenciais, supermercados, faculdades e outros. Estamos abrindo mais do que uma via de acesso, estamos criando um vetor de desenvolvimento, de geração de emprego e de novos empreendimentos para a cidade”, ressaltou.

Intervenções
A via terá sete metros de largura e 3,68 quilômetros de extensão. Entre as intervenções que estão sendo executadas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), estão duas faixas de tráfego em cada sentido, calçadas (passeios) com 1,5m e canteiro central. O novo acesso ganhará, ainda, microdrenagem, iluminação pública, sinalização viária e obras de urbanização e paisagismo. A previsão é que os trabalhos fiquem prontos no segundo semestre do próximo ano.

Visita
Após percorrer a obra, o governador Rui Costa visitou o Centro de Treinamento (CT) do Esporte Clube Vitória, a convite do presidente, Raimundo Viana. Na ocasião, Rui conheceu as instalações e também o percurso da via até o CT.
Com informações da Sedur Ba.  04/11/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"