segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Talgo fornecerá trens de alta velocidade para a RENFE na Espanha

Transportes sobre trilhos  🚅

A primeira das composições da família Avril do Talgo,devera estar pronta para entrada em serviço no prazo de 38 a 42 meses.Os trens com velocidade de 330 km / h,terão 416 assentos standard e 105 na classe executiva,dispostos em 2+2 e 3+2,e serão reversíveis de acordo com o sentido da viagem.

Da Redação
foto - Railway Gazette
A Talgo foi escolhida para um contrato de fornecimento de 15 composições de alta velocidade (TAV) para a RENFE,incluido também a manutenção por 30 anos.A escolha foi anunciada no dia 28/11 pelo ministro do Desenvolvimento Íñigo de la Serna.
A primeira das composições da família Avril do Talgo,devera estar pronta para entrada em serviço no prazo de 38 a 42 meses.
Os trens com velocidade de 330 km / h,terão 416 assentos standard e 105 na classe executiva,dispostos em 2+2 e 3+2,e serão reversíveis de acordo com o sentido da viagem.
O contrato está avaliado em € 786·5m,que segundo o ministério foi de 28% abaixo de ofertas iniciais, com a oferta da Talgo conseguido o topo de pontuação para ambos os critérios técnicos e financeiros. Manutenção deve ser realizado através de uma joint venture com a Renfe INTEGRIA Fabricação y Mantenimiento.
Existe uma opção para aquisição de mais 15 composições e um adicional de 10 anos de manutenção que levaria o valor global de 1 €·50 bi.

foto - Railway Gazette
Sete empresas tinham sido inicialmente pré-qualificadas para o contrato, no entanto um questionamento legal da Bombardier resultou na remoção de um requisito para a produção nacional,e novas propostas foram apresentadas pela Alstom, Bombardier,CAF, Siemens e Talgo.
Talgo Presidente Carlos Palacio Oriol disse que ganhar o contrato foi "excelente" notícia. "Ao escolher o trem Avril, Espanha e Talgo reforçar a sua posição em todo o mundo como uma referência de qualidade no mercado de alta velocidade", disse ele.
O Presidente Carlos Palacio Oriol disse que a Talgo investiu € 50m no desenvolvimento do TAV Avril ao longo de oito anos,para ser o trem de alta velocidade mais avançado no mundo".Disse que é o mais leve,o mais rápido,o mais eficiente e sustentável trem que foi concebido antes da liberalização do mercado ferroviário europeu,que ele acredita que irá forçar os operadores a reduzir os custos operacionais e de capital por passageiro.
Com informações da Railway Gazette  28/11/2016



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"