sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Concluída perfuração de túnel sob a Avenida Paralela

Infraestrutura urbana

As obras de interligação das avenidas Gal Costa e Pinto de Aguiar contemplam a construção de um mergulho já concluído nesta avenida e dois túneis duplos, sendo que os trabalhos de perfuração foram concluídos em um dos eixos, que funcionará no sentido Orla Marítima x Orla Ferroviária. 

Da Redação
foto -  Lucas Pondé/Conder
Aguardada com expectativa pelos engenheiros e operários envolvidos nas obras de implantação da Linha Azul, a perfuração de um túnel sob a Avenida Paralela foi concluída nesta quinta-feira (10). Com 150 metros de extensão, o túnel integra o sistema que permitirá a ligação direta entre o bairro de Patamares e a Avenida Gal Costa.
A Linha Azul vai desafogar o trânsito na região da Avenida São Rafael, onde estão localizados diversos empreendimentos comerciais e habitacionais, além de um grande hospital. O tempo de deslocamento para quem trafega em direção ao subúrbio e à BR-324 será reduzido.
As obras de interligação das avenidas Gal Costa e Pinto de Aguiar contemplam a construção de um mergulho já concluído nesta avenida e dois túneis duplos, sendo que os trabalhos de perfuração foram concluídos em um dos eixos, que funcionará no sentido Orla Marítima x Orla Ferroviária.
Vias de superfície que complementam o trecho de aproximadamente dois quilômetros também já começaram a ser pavimentadas. A expectativa é que esta etapa da Linha Azul - intervenção do Governo do Estado iniciada com a duplicação da Pinto de Aguiar – seja concluída no primeiro semestre de 2017.

Maior complexo de túneis do Nordeste
De acordo com o diretor de Obras Estruturantes da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), Sérgio Silva, os túneis da Linha Azul são um marco importante para a história da engenharia na Bahia. Totalizando mais de 1,5 mil metros, eles vão formar o maior complexo de túneis do Nordeste em uma via urbana e um dos maiores do país.
“Esta etapa envolveu um grande desafio técnico de engenharia, já que estes túneis estão sendo executados numa região de baixíssima cobertura de solo, chegando a menos de 3 metros abaixo do pavimento da Paralela. Tudo isso em uma região de grande circulação de veículos e movimentação de maquinário pesado, em virtude das obras da linha 2 do metrô. E o mais importante, sem interferir na dinâmica da principal avenida da cidade”, destaca Silva.
O secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, também comemora o avanço das obras. “Esse túnel é a concretização da ligação direta da Avenida Pinto de Aguiar à Avenida Gal Costa. É uma importante etapa das obras da Linha Azul, que ligará, de maneira rápida e segura, o Subúrbio e a Orla de Salvador, oferecendo mais conforto aos soteropolitanos e diminuindo os focos de engarrafamento”, afirma Dauster.

Expertise tecnológica
No trabalho de implantação dos túneis que interligam a Pinto de Aguiar e a Gal Costa está sendo empregado um alto grau de expertise tecnológica, com a utilização de um método de perfuração de sucesso mundial, altamente utilizado nos países de primeiro mundo, chamado New Austrian Tunneling Method (NATM).
Com informações da Secom Ba. 11/11/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"