terça-feira, 22 de novembro de 2016

China Railway Corp conclui testes com dois protótipos de TAV (350/km) com tecnologia chinesa

Transportes sobre trilhos 🚅

Os trens de alta velocidade (UME-350/km) com padrão chines,projetos Blue Dolphin e Golden Phoenix,foram desenvolvidos usando a tecnologia totalmente nacional,ao contrário dos 23 tipos de trem de alta velocidade que operam atualmente na China,baseados em projetos internacionais.

Da Redação
foto - Railway Gazette
Dois protótipos UME de alta velocidade (350 km),com padrão chinês,testados pela China Railway Corp,concluíram com êxito os mais de 600.000 km de testes de avaliação executados,no âmbito de um programa que começou em junho de 2015.
Os trens de alta velocidade (🚅 - 350/km) com padrão chines,foram desenvolvidos usando a tecnologia totalmente nacional,ao contrário dos 23 tipos de trem de alta velocidade que operam atualmente na China,baseados em projetos internacionais.Três composições foram construídas por diferentes fabricantes utilizando equipamentos de tração padronizados,truques e outros componentes chaves,das quais apenas duas delas foram utilizadas para o programa de testes.Os dois projetos escolhidos foram batizados com os nomes códigos de Blue Dolphin,construído pela CRRC Qingdao Sifang,e Golden Phoenix desenvolvido pela CRRC Changchun Railway Vehicles.O terceiro projeto desenvolvido pela CRRC Tangshan,não participou dos testes.
Os trens foram testados em três rotas para verificar a sua adequação em diferentes estruturas de linhas.Foram incluídas seções da Datong,linha de alta velocidade recém inaugurada de Xi'an a Zhengzhou,a rota de Xuzhou,bem como a mais antiga, Dalian a Shenyang,linha de passageiros.Os trens foram testados até a velocidade de 385 km/h em diversas condições climáticas.
De acordo com o engenheiro-chefe CRRC Ele Huawu, os trens têm demonstrado "boa compatibilidade com as normas internacionais vigentes,e não houve uma única falha devido à defeitos de fabricação ou reação roda-trilho.
Após a conclusão do programa de testes no final de outubro,os dois protótipos foram devolvidos aos seus respectivos fabricantes.Eles agora vão ser desmontados para uma investigação técnica,a fim de avaliar as condições dos componentes chaves,depois de terem cumprido o programa intenso de testes percorrendo uma distância estimada de 630.000 km.
Com informações da Railway Gazette  21/11/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"