quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Abertura da Flica terá lançamento do Mapa da Palavra

Arte&Cultura

Pelo segundo ano seguido, Governo do Estado realiza uma ampla programação voltada para as áreas de educação, cidadania, cultura e turismo. A abertura será às 15h, no Claustro do Convento do Carmo, com a apresentação da historiadora e escritora Mary Del Priore, que vai enfocar o tema 'Histórias da Gente Brasileira'. A mesa será mediada pelo secretário estadual da Cultura, Jorge Portugal.

Da Redação
Foto - Camila Souza/Gov.Ba.
Nesta quinta-feira (13), tem início a Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), que acontece até domingo (16), no município do Recôncavo baiano. Pelo segundo ano seguido, Governo do Estado realiza uma ampla programação voltada para as áreas de educação, cidadania, cultura e turismo. A abertura será às 15h, no Claustro do Convento do Carmo, com a apresentação da historiadora e escritora Mary Del Priore, que vai enfocar o tema 'Histórias da Gente Brasileira'. A mesa será mediada pelo secretário estadual da Cultura, Jorge Portugal.
Durante a abertura, Jorge Portugal fará a apresentação do resultado do Projeto Mapa da Palavra, composto por um site e quatro publicações, que serão distribuídas gratuitamente durante a Flica. Desenvolvido pela Fundação Cultural do Estado (Funceb), o projeto de mapeamento identificou artistas da palavra nos 27 territórios de identidade da Bahia, buscando ajudar a divulgar suas produções.
O site contará com minibiografias e trabalhos literários dos autores, como uma galeria permanente dos artistas da palavra da Bahia, e poderá ser consultado a partir do dia do lançamento. Pela manhã, a Secretaria de Educação do Estado vai promover, no Espaço Educar para Transformar, o Sarau do Concurso Festa Literária na Rede Estadual: 169 anos de Castro Alves, com a participação dos estudantes vencedores do concurso, que teve 121 obras inscritas nos distintos gêneros literários (poesia, prosa, carta e cordel).
O objetivo do concurso é promover ações voltadas para o desenvolvimento das experiências criativas nos contextos escolares e a preservação da memória cultural da Bahia. Neste caso especial, os estudantes foram motivados a produzir escritos literários baseados nas diversas temáticas da obra do escritor Castro Alves. O Espaço Educar para Transformar- palco das ações do Governo na Flica-, fica instalado na Casa do Iphan, em frente à Câmara Municipal de Cachoeira.
Com informações da Secom Ba.  12/10/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"