terça-feira, 20 de setembro de 2016

Workshop de trânsito discute ações conjuntas para reduzir acidentes

Trânsito

O evento, promovido pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), marcou o terceiro dia de atividades da Semana Nacional de Trânsito (SNT) e discutiu ações conjuntas para diminuir o número de vítimas de acidentes.

Da Redação
foto-ilustração/arquivo
Em 2015, foram registradas no Brasil mais de 40 mil mortes em acidentes de trânsito. Na Bahia, morrem anualmente 370 pessoas nas estradas estaduais. Os números foram apresentados no Workshop Grupo Gestor Vida no Trânsito, nesta terça-feira (20), no Grande Hotel da Barra, em Salvador. O evento, promovido pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA), marcou o terceiro dia de atividades da Semana Nacional de Trânsito (SNT) e discutiu ações conjuntas para diminuir o número de vítimas de acidentes.
O encontro teve a participação também da Polícia Rodoviária Federal (PRF), do Ministério da Saúde, do Esquadrão Águia da Polícia Militar, das secretarias municipais de Mobilidade e Saúde e da Transalvador. “Trânsito hoje é uma questão de saúde pública, uma epidemia, sendo o custo com internamento, medicamentos e UTI muito alto. Por isso, a Sesab não poderia ficar de fora do planejamento das ações preventivas para enfrentar o problema", disse a diretora da Vigilância Epidemiológica do órgão, Maria Aparecida Figueiredo.
O grupo gestor é um colegiado composto por membros de intuições públicas de trânsito, segurança e saúde, atualmente sob a coordenação do Detran, que defende a consolidação dos dados estatísticos de acidentes, com o objetivo de implementar políticas públicas eficazes no setor. Segundo o seu diretor geral, Lúcio Gomes, é preciso atuar conjuntamente para ter números mais confiáveis, usando as ferramentas da tecnologia. “Assim, as nossas ações poderão ser realizadas atacando os principais gargalos, e a sociedade terá uma visão mais abrangente dos impactos do trânsito".
Com informações da Secom Ba.  20/09/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"