terça-feira, 13 de setembro de 2016

PPP do metrô de Salvador é destaque de curso em São Paulo

Parceria Público-Privada

A PPP do Metrô de Salvador é parte do painel “Soluções para cidades e estudos e casos”, programado para o segundo dia do evento. A apresentação será feita pela equipe da Sefaz-Ba, e envolve, além das regras gerais de parcerias entre os setores público e privado, a estruturação dos projetos, direitos e deveres de ambos os lados. 

Da Redação
foto - ilusração/arquivo
O modelo de Parceria Público-Privada (PPP) estabelecida pelo Governo da Bahia para o avanço do Metrô de Salvador/Lauro de Freitas será um dos temas do Curso Avançado de PPP e Concessões, que acontece na sede da Fiesp, em São Paulo, nesta terça e quarta-feira. O evento, promovido pela Rede Intergovernamental para o Desenvolvimento das Parcerias Público-Privadas (RedePPP) em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o Fundo Multilateral de Investimento (Fomin), reúne agentes e servidores públicos federais, estaduais e municipais e visa debater a estruturação de projetos por meio de PPPs e concessões.
A PPP do Metrô de Salvador é parte do painel “Soluções para cidades e estudos e casos”, programado para o segundo dia do evento. A apresentação será feita pela equipe da Sefaz-Ba, e envolve, além das regras gerais de parcerias entre os setores público e privado, a estruturação dos projetos, direitos e deveres de ambos os lados.
Formada por mais de 30 organizações brasileiras, entre estados, municípios, órgãos federais e agências de fomento, a RedePPP é coordenada pela Sefaz-Ba e vem construindo parcerias institucionais para estímulo a projetos do setor, além de desenvolver uma base de dados das iniciativas brasileiras de PPP e de promover iniciativas voltadas para a disseminação de conhecimento entre os responsáveis pela elaboração de projetos na área.
O Curso Avançado de PPP e Concessões tem entre seus objetivos abordar os desafios do setor, principalmente na estruturação dos projetos de grande relevância em infraestrutura, a exemplo do Metrô de Salvador. “A qualificação técnica é fundamental para o desenvolvimento dessa área que amplia as perspectivas de investimentos no país, em um momento de grandes dificuldades para as finanças do setor público”, ressalta o secretário da Fazenda da Bahia, Manoel Vitório.
Com informações da Secom Ba.  12/09/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"