terça-feira, 20 de setembro de 2016

CBTU investe em melhorias para garantir operação com trens acoplados em Belo Horisonte

Transportes sobre trilhos

O objetivo do sistema é garantir maior segurança aos condutores no momento do fechamento das portas, em composições de até oito carros, viabilizando a operação com trens acoplados em Belo Horizonte. 

CBTU
CBTU
Está em fase de licitação a implantação de Circuito Fechado de Televisão (CFTV) que envia imagens da plataforma do metrô para monitores instalados nas cabines de condução dos trens. O objetivo do sistema é garantir maior segurança aos condutores no momento do fechamento das portas, em composições de até oito carros, viabilizando a operação com trens acoplados em Belo Horizonte.
“Ao aprimorar a segurança do metrô, elevamos a qualidade do serviço”, afirma o superintendente da CBTU Belo Horizonte, Miguel Marques. “O atual sistema de CFTV não cobre toda a extensão das plataformas, o que dificulta a utilização regular de trens acoplados, principalmente, nas estações em curva onde o condutor não tem a visão de toda a extensão do trem. Com a ajuda dessas novas tecnologias e câmeras, vamos aumentar a oferta de transporte, sobretudo nos horários de pico onde existe uma demanda reprimida, além de detectar e resolver incidentes de forma mais rápida e efetiva”. Ainda de acordo com o superintendente, os recursos para a implantação do novo sistema foram possíveis graças ao empenho junto à Administração Central da Companhia. “Mesmo com todas as dificuldades, em razão da crise, conseguimos a atenção do presidente da CBTU, José Marques, que nos garantiu o investimento”, concluiu.
Tecnologia de ponta: O investimento envolverá o aumento do número de câmeras nas plataformas, a instalação de conjuntos transmissores/receptores, de gravadores de vídeo nas estações e de monitores de vídeo nas cabines dos trens. A nova contratação contemplará os fornecimentos e os serviços de instalação. Ao todo, serão instalados cerca de 150 novas câmeras fixas, 120 transmissores / receptores de vídeo, 40 gravadores de vídeo e 60 monitores.
A operação com trens acoplados poderá ampliar em torno de 50% a capacidade de atendimento do sistema, elevando para cerca de 320 mil o número de lugares disponibilizados diariamente. As composições poderão ainda ser acopladas ou utilizadas, individualmente, de acordo com a necessidade da Companhia.
Todas as soluções técnicas já foram testadas e aprimoradas com base em um protótipo implantado na estação Calafate e no trem 01.
Fonte - CBTU  19/09/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"