quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Secretário Carlos Martins (Sedur-Ba) visita obras do sistema viário Águas Claras/Cajazeiras

Infraestrutura Urbana

O sistema viário integra a futura Avenida 29 de Março, via responsável pela ligação entre a Avenida Orlando Gomes, já duplicada pelo Governo, e a BR-324. Essas intervenções urbanas fazem parte da Linha Vermelha, corredor que vai ligar os bairros de Piatã e Paripe, no Subúrbio Ferroviário de Salvador.

Da redação
foto - Daniele rodrigues/Ascom-Sedur
Em breve, Salvador vai ganhar um novo sistema viário na região de Águas Claras/Cajazeiras. A obra, em reta final de conclusão, foi visitada nesta quinta-feira (25), pelo secretário de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Carlos Martins. Acompanhado do presidente da Conder, José Lúcio Machado, e do diretor de Obras Estruturantes da Conder, Sérgio Silva, o titular da Sedur percorreu todo o sistema viário Águas Claras/Cajazeiras e acompanhou de perto os ajustes finais para a conclusão da obra, com serviços de urbanização e infraestrutura.
“Podemos notar que a obra se encontra na fase dos últimos ajustes. E que é uma obra que vai mudar para melhor essa região, desafogando o trânsito, trazendo mais comodidade para os moradores de Águas Claras e Cajazeiras, e também para quem segue no sentido BR-324”. As obras incluem novos acessos e trechos, que vão influenciar diretamente também no acesso à Via Regional e à BA-528 (Estrada do Derba).
O sistema viário integra a futura Avenida 29 de Março, via responsável pela ligação entre a Avenida Orlando Gomes, já duplicada pelo Governo, e a BR-324. Essas intervenções urbanas fazem parte da Linha Vermelha, corredor que vai ligar os bairros de Piatã e Paripe, no Subúrbio Ferroviário de Salvador.

foto - Daniele Rodrigues/Ascom-Sedur
Na visita, os gestores chegaram até as proximidades do local que abrigará futuramente a estação de metrô de Águas Claras, que fará parte do Tramo 3 do metrô, com a ampliação da Linha 1 (cujo edital foi lançado no último dia 13). Futuramente, a região ainda receberá a nova Rodoviária de Salvador, que será vizinha da estação de metrô.
Com investimento de R$ 50 milhões, oriundos do Governo Federal, por meio do Ministério das Cidades, e contrapartida estadual, o novo sistema viário é formado por uma via marginal à BR-324, com extensão de 1,9 quilômetro incluindo um viaduto sobre a Rua Célia Nogueira, e um conjunto de vias totalizando 4,2 quilômetros, dispondo de alças de acesso à BR-324 e um acesso ao sistema de transporte (BRT), além de ciclovia, passeios com piso tátil, escadas, passagem para pedestres, sinalização e paisagismo.
Com informações da Sedur  25/08/2015

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"