sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Canditado a prefeito de Cuiabá afirma que defenderá conclusão do VLT

Transportes sobre trilhos

O candidato do PDT à Prefeitura de Cuiabá,ex-juiz federal Julier Sebastião da Silva disse que irá cobrar a conclusão da obra sob pena de sujeitar o Estado a punições que o município pode impor no âmbito administrativo,por exemplo,pois todas as obras no perímetro do município são de interesse da Prefeitura”.Julier foi o magistrado responsável por determinar a retomada da obra no ano de 2012.

Midia News
Marcus Mesquita/Midia News
O candidato do PDT à Prefeitura de Cuiabá, ex-juiz federal Julier Sebastião da Silva, assumiu compromisso de buscar a conclusão do Veículo Leve sobre Trilho (VLT).
Ele afirmou que o município tem o dever de defender o modelo de transporte junto ao governo do Estado.
“Vamos cobrar a conclusão da obra sob pena de sujeitar o Estado a punições que o município pode impor no âmbito administrativo, por exemplo, pois todas as obras no perímetro do município são de interesse da Prefeitura”, afirma Julier, ao ressaltar ainda que já foram gastos cerca de R$ 1,2 bilhão e esse dinheiro não pode ser jogado fora.
Como juiz federal, Julier foi o magistrado responsável por determinar a retomada da obra no ano de 2012.
“O povo cuiabano merece transporte de qualidade e por isso vamos fazer também a defesa política que é de responsabilidade do prefeito”.
Com o VLT, a Prefeitura promoverá a interligação entre os diversos modais.
De acordo com o candidato, caso eleito, ele deseja realizar o processo licitatório para o transporte coletivo, o que promoverá barateamento da tarifa de ônibus e fará com que Cuiabá tenha o menor valor entre as capitais brasileiras.
Cuiabá tem tarifa de R$ 3,60, enquanto em São Paulo e Rio de Janeiro, que possuem itinerários bem maiores, os valores são apenas R$ 0,20 mais caros.
Segundo o candidato, o município também discutirá a regulamentação de transporte por meio de van e licenciará mais vagas para táxi e mototaxi.
Além disso, conforme Julier, o diálogo das propostas com a sociedade será feito previamente por meio do Conselho da Cidade e Câmara Municipal, o que garantirá a inclusão de diversos segmentos na escolha do futuro de Cuiabá.
Fonte - Mídia News 26/08/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"