quinta-feira, 7 de julho de 2016

Salvador e Porto Seguro vão receber voos de Airbus A320neo

Transporte aéreo

A previsão é que a capital baiana inicie em dezembro a operação dos voos com Airbus, que acontecem atualmente de segunda-feira a sábado com Embraer 195. A duração da viagem entre Porto Seguro e Campinas é de 55 a 60 minutos. Já os voos de Salvador com destino ao interior paulista, estão previstos para novembro. Com duração média 1h20, eles acontecem em duas frequências diárias saindo de cada cidade.

Da Redação
foto - ilustração/Airbus
A partir de novembro, quem pretende viajar de Salvador e Porto Seguro com destino a Campinas, em São Paulo, vai contar com voos em novos Airbus A320neo. Os trechos escolhidos na Bahia pela companhia Azul Linhas Áreas têm assentos concorridos e, por isso, ofertar aviões maiores facilita o atendimento de mais clientes numa mesma viagem. As novas aeronaves possibilitam acomodar até 174 passageiros e ainda oferecem telas individuais de TV.
A previsão é que a capital baiana inicie em dezembro a operação dos voos com Airbus, que acontecem atualmente de segunda-feira a sábado com Embraer 195. A duração da viagem entre Porto Seguro e Campinas é de 55 a 60 minutos. Já os voos de Salvador com destino ao interior paulista, estão previstos para novembro. Com duração média 1h20, eles acontecem em duas frequências diárias saindo de cada cidade.
Entre os meses de novembro deste ano e janeiro de 2017 outros 12 destinos também vão iniciar operação de voos com os A320neo nas regiões norte, nordeste, sul e sudeste. A companhia já solicitou à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) permissão para que os voos diários possam ser operados, com seis aeronaves do mesmo modelo. Os destinos foram escolhidos com base na procura e oferta de voos, além do tempo de viagem.

Aviação na Bahia
Atualmente, a Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) administra 80 aeródromos regionais, sendo que, entre eles, sete recebem voos comerciais - Porto Seguro, Vitória da Conquista, Barreiras, Teixeira de Freitas, Feira de Santana, Lençóis e Valença. Outros dois terminais são administrados pela Infraero - Ilhéus e Paulo Afonso. Os aeroportos regionais que operam voos comerciais recebem aeronaves das companhias Azul Linhas Aéreas e Passaredo, Gol, Latam, PTB e outras.
Para incentivar a ampliação de destinos comerciais no estado, desde 2015 o Governo reduziu de 17% para 12% a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do combustível de aeronaves (o querosene). O benefício é concedido às companhias aéreas que ampliam em até 40% o número de assentos para voos nacionais e internacionais com destino à Bahia.
Com informações da Secom Ba. 07/07/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"