segunda-feira, 4 de julho de 2016

Primeiro robô-guia russo leva os visitantes à exposição do Metrô de Moscou

Ciência & Tecnologia

Alan Tim, o novo robô-guia de um museu de Moscou, ajudará os visitantes a saberem mais sobre o Metrô de Moscou e também permitirá aos pesquisadores entenderem mais sobre a forma como os robôs interagem com os humanos.

Sputnik
Sputnik
Os visitantes do Museu Shchusev de Arquitetura de Moscou têm a possibilidade de fazer uma visita acompanhados por um robô-guia, anunciaram na segunda-feira as autoridades de Moscou.
O robô-humanoide de olhos azuis se chama Alan Tim e é capaz de conversar e até mesmo trocar um gracejo com os visitantes.
Alan Tim acompanhará os visitantes durante a nova exposição no museu que é dedicada à história do Metrô de Moscou, que já tem 81 anos de idade. A exibição é chamada de "O Metrô de Moscou — Monumento de Arquitetura Subterrâneo”.
A partir de 14 de julho, o robô irá informar os visitantes sobre novas exposições do museu, que incluem plantas de arquitetura, fotografias antigas e histórias sobre os arquitetos, artistas, engenheiros e construtores que trabalharam para construir o sistema de metrô de Moscou.
O trabalho no museu é um trabalho temporário para Alan Tim, que foi criado por um grupo de engenheiros chamado Promobot, da cidade russa de Perm, e que foi batizado em homenagem ao matemático e cientista da computação, Alan Turing, e a Tim Berners-Lee, o inventor da World Wide Web.
Em fevereiro, o robô começou trabalhando como assistente no Instituto Tecnológico de Moscou (MTI) e agora está participando num projeto de pesquisa dedicada à interação entre humanos e robôs.
Alan Tim foi enviado ao museu da MTI, onde os pesquisadores queriam coletar dados valiosos sobre as particularidades de comunicação do robô com os visitantes do museu que permitam desenvolver a tecnologia robótica.
"Alan Tim tem na sua memória mais de 400 mil palavras e frases diferentes. O robô pode lembrar os nomes de pessoas que tem encontrado, reconhecer rostos e determinar o sexo e a idade das pessoas", explicaram os pesquisadores do departamento de robótica do MTI.
Fonte - Sputnik  04/07/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"