segunda-feira, 25 de julho de 2016

Estação Jardim de Alah da Linha 4 do Metrô do Rio é concluída antes da Olimpíada

Transportes sobre trilhos

A Estação Jardim de Alah deverá ter uma demanda diária de 20 mil passageiros depois dos Jogos Rio 2016 e conta com dois acessos para usuários: um na esquina das avenidas Borges de Medeiros e Ataulfo de Paiva e o outro na Ataulfo de Paiva, perto da rua Almirante Pereira Guimarães.

Da Redação
foto - ilustração
A estação do Metrô Jardim de Alah, no Leblon, na zona sul do Rio de Janeiro, foi apresentada hoje (25), após a conclusão das obras de acabamento. É a última estação da Linha 4 - ligando Ipanema, na zona sul, à Barra da Tijuca, na zona oeste - a ser entregue, uma vez que as obras das outras quatro estações já tinham sido concluídas.
A Estação Jardim de Alah deverá ter uma demanda diária de 20 mil passageiros depois dos Jogos Rio 2016 e conta com dois acessos para usuários: um na esquina das avenidas Borges de Medeiros e Ataulfo de Paiva e o outro na Ataulfo de Paiva, perto da rua Almirante Pereira Guimarães.
A partir de 5 de agosto, a Linha 4 funcionará exclusivamente para pessoas envolvidas com os Jogos Olímpicos e Paralímpicos e para aqueles que tiverem adquirido o cartão RioCard Jogos Rio 2016. Só a partir do dia 19 de setembro, portanto, após a Paralimpíada, toda a população poderá utilizar o serviço em horário ainda limitado, das 11h às 15h.
O secretário estadual de Transportes, Rodrigo Vieira, disse que essas restrições iniciais são comuns em quaisquer obras de transportes. “O serviço terá intervalos de 8 minutos entre cada trem, a partir do dia 5. A gente espera que, no decorrer dos Jogos, esse intervalo sofra uma queda pela metade, reduzindo a 4 minutos”, disse.
Com a nova estação, o tempo de viagem entre o Leblon e a Barra da Tijuca será de pouco mais de 11 minutos de viagem. Os trens gastarão 22 minutos do Leblon ao centro da cidade. As outras quatro estações que compõem a Linha 4 são Nossa Senhora da Paz (em Ipanema), Antero de Quental (no Leblon), São Conrado e Jardim Oceânico (na Barra).
Fonte - Agência Brasil  25/07/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"