sexta-feira, 17 de junho de 2016

SuperVia entrega 100º trem chinês e estação modernizada

Transportes sobre trilhos

O trem tem ar condicionado, passagem entre os carros, painéis de LED, circuito interno de TV, bagageiros e um sistema de comunicação interativa entre o trem e o Centro de Controle Operacional (CCO). Os 100 trens chineses têm capacidade para transportar, juntos, aproximadamente 120 mil passageiros, o que representa nas contas da empresa até 24 mil carros a menos nas ruas.

Revista Ferroviária
Plataformas da Central do Brasil com os novos trens.
Créditos - Divulgação
A concessionária fluminense SuperVia colocou ontem (16/06), em operação assistida, o 100º trem chinês, adquirido pelo Governo do Estado. Segundo a empresa, a composição irá circular em horário de menor movimento, e, posteriormente, será inserida à grade regular do sistema ferroviário.
O trem tem ar condicionado, passagem entre os carros, painéis de LED, circuito interno de TV, bagageiros e um sistema de comunicação interativa entre o trem e o Centro de Controle Operacional (CCO). Os 100 trens chineses têm capacidade para transportar, juntos, aproximadamente 120 mil passageiros, o que representa nas contas da empresa até 24 mil carros a menos nas ruas.
A SuperVia entregou também na data de ontem a estação Magalhães Bastos, que foi totalmente revitalizada. Esta estação é considerada pela empresa uma das seis estratégicas para os jogos Rio 2016. As obras de melhorias foram iniciadas em setembro de 2015, e contemplam ampliação do mezanino, reforma da fachada, nivelamento e cobertura de plataformas, e revitalização da iluminação. A estação agora conta com dois elevadores que ligam o mezanino às plataformas e com piso tátil, atendendo padrões internacionais de acessibilidade. A SuperVia instalou também uma rampa para novo acesso dos passageiros pela Estrada São Pedro de Alcântara. Em fevereiro deste ano, a empresa finalizou a modernização da estação Ricardo de Albuquerque, e as outras quatro estações serão entregues até as Olimpíadas: São Cristóvão, Engenho de Dentro, Deodoro e Vila Militar.
A expectativa da SuperVia é ter 2 milhões de acessos durante o período das Olimpíadas (03 a 21 de agosto) e 1 milhão e 300 mil durante os Jogos Paralímpicos (07 a 18 de setembro).
Fonte - Revista Ferroviária  17/06/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"