sexta-feira, 10 de junho de 2016

Mais 27 linhas urbanas serão integradas ao metrô de Salvador neste domingo

Mobilidade

O passageiro do ônibus passa a ter acesso a um meio de transporte rápido e eficiente, como o metrô, enquanto o usuário do metrô poderá contar com uma ampla rede de ônibus urbanos para completar a viagem até seu destino final dentro da cidade”, pontuou a superintendente de Mobilidade da Sedur, Grace Gomes.

Da Redação
foto - ilustração/Arquivo
“Desde que assumiu a gestão do metrô, em 2013, o Governo do Estado não mediu esforços para viabilizar o seu funcionamento pleno e integrado, pensando sempre no bem estar da população que depende do transporte público”. Desta maneira o secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Carlos Martins, comentou sobre mais uma etapa da integração do metrô, que será ampliada a partir deste domingo (12), garantindo mais mobilidade e qualidade ao transporte público da capital baiana.
“O metrô tem essa vocação natural de ser um transporte em rede, que otimiza a mobilidade urbana, encurtando distâncias e ainda garantindo uma viagem segura e confortável”, endossou o secretário. Com a ampliação, 27 novas linhas urbanas se somam às dez já integradas desde janeiro. A integração, que no dia 10 de julho, ganhará um aporte de mais 88 linhas, é válida pelo período de duas horas, mediante o uso do cartão do metrô ou do SalvadorCard, e o usuário não paga nada a mais pelo benefício.

foto - ilustração/Secom
“O passageiro do ônibus passa a ter acesso a um meio de transporte rápido e eficiente, como o metrô, enquanto o usuário do metrô poderá contar com uma ampla rede de ônibus urbanos para completar a viagem até seu destino final dentro da cidade”, pontuou a superintendente de Mobilidade da Sedur, Grace Gomes.
O uso compartilhado dos cartões vale para qualquer ônibus ou estação de metrô, mas o pagamento de tarifa única entre metrô e ônibus só é possível nas linhas integradas, identificadas com o adesivo “Integração Metrô”, na cor vermelha, fixados no para-brisa e nas laterais. A integração funciona em três modelos: ônibus-metrô, metrô-ônibus e ônibus-metrô-ônibus. A novidade fica por conta da inclusão do cartão do metrô na integração ônibus-ônibus – desde que entre as 37 linhas que estarão integradas e respeitando o intervalo de duas horas.

Diálogo permanente
Desde o início do ano, quando as primeiras linhas urbanas e metropolitanas foram integradas ao metrô, o diálogo e a negociação junto à Prefeitura tornaram-se ainda mais frequentes, com o objetivo definido de tornar metrô e ônibus plenamente integrados e a serviço da população. Entre as propostas apresentadas pelo Governo do Estado para assegurar o benefício da integração sem qualquer ônus à população, foi de fundamental importância a redução de 2% na alíquota do ICMS sobre o diesel, minimizando os custos operacionais do transporte urbano.
O Governo do Estado também foi pioneiro na integração do metrô com os ônibus da Região Metropolitana de Salvador (RMS). São nove linhas, oriundas de sete cidades (Dias D’Ávila, Mata de São João, Candeias, Simões Filho, Camaçari, Madre de Deus e Lauro de Freitas), que fazem a integração no Terminal do Retiro e por um período estendido de três horas. “O tempo de integração foi ampliado por determinação do governador Rui Costa, que entendeu que o passageiro precisava de mais tempo para garantir o benefício, sem correr o risco de ser prejudicado por eventuais engarrafamentos”, explicou Carlos Martins.
Com informações da Secom Ba.  10/06/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"