sexta-feira, 24 de junho de 2016

Desembolsos do BNDES para o setor metroferroviário cresceu 49% em 2015

Transportes sobre trilhos

“Apesar do momento econômico, as obras de transporte de passageiros sobre trilhos permanecem em execução. O BNDES hoje é uma importante fonte de financiamento para os projetos 

ANPTrilhos

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) liberou R$ 7,6 bilhões para investimentos em projetos metroferroviários em 2015. O montante representa um aumento de 49% em relação aos desembolsos de 2014, que totalizaram R$ 5,1 bilhões.
O valor liberado pelo banco em 2015 foi destinado aos projetos da Linha 4 do metrô, VLT da zona central e portuária e SuperVia, todos no Rio de Janeiro; para as linhas 15-Prata, 5-Lilás, 2-Verde, 6-Laranja do metrô e para a CPTM, em São Paulo; e para o Metrô de Salvador, na Bahia.
“Apesar do momento econômico, as obras de transporte de passageiros sobre trilhos permanecem em execução. O BNDES hoje é uma importante fonte de financiamento para os projetos metroferroviários de passageiros, que são primordiais para a estruturação das redes de transporte das cidades brasileiras”, explica Roberta Marchesi, superintendente da ANPTrilhos.
Os dados sobre os desembolsos do BNDES fazem parte do Balanço do Setor Metroferroviário de Passageiros 2015/2016. A versão completa do documento está disponível no site da ANPTrilhos –     -www.anptrilhos.org.br-.
Enviado por ANPTrilhos 24/06/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"