quinta-feira, 28 de abril de 2016

Movimentos sociais realizam protestos contra impeachment em diversas cidades do país

Política

Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) e do Movimento de Luta nos Bairros e Favelas (MLB), que também compõem a Povo Sem Medo, promovem nesta quinta-feira (28) uma série de protestos contra o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff e a possível ascensão do vice Michel Temer à Presidência.

Sputnik
Sputnik
Através de sua página oficial, o MTST prometeu bloquear 30 rodovias em nove estados do país. A mobilização acontece em denuncia o 'golpe' em curso no país e pela dos direitos sociais, que, de acordo com a entidade, estão ameaçados pela agenda de retrocessos apresentada pelo atual vice Michel Temer, caso este assuma a presidência.
"Esse é um primeiro recado que a gente está mandando para o Temer e o Cunha" – afirmou o coordenador do MTST Zelidio Barbosa Lima, em entrevista à Agência Brasil de Fato.
A maior parte das manifestações aconteceu cedo pela manhã em São Paulo, muitas vindo a terminar antes mesmo das 9h. Muitas vias foram bloqueadas, inclusive, com queima de pneus na pista.
A Polícia Militar de São Paulo informou que, apesar dos transtornos à população, as manifestações seguem pacíficas. Apesar disso, houve casos de uso de balas de borracha e bombas de gás lacrimogênio contra manifestantes contra um ato do MSTS e do Povo Sem Medo.
​“O nosso objetivo é dizer não ao golpe e defender o direito à moradia” – explicou em entrevista à Agência Brasil Naidê Barreto, uma das coordenadoras do MTST, à frente do ato que durou cerca de uma hora esta manhã em uma grande na zona sul de São Paulo.
Outras cidade do país, no entanto, também registram atos contra o impeachment. Em Porto Alegre, integrantes do MTST se uniram ao Movimento Brasil Livre e a moradores da ocupação Lanceiros Negros, para protesto contra o 'golpe' e pelo direito à moradia.
Em Goiânia (GO), perto de Aparecida, por volta das 8h, mais de 50 sem teto organizados pelo MTST também bloquearam a BR 153.
Fonte - Sputnik  28/04/2016





NOTÍCIA DE RODAPÉ

Protestos contra impeachment bloqueiam avenidas e rodovias em São Paulo

Sputinik
Agência Estado / Luiz Claudio Barbosa - Sputnik
Protestos organizados pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) contra o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff bloquearam nesta quinta-feira (28) diversas vias da cidade de São Paulo.
Moradores da capital, principalmente da zona sul da cidade, enfrentam grandes engarrafamentos e dificuldades para chegar ao trabalho e outros destinos. Diversas vias da cidade chegaram a ser bloqueadas nos dois sentidos, com manifestantes ateando fogo em objetos colocados no asfalto.
Alguns dos protestos já acabaram, mas os congestionamentos na cidade ainda são grandes.
Através de sua página ofical na internet, o MTST informa que a ação visa o bloqueio de 30 rodovias em nove estados do país, como Rio de Janeiro e Minas Gerais.
Fonte  - Sputnik  28/04/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"