sexta-feira, 22 de abril de 2016

Começa no dia 24 de agosto a primeira volta ao mundo sobre trilhos

Turismo Ferroviário

Embarque em uma volta ao mundo de trem. - A viagem terá duração de 35 dias, passará por três continentes, a bordo de sete trens.O trecho mais logo da viagem se dará na lendária Transiberiana, com mais de 9.000 quilômetros de extensão e que completa 100 anos em 2016

Por Anchieta Dantas Jr. - DN
 foto -  Eurasia Trains &Tours/Divulgação 
O que você acharia de dar a volta ao mundo de trem? Com embarque agendado para 24 de agosto deste ano, a primeira volta ao planeta sobre trilhos focada no público brasileiro partirá de Lisboa, com duração de 35 dias. O roteiro abrange três continentes, com serviços de hospedagem e entretenimento em Portugal, França, Rússia, Canadá e Estados Unidos. A bordo de vagões reservados, os viajantes terão contato com paisagens e culturas diversas, com desembarques garantidos em cidades icônicas.
Na capital portuguesa, o trem parte da estação Oriente, considerada um marco da arquitetura moderna desenhada por Santiago Calatrava. O Sud Expresso percorrerá um dos mais antigos caminhos ferroviários europeus, datado de 1887, com troca de trens em Hendaia, na fronteira com a Espanha. Dali, rumo à Paris, França, a viagem acontece no moderno Train à Grande Vitesse (TGV), reconhecido internacionalmente pela velocidade de mais de 320 km/h.
A experiência ganhará novos ares culturais com o embarque no Expresso Paris-Moscou, que, desde 1896, mantém o título de uma das rotas transeuropeias mais longas, com 3.169 quilômetros, quando, então se atravessa cinco países em dois dias.


A partir de Moscou, a imersão histórica acontecerá no aniversário de exatos 100 anos da lendária Transiberiana, com mais de 9.000 quilômetros de extensão. Da capital russa, o trem seguirá com destino à Vladivostok, com paradas em algumas das áreas de mais difícil acesso do mundo, incluindo vilarejos típicos e mercados locais, às margens do místico Lago Baikal.
No único trecho aéreo da viagem, os viajantes partirão de Vladivostok e desembarcarão em Vancouver, no Canadá, onde a paisagem se modifica ainda mais. Já no dia 16 de setembro, a jornada de trem será retomada a bordo do luxuoso Rocky Montaineer e o clássico vagão panorâmico, ideal para observar as estonteantes montanhas rochosas canadenses.
Aartir daí, por uma das rodovias mais cênicas do mundo, a Icefields Parkway, os viajantes acessarão a estação de Jasper, onde o trem The Canadian, da VIA Rail, percorrerá o Canadá de costa a costa. O desembarque final da rota canadense ocorrerá na vibrante Toronto, de onde partirá o último trem da rota, o americano Amtrak - Maple Leaf, rumo à Nova York, nos Estados Unidos, destino final da jornada.
O roteiro será conduzido pela TT Operadora Lufthansa City Center, especializada em programas turísticos ferroviários internacionais.
Para saber mais acesse o site www.voltaaomundodetrem.com.br.
Fonte - Diário do Nordeste  22/04/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"