quarta-feira, 2 de março de 2016

Thalys anuncia planos para lançar serviço de trem de baixo custo entre Paris e Bruxelas

Transportes sobre trilhos

Os trens vão operar em linhas de velocidade convencionais,em vez de linhas de alta velocidade na França para reduzir os custos de infra-estrutura,não terão nenhum buffet,e as vendas de bilhetes serão feitas apenas por meio digital .

Da redação
Foto - ilustração
A  Thalys,operadora de trens de alta velocidade,(LGV Nord entre Paris e Bruxelas),anunciou em 1 de março,planos para lançar um serviço de trem de baixo custo entre Paris e Bruxelas
Os trens vão operar em linhas de velocidade convencionais,em vez de linhas de alta velocidade na França para reduzir os custos de infra-estrutura,não terão nenhum buffet,e as vendas de bilhetes serão feitas apenas pela internet no "izy. com".
Os preços serão a partir de 19 €,quando reservado até dois meses de antecedência,no máximo de € 59 em bancos de série quando reservado uma hora antes da partida,e € 69 para um assento maior padrão XL, o equivalente a primeira classe. Menores de 12 anos pagarão apenas 10 €.
Passageiros vão poder viajar também em pé,sem a garantia de um assento, no carro bar não utilizado,ao preço de 10 €,sendo que nesse caso a quantidade de bilhetes vendidos será bastante limitada
Serão duas viagens de ida e volta por dia,e três nas sextas-feiras e nos domingos.O tempo de viagem será entre 2 h 08 e 2 h 30 min,mais lento do que o tempo de 1 h 22 min gastos nos serviços Thalys LGV, porem sera mas mais rápido do que o transporte rodoviário.
Todos os estudos confirmam que a maioria das pessoas preferem o conforto e a velocidade da Thalys disse o CEO da Thalys,Agnès Ogier,hoje vamos dar um novo passo com uma nova solução, reduzindo a velocidade e simplificando os serviços de bordo,oferecendo uma viagem a um preço baixo,mas que é ainda mais rápido,mais seguro,mais sustentável e mais confortável do que a de carro.
Com informações da Railway Gazette  02/03/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"