quarta-feira, 9 de março de 2016

Maré baixa interrompe navegação de catamarãs de Salvador a Mar Grande

Travessia Marítima

A falta de condições para atracar embarcações em períodos de maré baixa do Terminal Hidroviário de Vera Cruz é o que determina as paradas momentâneas do sistema. O canal de navegação do terminal não tem profundidade suficiente.De acordo com a Astrama, caso ocorra concentração de demanda de passageiros nos terminais devido à parada, horários extras serão disponibilizados, a partir das 11h30

TB
foto - ilustração
A parada da travessia marítima Salvador-Mar Grande será maior nesta quinta-feira (9/3), por força da maré baixa acentuada desta semana. O serviço foi suspenso às 8h e só será´retomado às 11h30, uma hora a mais que a parada da terça-feira.
De acordo com a Astrama, caso ocorra concentração de demanda de passageiros nos terminais devido à parada, horários extras serão disponibilizados, a partir das 11h30, com as embarcações saindo de 15 em 15 minutos caso o fluxo de passageiros exija.
A falta de condições para atracar embarcações em períodos de maré baixa do Terminal Hidroviário de Vera Cruz é o que determina as paradas momentâneas do sistema. O canal de navegação do terminal não tem profundidade suficiente.
As condições de navegação na Baía de Todos os Santos são boas nesta manhã, com ventos fracos e mar calmo. Hoje a última viagem saindo de Mar Grande será às 18h30 e de Salvador, às 20h.
Os catamarãs da linha Salvador-Morro de São Paulo operam normalmente. As saídas ocorrem às 8h30, 9h, 10h30, 13h e 14h30. Já do terminal em Morro de São Paulo, os horários são: 9h, 9h30, 11h30, 12h30 e 15h. As passagems podem ser adquiridas no momento do embarque nos guichês do terminal.
As escunas que fazem o tradicional “Passeio às Ilhas” da Baía de Todos os Santos também estão em tráfego. O tour pelas ilhas tem tarifa de R$ 50. As escunas saem a partir das 9h e retornam às 17h30.
A propósito de questionamentos sobre as paradas momentâneas que o sistema da travessia Salvador-Mar Grande é obrigado a fazer em períodos de maré baixa, a Astramab esclareceu que o canal de navegação do terminal hidroviário de Vera Cruz, equipamento que pertence ao governo do Estado, fica inoperante com maré baixa.
A entidade explica que vem defendendo a realização, junto ao governo, da dragagem (remoção de sedimentos como areia do canal para permitir a passagem das embarcações) e derrocagem (processo de retirada das pedras que impedem a plena navegação).
Com esses serviços executados, a travessia ficaria livre de fazer paradas obrigatórias em períodos de maré baixa, beneficiando ainda mais os seus usuários, sempre atendidos com horários pontuais e por um sistema que é o meio de transporte mais rápido para a Ilha de Itaparica.
Fonte - Tribuna da Bahia  09/03/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"