sexta-feira, 11 de março de 2016

Governo da Bahia garante vinda de empresa chinesa para implantação do VLT de Salvador

Transportes sobre trilhos

A decisão do CEO da China Tiesiju Civil Engineering (CTCE), Chuanlin Wang, foi tomada durante reunião com o governador Rui Costa na sede do grupo, na cidade de Hefei, nesta sexta-feira (11), último dia da Missão Oficial do Governo do Estado no país asiático.

Da Redação
foto - Diego Mascarenhas/GOVBA
Uma das maiores empresas chinesas na área de infraestrutura e logística, com mais de 13 mil quilômetros de ferrovia construídos, garantiu que enviará uma delegação à Bahia, visando viabilizar a implantação do VLT de Salvador. A decisão do CEO da China Tiesiju Civil Engineering (CTCE), Chuanlin Wang, foi tomada durante reunião com o governador Rui Costa na sede do grupo, na cidade de Hefei, nesta sexta-feira (11), último dia da Missão Oficial do Governo do Estado no país asiático.
Além do VLT, que ligará o Subúrbio Ferroviário ao bairro do Comércio, contribuindo para desafogar o trânsito de toda capital, os técnicos da CTCE aprofundarão os estudos sobre os projetos de água e saneamento para Salvador. A seleção dessas ações aconteceu após apresentação de todas as obras de infraestrutura que o governador Rui Costa negociou com grupos chineses, ao longo dos últimos cinco dias.
Após firmar parceria com Governo do Estado para essas duas primeiras obras na Bahia, a CTCE poderá investir no projeto da Ponte Salvador-Itaparica e na Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol). A informação também é do CEO da empresa, que destacou a segurança proporcionada pelo formato de Parceria Público-Privada (PPP) apresentado pela Bahia. “Nós temos grande interesse em iniciar nossos investimentos no Brasil e sentimos segurança na modelagem proposta pelo governador. Nossa maior preocupação é com a segurança do negócio. A rentabilidade fica em segundo plano. Vamos buscar essas duas primeiras ações como teste para investir em projetos maiores na sequência, já com a experiência aprovada”, disse Wang.

Velocidade
foto - Diego Mascarenhas/GOVBA
Um dos diferenciais da empresa é a velocidade na realização de obras de mobilidade. Só em 2015, foram oito mil quilômetros de ferrovia construídos, afirmou o CEO do grupo chinês. A licitação do VLT sai ainda este ano e a expectativa, na avaliação do governador Rui Costa, é que a CTCE possa executar o projeto em Salvador com o mesmo ritmo que realiza na China e em outros países onde possui investimentos. “A tecnologia da empresa impressionou nossa comitiva e faremos todos os esforços para garantir a parceria iniciada hoje”, afirmou Rui, que assinou o memorando de entendimento.
A previsão é que a delegação da CTCE chegue à Bahia em abril, após a empresa realizar a primeira fase dos estudos necessários à participação nas licitações dos projetos apresentados pelo Governo do Estado. A assinatura do memorando entre o grupo estrangeiro e o governo baiano foi a primeira etapa do processo, garantiu o empresário.
Na visita da delegação asiática, técnicos baianos apresentarão aos chineses o Hospital do Subúrbio, o emissário submarino, o metrô e a Arena Fonte Nova, projetos executados por meio de PPP. “É uma maneira de comprovar o sucesso dessa modelagem de negócio e garantir a segurança que vocês querem para efetivar a parceria conosco”, disse Rui aos dirigentes do grupo.
Com informações da Secom Ba. 11/03/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"