quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Representantes do governo francês discutem projetos de mobilidade na Bahia

Transportes sobre trilhos

Os franceses questionaram detalhes do estudo do sistema de transporte que vai substituir os trens do subúrbio, e cujo edital em forma de Parceria Público Privada (PPP) será lançado neste ano. A comitiva, que já teve outros encontros com o secretário da Sedur em 2015, ouviu atualizações sobre a segunda etapa do projeto do VLT

Da Redação
foto - Daniele Rodrigues
Representantes da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), braço do governo francês voltado para a cooperação financeira com o setor público de outros países, reuniram-se com o secretário de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Carlos Martins, nesta quarta-feira (17). Os temas do encontro foram os projetos de mobilidade desenvolvidos pela Sedur em Salvador, especialmente o VLT. Além do secretário, a superintendente de mobilidade da Sedur,Grace Gomes, o presidente da CTB, Eduardo Copello, e o diretor da Sumob, Márcio Tourinho, também participaram do encontro.
Os franceses questionaram detalhes do estudo do sistema de transporte que vai substituir os trens do subúrbio, e cujo edital em forma de Parceria Público Privada (PPP) será lançado neste ano. A comitiva, que já teve outros encontros com o secretário da Sedur em 2015, ouviu atualizações sobre a segunda etapa do projeto do VLT, como a nova possibilidade de articulação direta com o metrô, partindo da estação Retiro, com uma ligação na parada Santa Luzia, do VLT. Além da primeira ligação em estudo, do Comércio à Lapa.
Na primeira etapa de implantação, o VLT substituirá o trem do subúrbio, e o trajeto ainda será ampliado, compreendendo 21 paradas, entre a Avenida São Luís, em Paripe, e o Comércio.
AFD - A AFD iniciou suas atividades no Brasil em 2007. A Agência já firmou acordos com governos e prefeituras para contratação de estudos e elaboração de planos estratégicos destinados à mobilidade urbana e tem amplo know-how em projetos de teleféricos (financiou o de Medelín, na Colômbia, o de Quito, no Equador, e também no Rio de Janeiro), tecnologias inovadoras e sistemas de transportes inteligentes.
Com informações da Sedur Ba.  17/02/2016 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"