terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Ônibus poderão ter horários de operação reduzida no carnaval em Salvador

Mobilidade/Carnaval

Rodoviários ameaçam recolher ônibus às 18 horas no Carnaval.A partir de quinta-feira, 4, os ônibus vão circular só das 6h às 18h, segundo sindicato dos rodoviários.

Jefferson Domingos - A Tarde
foto-ilustração/Pregopontocom
Os rodoviários ameaçam rodar em horário reduzido durante o Carnaval. "Vamos rodar das 6 às 18h a partir da quinta-feira", disse o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Hélio Ferreira, nesta terça-feira, 2, em entrevista ao Portal A TARDE.
De acordo com ele, a medida é uma reposta ao descumprimento de um acordo feito com o governo municipal. "A categoria tinha feito um acordo com a prefeitura para receber R$ 1,5 milhão como gratificação para funcionários que trabalharem no Carnaval. Mas depois, o secretário Fábio Mota informou que seria pago apenas R$ 800 mil", disse o sindicalista.
No entanto, o secretário de mobilidade urbana Fábio Mota afirmou que em nenhum momento foi oferecido pelo governo municipal uma gratificação no valor de R$ 1,5 milhão. "Sabemos que vivemos uma situação difícil no país. Impossível uma renumeração sair de R$ 700 para R$ 1,5 milhão", explicou.
Mota disse ainda que a prefeitura apenas intermedeia a negociação entre funcionários e empresários. "Juridicamente os rodoviários não são funcionários da prefeitura. O governo municipal apenas faz a mediação dos acordos. Como no ano retrasado [2014] que foi ofertada gratificação de R$ 600 mil e, em 2015, quando valor foi de R$ 700 mil", relatou.
O diretor de relações sindicais do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Salvador (Setps), Jorge Castro, confirmou que não foi oferecido R$ 1,5 milhão de gratificação aos rodoviários, e que estão negociando para evitar a greve. "Temos uma situação grave para resolver. Teremos até o final do dia para negociar e evitar a redução do transporte durante o Carnaval", contou Castro.
Em nota, a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) informou que está mediando a negociação entre rodoviários e empresários de ônibus de Salvador para tentar evitar a paralisação. "Ao longo do dia, a Prefeitura irá se reunir com a categoria e empresários para discutir a situação", diz a nota.
Fonte - A Tarde 02/02/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"