segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Governador de Sergipe vai a Brasilia solicitar a implantação de novas avenidas em Aracaju

Infraestrutura

Em reunião com o ministro da Defesa, Aldo Rebelo, Jackson solicitou autorização para a abertura de duas novas avenidas na área que cerca o 28° BC. Já no Ministério da Integração Nacional, o chefe do Executivo estadual cobrou a continuidade das obras das adutoras do Alto Sertão, da Região Sul e de Aquidabã.

ASN
foto - ASN
O governador Jackson Barreto está em Brasília onde visitou os ministérios da Defesa e Integração Nacional em busca de investimentos para Sergipe. Em reunião com o ministro da Defesa, Aldo Rebelo, Jackson solicitou autorização para a abertura de duas novas avenidas na área que cerca o 28° BC. Já no Ministério da Integração Nacional, o chefe do Executivo estadual cobrou a continuidade das obras das adutoras do Alto Sertão, da Região Sul e de Aquidabã.
Com o ministro da Defesa, Aldo Rebelo, Jackson tratou de um projeto que objetiva urbanizar a área externa do 28° BC. O projeto contempla a abertura de duas avenidas: uma que vai ligar a Baixa de Manuel Pereira, também conhecida como Baixa da Cachorrinha, ao Bairro Siqueira Campos pela Rua Bahia. A outra avenida vai direto para o Bairro Santos Dumont. Para realizar esse projeto, o Governo do Estado precisa da autorização do Ministério da Defesa, já que se trata de uma área de segurança nacional.
“É um terreno grande, que num passado remoto servia como área de treinamento de tiros, só que nos dias de hoje perdeu essa função e que pode abrir uma nova zona de expansão na zona norte, contribuindo com uma melhor mobilidade e valorização de toda região”, disse o governador.
O ministro Aldo Rebelo aprovou a ideia e disse que, ainda no mês de fevereiro, irá a Aracaju para lançar uma campanha para o combate ao mosquito aedes aegypti e fazer uma visita ao local.

Ministério da Integração
Em seguida, o governador Jackson Barreto esteve no Ministério da Integração Nacional, onde entregou um documento elaborado pela Deso ao secretário de infraestrutura hídrica, Osvaldo Garcia. Esse documento contém o cronograma das três adutoras em construção em Sergipe, a ampliação da adutora do Alto Sertão, a da Região Sul e a de Aquidabã. “Não podemos deixar que essas obras parem por falta de recursos da União. As contrapartidas do Estado foram dadas e, agora, é preciso que o Governo Federal continue fazendo sua parte”, disse o governador.
Osvaldo Garcia garantiu os repasses e disse que o ministro Gilberto Occhi determinou prioridade para as três adutoras. “Já estamos iniciando e vamos garantir um fluxo contínuo de recursos para que as obras não parem”, disse Garcia.
Foram discutidos também a liberação do projeto do Canal de Xingó, que está precisando ser pago pela Codevasf para que a empresa libere a licitação, e o projeto Jacaré-Curituba. Osvaldo Garcia garantiu que ainda este mês vai haver a liberação para o Canal de Xingó.
Fonte - ASN  01/02/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"