quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Erro de controlador teria causado desastre de trens na Alemanha aponta Investigação

Internacional

O responsável seria um controlador de tráfego de 39 anos da Deutsche Bahn, a empresa ferroviária pública da Alemanha. Ele permitiu que os dois trens trafegassem sobre os mesmos trilhos no mesmo momento.

Terra - RF
foto - ilustração
Os primeiros resultados da investigação sobre a colisão de dois trens na Baviera, apresentados nesta terça-feira (16/02) pela polícia e o Ministério Público federal em Bad Aibling, apontam falha humana como a causa do desastre, que matou 11 pessoas e deixou mais de 80 feridas.
O responsável seria um controlador de tráfego de 39 anos da Deutsche Bahn, a empresa ferroviária pública da Alemanha. Ele permitiu que os dois trens trafegassem sobre os mesmos trilhos no mesmo momento.
Um processo por homicídio culposo – sem intenção de matar e derivado de uma ação negligente – foi aberto contra o controlador, cuja identidade está sendo mantida em sigilo em respeito às leis alemãs de privacidade.
"Se ele tivesse seguido as regras pertinentes à sua função, essa colisão não teria ocorrido", disse Wolfgang Giese, promotor responsável pela investigação. "Nossa investigação foca numa falha humana com resultados catastróficos, mas não numa colisão intencionalmente provocada."
O controlador, que tinha quase 20 anos de experiência, teria dado um sinal especial a um dos trens que "não deveria ter sido dado", segundo o promotor. Percebendo o erro, ele tentou enviar um alerta, que, no entanto, não chegou aos maquinistas.
O acusado teria se recusado inicialmente a prestar depoimento, mas admitiu através de uma declaração que suas ações teriam causado o acidente. Giese explicou que não há motivos para efetuar a prisão do controlador de tráfego, uma vez que suas ações não foram intencionais, mas sim, negligentes.
Segundo a promotoria, ele foi levado a um local seguro e não se encontra em boas condições. Não há provas de consumo de álcool ou abuso de qualquer substância por parte do acusado.
Os dois trens, que transportavam cerca de 150 passageiros, colidiram em uma linha férrea próxima à cidade bávara de Bad Aibling no dia 9 de fevereiro, após um sistema automático de frenagem para evitar colisões frontais ter sido aparentemente desligado.
Até o momento, não há indícios de falhas técnicas no acidente. As operações de remoção dos destroços ainda continuam no local. Não foi esclarecido quando a linha férrea poderá voltar a ser utilizada.
Fonte - Revista Ferroviária  17/02/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"