segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Afoxé Filhos de Ghandy,no Campo Grande abre os caminhos para a paz

Carnaval/Salvador

O Campo Grande se cobre no domingo (7)  com o manto Azul e Branco de um dos mais belos e tradicionais blocos,representantes de movimentos culturais da Bahia,o Afoxé Filhos de Gandhy,que desfila imponente e brilhando todos os anos no carnaval de Salvador.

Da redação
foto - Elói Corrêa/Gov.Ba
Uma multidão cultuando a paz ao som do agogô e de outros instrumentos tradicionais do Afoxé Filhos de Gandhy. Este ritual se repetiu mais uma vez, neste domingo de Carnaval (7), no circuito do Campo Grande, onde uma geração passa a outra o significado de cada um dos detalhes das roupas, adereços, dança, música e também da diversão.
Francisco Santos, 35 anos, levou Ian, 8, para o bloco. “É uma promessa que eu fiz para a minha mãe. Meu filho vem desde que nasceu e vai vir sempre”. Os mais velhos comprovam. A tradição é para sempre. Antônio Lima, 64, sai há 25 anos no bloco. “É um dos melhores afoxés de Salvador. Enquanto eu estiver vivo, vou sair no Gandhy”.
A singularidade das roupas e da música cativa também quem é de fora. De Ribeirão Preto, Camila Gaspar, 32, veio com mais oito pessoas e acompanhou o bloco. “É a primeira vez que venho, estamos todos adorando”.

foto - Elói Corrêa/Gov.Ba
O Afoxé Filhos de Gandhy recebe o apoio do Carnaval Ouro Negro, lançado pela Secretaria de Cultura do Estado (Secult), em 2008, e coordenado pelo Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI). O objetivo do projeto é estimular a valorização e a preservação dos blocos afros no Carnaval, com o desfile de alas e roupas tradicionais, além da renovação dos integrantes, com maior presença da juventude.
O secretário do bloco, João Paulo Gomes, diz que ver o Gandhy na rua é um sentimento de dever cumprido. “Nós desfilamos para manter a tradição do afoxé em Salvador e para trazer a paz. Temos o apoio do Projeto Ouro Negro, que ajuda na manutenção da nossa tradição”. O Ouro Negro ainda é responsável pela contratação de blocos destes mesmos segmentos que fazem parte da Micareta de Feira, tradição no município de Feira de Santana.
Com informações da Secom Ba. 07/02/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"