domingo, 3 de janeiro de 2016

SP: rodovias do litoral têm pior tráfego na volta do feriado de Ano-Novo

Trânsito

A pior situação é na Rio-Santos, no litoral paulista, com 77 quilômetros (km) de lentidão, do km 180 ao km 214, na região de Bertioga, e do km 55 ao 98, entre Ubatuba e Caraguatatuba, informou o Departamento de Estradas de Rodagens (DER) de São Paulo.A Imigrantes, que liga a capital paulista à Baixada Santista, tem 21 quilômetros de congestionamento no sentido São Paulo, segundo informações da concessionária Ecovias.

Camila Maciel
Repórter da Agência Brasil
foto - ilustração/portalr3
O retorno para São Paulo do feriado prolongado de Ano-Novo tem estradas com tráfego lento por volta das 16h de hoje (3). A pior situação é na Rio-Santos, no litoral paulista, com 77 quilômetros (km) de lentidão, do km 180 ao km 214, na região de Bertioga, e do km 55 ao 98, entre Ubatuba e Caraguatatuba, informou o Departamento de Estradas de Rodagens (DER) de São Paulo.
A Imigrantes, que liga a capital paulista à Baixada Santista, tem 21 quilômetros de congestionamento no sentido São Paulo, segundo informações da concessionária Ecovias. Na região do Planalto, o excesso de carros provoca lentidão do km 32 ao km 20. No trecho de serra, o pior trecho é do km 56 ao 52 e, na saída de Praia Grande, tráfego lento do km 70 ao km 65.
Na Rodovia Bandeirantes, que liga São Paulo ao interior do estado, o tráfego é lento nas proximidades de Itupeva, do km 93 ao 71. Na Anhanguera, são 2 quilômetros de congestionamento na altura de Jundiaí.
Do Rio de Janeiro a São Paulo pela Via Dutra, são pequenos trechos de congestionamento ao longo da estrada por excesso de veículos. Piraí, Itatiaia, Lorena e Guaratinguetá são as localidades que registram tráfego lento. Na saída da capital paulista, há 3 quilômetros de filas de carros em Itatiaia e 2 quilômetros em Seropédica.
Para quem retorna de Belo Horizonte, pela Rodovia Fernão Dias, há lentidão do km 15 ao km 31, nas regiões de Bragança Paulista e Atibaia, e do km 39 ao km 59, na região de Mairiporã. No sentido Minas Gerais, o fluxo não tem restrições.
Na Rodovia Régis Bittencourt, que liga São Paulo a Curitiba, o trecho mais congestionado é entre o km 354 e km 347, em Miracatu, na Serra do Cafezal. No sentido Sul, a pista está temporariamente interditada no km 564 devido ao tombamento de uma carreta, provocando lentidão até o km 567. Equipes da concessionária Autopista estão no local para liberar a via.
Fonte - Agência Brasil  03/01/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"