sábado, 9 de janeiro de 2016

O Brasil maravilhoso da "gente de bem" e o Brasil "imprestável" se encaram

Política

Espectadores têm aplaudido de pé o documentário "Chico (Buarque): artista brasileiro". Com leveza, argúcia, a genialidade habitual, Luis Fernando Veríssimo decifra a reação que se repete país afora.Para além da obra e talentos de Chico, Veríssimo nota:-Talvez seja uma espécie de autocongratulação do público por se sentir numa clareira de talento e sensibilidade em meio à estupidez crescente... É "o Brasil que ainda não desistiu do Brasil aplaudindo a si mesmo", percebe Veríssimo.



Imagem/You Tube

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"