segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Maquinário pronto para apoiar projeto ferroviário China-Tailândia

Ferrovias

O projeto ferroviário de alta velocidade que abrange 845 quilômetros entre 10 províncias na Tailândia vai permitir que trens operem a velocidades elevadas de 180 quilômetros por hora por possibilidade de aumento em potencial para 250 quilômetros por hora. As quatro seções da construção ferroviária estão planejadas para serem concluídas e colocadas em operação até o ano 2020.

Portogente
imagem/Portogente
A XCMG, fabricante global de equipamentos para mineração e construção, participou da cerimônia oficial de lançamento do projeto ferroviário China-Tailândia realizada na Chiang Rak Noi Station na província de Ayutthaya, zona central da Tailândia, em dezembro último.
O projeto ferroviário de alta velocidade que abrange 845 quilômetros entre 10 províncias na Tailândia vai permitir que trens operem a velocidades elevadas de 180 quilômetros por hora por possibilidade de aumento em potencial para 250 quilômetros por hora. As quatro seções da construção ferroviária estão planejadas para serem concluídas e colocadas em operação até o ano 2020.
Liu Jiansen, presidente assistente da XCMG e gerente geral da XCMG Import and Export Co., Ltd, participou da cerimônia de início das obras.
"Como uma das 5 maiores fornecedoras de soluções em equipamento e fabricantes de maquinário para construção do mundo, a XCMG vai prover o maquinário e equipamento de melhor qualidade para auxiliar na construção do projeto ferroviário China-Tailândia", declarou ele, "nossa abrangente linha de produção possui kits completos de maquinário e equipamentos para construção ferroviária e de pontes".
Liu observou que a ideia inicial por trás da participação no projeto ferroviário China-Tailândia é ajudar a aprimorar o nível de infraestrutura da Tailândia, bem como o padrão de vida da população desse país. Comprometida em impulsionar a qualidade de vida, a XCMG também tem auxiliado projetos de infraestrutura em todo o mundo.
No princípio de 2015, a XCMG exportou maquinário, incluindo pavimentadoras para auxiliar na construção da Rodovia Nacional 6 no Camboja. Em 2011, 6.025 unidades de produtos da XCMG, incluindo caminhões de bomba de concreto, caminhões basculantes, carregadeiras e caminhões caçamba iniciaram as operações no "Projeto de Moradia da Venezuela" em Caracas, Venezuela.
A XCMG também apoia a maior fatia do mercado africano com grandes pedidos como o fornecimento de conjuntos completos de equipamentos para a ferrovia Mombasa-Nairóbi, maquinário para a Etiópia, bem como de caminhões de bombeiros com plataforma elevatória de 100 m para a Angola.
"Nossos produtos e serviços são essenciais para que países em desenvolvimento concluam sua construção de infraestrutura, que pode estimular o desenvolvimento econômico bem como trazer novas oportunidades de emprego", afirmou Liu. "No futuro, a XCMG continuará a apoiar tais projetos em todo o mundo a fim de proporcionar transporte mais conveniente, bem como melhores condições de vida com equipamentos de última geração."
Fonte - Portogente  04/01/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"