terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Embraer expande base de clientes na Europa

Transporte aéreo

“Seguindo o caminho que outras empresas aéreas trilharam na Europa, a Austrian utilizará os E-Jets para substituir aeronaves mais antigas e menos eficientes, criando assim valor para seus proprietários e parceiros, além de oferecer um excelente produto para seus passageiros em termos de conforto”, disse Mathieu Duquesnoy, Diretor de Marketing e Vendas, Europa e Oriente Médio, Embraer Aviação Comercial. 

Portogente
foto - ilustração/Embraer
A Austrian Airlines tornou-se a mais recente operadora dos E-Jets da Embraer. A empresa aérea lançou hoje voos regulares com o jato E195 a partir de Viena para vários destinos da Europa Central, como Belgrado, Varsóvia, Hamburgo, Tessalônica e Tirana, entre outros. A companhia aérea começou a incorporar 17 jatos usados do modelo E195 à frota nos últimos meses.
“Seguindo o caminho que outras empresas aéreas trilharam na Europa, a Austrian utilizará os E-Jets para substituir aeronaves mais antigas e menos eficientes, criando assim valor para seus proprietários e parceiros, além de oferecer um excelente produto para seus passageiros em termos de conforto”, disse Mathieu Duquesnoy, Diretor de Marketing e Vendas, Europa e Oriente Médio, Embraer Aviação Comercial. “Os E-Jets são os aviões mais eficientes e de menor custo operacional que estão sendo entregues no segmento atualmente.”
“Estamos muito felizes em integrar jatos da Embraer à nossa frota. Estas aeronaves de 120 lugares vão usar 18% menos combustível por assento. Portanto, no futuro, voar com a Austrian Airlines, será ainda mais ambientalmente amigável”, disse Robert Heusmann, líder do projeto de incorporação de jatos Embraer na Austrian Airlines.
A companhia aérea utilizará os E195, que pertenciam à Lufthansa CityLine, para substituir uma frota de jatos Fokker 70 e Fokker 100. Agora, a frota terá uma idade média de quatro anos, substituindo Fokkers com idade média de cerca de 21 anos. Os E195 estarão configurados com 120 assentos.
A Embraer é a única fabricante a desenvolver uma moderna família de quatro aviões especificamente para o segmento de 70 a 130 assentos. Desde o lançamento formal do programa, em 1999, a Embraer registrou cerca de 1.700 encomendas e mais de 1.200 entregas, com os E-Jets redefinindo o conceito tradicional de aeronaves regionais, operando em toda uma gama de aplicações de negócios, com cerca de 70 clientes de 50 países. O primeiro E-Jet entrou em serviço em 2004.
Fonte - Portogente  05/01/2016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pela sua visita,ajude-nos na divulgação desse Blog
Cidadania não é só um estado de "direito",é também um estado de "espírito"